='cap-left'/>

Judith MacNaught - Dois pesos, duas medidas




Sempre que o assunto é Judith MacNaught, eu entro em desesperada correria pra ler!
Com “Dois pesos, duas medidas” não foi diferente. Ainda que seja um livro antigo, há muito esperava por essa oportunidade, e só posso dizer que a leitura superou minhas expectativas. Ok, fato comum quando se trata de livros dessa maravilhosa escritora, autora de grandes sucessos como "Whitney, meu amor" (lindo e dificílimo de ser encontrado, muito em breve será reeditado pelo Grupo Editorial Record, Edições BestBolso *Uebaaaaa!) e "Até você chegar" (bem que podiam pegar o embalo e soltar esse também! ^_^ ).

Dois pesos, duas medidas
Judith MacNaught
Neste inesquecível romance, Judith McNaught, uma das maiores bestsellers da atualidade, levará o leitor a um mundo exclusivo e arriscado de paixão e trapaça, onde dois superastros dos negócios travarão uma furiosa luta pelo poder.
Homem de viril beleza, Nick Sinclair, presidente da Global Industries, comanda os negócios da mesma forma como o faz com suas mulheres — com charme, ousadia e implacável autocontrole. Acostumado ao que há de melhor, ele contratou Lauren Danner e supôs que a orgulhosa beldade logo seria mais uma conquista fácil.
No entanto, a brilhante inteligência e a rara energia da jovem o deslumbram. Aos poucos, contra sua vontade, ele se vê intrigado, desafiado e... apaixonado. Entretanto, Lauren vive uma mentira, uma farsa que se torna mais perigosa a cada momento.
Seu segredo pode destruir a frágil confiança de Nick — e a promessa de um futuro com o homem mais irresistível que ela já conheceu...

