='cap-left'/>

Leituras da Lari: Lisa Kleyplas - Por que és minha.



da Série Teatro Capitol

Por causa de um sonho…

Jovem e espirituosa, Lady Madeline Matthews está prometida em casamento para um velho e lascivo senhor. Mas ela prefere chocar toda a sociedade com sua recusa do que sacrificar a sua liberdade e para conseguir seu intento decide se entregar a um tórrido romance com o ator mais aclamado da Grã-Bretanha, Logan Scott.

Por causa de um coração...

Ele é uma lenda no palco e debaixo dos lençois. Mas quando as cortinas se fecham, Logan se torna intensamente reservado e misterioso, na verdade ele é  um homem atormentado por um passado de traições e com uma grande ferida no orgulho e no coração. Agora uma atrevida senhorita que está completamente fora do seu mundo está o perturbando com sua presença constante, sua beleza inata e charme vibrante. E o que começa com um beijo no palco ameaça florescer em algo mais arrebatador e real.
Mas para que o sonho se realize Logan e Madeline precisam primeiramente tirar as máscaras nas quais se escondem, para que suas verdadeiras personalidades venham a