Eu gostei demais do livro “Dois pesos, duas medidas”!
... “Conta uma novidade, Sabrina? Convenhamos, você adora todos!” #CULPADA (risos)
Nick é um típico mocinho da Judith: maduro, lindo, inteligente, poderoso, sedutor, carismático, e um tanto traumatizado e frio em suas convicções sobre o relacionamento homem/mulher...
Já Lauren é uma jovem mulher de 23 anos em situação difícil. Acaba de perceber que, apesar do grande talento musical herdado da finada mãe, não tem vocação pra se tornar concertista, e seus anos de estudos em música em nada ajudaria a conseguir um emprego que lhe garantisse renda suficiente para se manter, e ajudar ao pai doente e desempregado.
Então ela recorre a um parente distante, do qual tem apenas más lembranças dos tempos em que foi sua hóspede, quando criança. Surpreendentemente, é bem recebida, mas ele lhe faz uma proposta odiosa: trabalhar com espiã industrial...
Decidida a não conseguir o emprego, Lauren propositalmente faz de tudo para não ser admitida, e consegue! Mas ao sair da entrevista, acredita estar sendo perseguida e, correndo em meio á chuva, acabando por cair aos pés de Nick Sinclair.
Com o tornozelo machucado, Lauren é levada por Nick até sua sala, e cuidada por ele. Claroooooooo que ela fica encantada por Nick, quem não ficaria? (* Ai,ai, paixão à vista!) Mas Lauren acredita que ele é apenas um engenheiro, e em sua ingenuidade faz de tudo para estar com ele. Acaba aceitando o emprego, “empurrada”, por sua amizade com Nick, e juntos viajam para um idílico fim de semana...
Depois de tudo, o carinhoso homem que iniciou a inocente Lauren nos caminhos da sedução se torna o homem frio que a dispensa na manhã seguinte sem ao menos um beijo! Ela vai para casa, tricotar uma roupa cinza como os olhos dele, e esperar seu telefonema... Quando vai trabalhar descobre que, além de ser o grande poderoso da indústria, Nick ficou com a noiva na mesma casa em que esteve com ela, no mesmo fim de semana!
É humilhação demais!!! Lauren chora muito, e tem o total apoio de Jim, que é amigo de Nick(*Sabrina Love Jim, forever!*). Quando, enfim, Nick retorna e revê Lauren, está mais que disposto a levar adiante o que eles interromperam, mas Lauren se faz firme em sua decisão, e o que se segue são cenas super divertidas do “embate” entre eles. Então o Nick passar por maus bocados, tentando reconquistar a joia que perdeu, revendo suas concepções.
O mocinho "sou lindo e gostoso e poderoso, pego todas... posso até dar meu corpo, mas nunca entrego meu coração” é baqueado pelo furação Lauren que, em contrapartida, luta para não sucumbir a Nick! Nesse meio tempo ela vai conquistando todos em sua volta, que acabam dando uma “mãozinha” ao casal relutante. Especialmente o Jim, ele apronta cada uma para deixar Nick mais que enciumado, que chega a um ponto de deixá-lo alucinado! (*Sabrina Love Jim, forever!* ²)
Mas uma sombra ronda a vida de Lauren e tudo tem dois pesos, duas medidas... Perdoaria Nick por tudo o que ele lhe fez? Conseguiria se livrar da influência do parente distante, que quer usá-la para atingir Nick?
E Nick? Perdoaria Lauren por sua conexão com o rival nos negócios? Acreditaria em sua inocência?
Vocês vão ter que ler para saber! (*riso perverso... *__*)
(Somente um aparte: Se eu lesse esse livro sem saber a autoria, apostaria todas as minhas “fichas” que se trata de uma trama da Lynne Grahan, pois tem todos os ingredientes dela: mocinha virgem e ingênua, chantageada, mas que não leva desaforo para casa + mocinho rico que aparenta que não é, depois se revela “o poderoso”; mocinha desiludida tentando ficar por cima + mocinho perseguidor/vingativo = Happy End. Claro que Judith é mais complexa, mas eu notei todas essas fases-Lynne no enredo).
Comparando-se a outros livros da JM, não há aquela carga tão dramática, mas ela mostra uma faceta irresistível de humor, junto aos já conhecidos diálogos rápidos e inteligentes. As tiradas de Lauren para o Nick me fizeram rir demais. “Dois pesos, duas medidas” é “pequeno”, com suas 264 páginas, mas expressa muitos sentimentos, sendo fácil ir do amor ao ódio pelo Nick, tão rapidamente...
É até "pecado literário" criticar Judith MacNaught, mas lá vai: Confesso que o acerto final é emocionante, e me fez chorar... mas foi um tanto "rápido demais", como se a autora estivesse com pressa de encerrar logo o livro.
... Finalizando minha resenha, se você tem com problemas com a balança, sugiro que leia Judith MacNaught, porque ela é altamente dietética. A leitura é tão boa, e prende tanto, que você até fica sem comer para ler tudo logo (risos). Mais que recomendo!! Bjusssssssssss

Comentários
35 Comentários

35 comentários:

  1. Sabrina,
    Que livro lindo ! Eu preciso conferir essa história de perto. Além do mais tô precisando me entender com a balança aqui de casa. :-)
    Parabéns pela resenha.
    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  2. Oi, eu já li o livro e também gostei muito. Ele foi publicado originalmente em 1984 pela Harlequin Books. É um romance de banca bem legal, por isso é curtinho. É para ler sem pretensões. Lá no Romances in Pink tem a capa dele da Harlequin Books.

    bjokas

    ResponderExcluir
  3. Acho q não é segredo pra ninguém que minhas autoras favoritas são Judith McNaught e Jude Deveraux. Duas divas do romances, maravilhosas. Pra mim elas podem escrever livros de 8763438 páginas, ou só um romance menorzinho, que tem talento de sobra. Eu já tinha lido esse e adorei, vou até comprar pra coleção. Afinal, quanto mais a gente comprar Judith, mais lançamentos teremos dela, não é? Ainda tenho esperanças de um dia achar Um Reino de Sonhos nas livrarias. *-* Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Ei Sa,

    Amei a resenha, perfeita. Ah eu quero muito ler, ainda não li nada da autora e todo mundo fala tanto, vou ter que comprar pq ebook não consigo.

    O que mais me convenceu, fora o amigo Jim que parece ser o máximo foi a parte do dietética hauhauhau

    bjoo

    ResponderExcluir
  5. Adorei a resenha.
    APaixonei pelo Jim também.
    ME MANDA SEU LIVRO EMPRESTADO? HAUAHAUHAAUAHU
    FICOU SHOW A RESENHA. ^^

    ResponderExcluir
  6. Acredita que eu #NUNCA li nada da Judith? Preciso me atualizar loguinho!!!

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Nanda,
    duvido q vc precise, mas funciona, SIM! ^^ Dietética no úrtimo graus! hehehe

    Lú,
    sabe que te adoro, mas esse não sai de casa.
    Presente do meu maridão, de dia dos namorados! Esse + um bjo do destino... Recompensei com mtos bjos hehehe ^_^

    aim, como não mar esse homem? Vai fazer curso, e se lembra de mim??? *__*

    Lú, definitivamente, esse não sai de casa. Teu niver está perto, vamos pensando se vc merece ganhar um !
    heheheh

    ResponderExcluir
  8. Esse é o proximo livro da minha lista, só não achei aqui para comprar, espero gostar tb, já que nunca li nada da Judith.
    Bjos

    ResponderExcluir
  9. Tem uma feira de livros aqui no Rio que tem o Whitney, meu amor (usado) por R$ 5,00. Só não comprei porque já li. Preferi comprar por R$ 10,00 o Até você chegar, que por sinal está novinho.

    Bjss

    ResponderExcluir
  10. Sabrina, sua resenha ficouo muito legal.
    Quero ler, rsrsr.
    Empresta para Lu para ela me emprestar também? hauahauahau
    Esse livro deve ser supimpa. =*

    ResponderExcluir
  11. nossa, super legal a resenha!! sinceramente, nunca tinha ouvido falar dessa autora #shameonme mas agora fiquei super curiosa pra ler alguma obra dela :)
    beijoos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Sabrina.
    Adorei sua resenha tá?
    Comprei o meu pele net e chega hoje, ansiosa para desguntar essa maravilha.

    ResponderExcluir
  13. *Sabrina Love Jim, forever!* ADOREI ISSO
    kkkkkkkkk ri mt
    O livro parece ser ótimo. Por um acaso ontem eu vi esse livro vendendo e tava barato, mas não comprei pq eu poderia precisar do dim dim pra passagem de volta pra casa, aí fiquei com medo.
    Mas vou comprar futuramente com certeza, pois parece ser mesmo ótimo. E a capa (q foi a primeira coisa q me atraiu. Sim, eu julgo livro pela capa) é lindaaaaa

    ResponderExcluir
  14. Muito boa resenha e divertida assim não tem como não ficar cujrioso...fala serio vc é mau....e a história ja se vê todo mocinho rico é um tremendo de um mau carater quando encontra uma mocinha ingenua ai ja viu né...hehehe.

    BJs...

    P.S. O Amor não é rico nem pobre nem feio nem bonito nem gordo nem magro nem preto nem branco nem baixo nem alto....ele é simplesmente amor...uma senssação que não se pode explicar mais que te leva ao paraiso ou ao inferno...

    Sinceramente: O Garoto do Blog.

    ResponderExcluir
  15. AI MEU DEUS, ESTOU PULANDO COM ESSE POST!! :D

    Reedição de livro da Judith mcNaught e eu não sabia??

    E COMO ASSIM, RELANÇAMENTO DE WHITNEY MEU AMOR E EU TAMBÉM NÃO SABIA?!?!?!?!

    AHHHHH! \o/ :D

    Vai já pro Skoob! E valeu por informar as novidades às desavisadas como eu! :D

    ResponderExcluir
  16. Legal a resenha, adorei as suas tiradas bem humoradas! Abração

    ResponderExcluir
  17. AI, eu quero... meu sonho é um dia ter todos os livrinhos da Judith aqui em casa... #sonhandoacordada
    Quem sabe dessa vez, né?

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  18. Ameei a resenha.. ;D
    Estou curiosa para ler esse livro.. ^^

    ResponderExcluir
  19. Adorei a resenha *-*

    o livro parece ser muito bom e fiquei com vontade de ler, comofas? =(

    beeijos

    ResponderExcluir
  20. Amei a resenha! Só me deixou com mais vontade de lê-lo logo... Já faz um bom tempo que "namoro" a capa desse livro...
    Linda história! Eu quero!!!
    bjus

    ResponderExcluir
  21. Ai que história legal. Nunca li Judith McNaught, já está na hora de conhece-la.
    Como sempre, sua resenha está muito boa
    BJs

    ResponderExcluir
  22. E a lista aumenta... Adoro esses homens arrogantes! kkkkkkkkkk, bjs.

    ResponderExcluir
  23. Acredita que nunca li NADA dela? Entrou pra lista =D

    ResponderExcluir
  24. Sabrina, como sempre você manda muito bem nas resenhas.
    Só uma perguntinha: é romance de banca? kkkk
    Parece ótimo.

    BjO

    ResponderExcluir
  25. Edilza, não é de banca não, =) (Respondendo pela Sa, huahuahau)
    É da Bertrand e foi lançado esse mês ou o passado, não lembro bem .=)

    ResponderExcluir
  26. Edilza,
    esse livro esta fresquinho nas lojas e em certas cidades ainda nem tem. A principio não é de livraria, mas tem todos os "ingredientes" que nos torna tão apaixonadas por livros de banca. Originalmente, é de 1984, lançado na categoria "banca", pela Harlequin books.
    Então, essa é uma oportunidade pra quem não gosta de livros de banca ler um livro DE BANCA "inrustido", e se tornar fã... hehehehe BJS

    ResponderExcluir
  27. Meeeee, que vontade. Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada!
    Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada!
    Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada!
    Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada!
    Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada. Sa malvada!

    Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!Eu quero!

    ResponderExcluir
  28. Judith é uma excelente autora sempre. Romântica na medida certa.

    Mayara

    ResponderExcluir
  29. Adorei a resenha! ficou ótima... nossa, estou doida para ler Dois pesos e duas medidas... desde que descobri a Judith MacNaught, com Todo ar que respiras, sou apaixonada por ela, tipo quero ler todos os livros, sabe assim?! T.T
    fiquei super feliz com a notícia de que Whitney, meu amor (que ainda não li, justamente pq é praticamente impossível de encontrar) será reeditado pelo Grupo Editorial Record, Edições BestBolso. OMG! FELIZ =DDD
    gostei muito tbm de Alguém para amar. LINDOOOOO demais ^^
    xoxo

    ResponderExcluir
  30. Bom, eu li esse livro faz um tempo!
    Admito que, como não sei ler em inglês (ainda) e estava muito ansiosa e curiosa pra lê-lo, li em e-book! O nome era 'JOGO DUPLO'!
    Sem dúvida eu adorei a história! Mas ainda não conseguiu barrar 'EM BUSCA DO PARAÍSO' que pra mim, até hj, é um dos melhores livros que já li da JM!
    Ela, sem dúvidas, é minha autora preferida!
    Estou querendo muito ler 'TODO AR QUE RESPIRAS'.

    É o unico dela que ainda não li!
    E estou ansiosa pelo proximo livro contemporâneo que vai trazer a história de mais um 'Westmoreland'

    Enfim, já escrevi demais!!
    Bjos =*

    ResponderExcluir
  31. Meo! Preciso ler esse. Ando tão atrasada com relação AS Autoras masters *---* JM, Nora. Preciso me atualizar now :D

    ta, eu ri *Sabrina Love Jim, forever!*
    Adoroooo personagens secundários. As vezes gosto mais deles do que dos protagonistas xD
    bjos Sa

    ResponderExcluir
  32. Sabrina,

    Sou fã incondicional da Judith McNaught!

    Adoro as histórias envolventes, as personagens cativantes e apaixonantes!

    Os mocinhos, então nem se fala... (risos).

    Difícil escolher qual o meu personagem favorito nos livros dela!

    Dela tenho 'Em Busca do Paraíso' e 'Lembranças de nós Dois'(edição antiga da extinta Círculo do Livro).

    Alguns li em ebook mesmo!

    Fiquei muito feliz em saber que vão relançar alguns!

    Espero que o preço seja bem camarada, porque os livros dela são meio caros p/ o meu bolso! :D

    'Dois Pesos, Duas Medidas' já está em minha lista de aquisições! Estou super ansiosa p/ lê-lo!

    Adorei sua resenha!

    Não há como não se apaixonar pelos livros da autora, sejam históricos ou contemporâneos.

    Beijos.

    Carla.

    ResponderExcluir
  33. Aonde eu posso encontra esse livro em ebook ?
    estou louca para ler!
    mas não consigo encontrar nem para comprar nem em ebook =/

    beijoos .

    Giselle

    ResponderExcluir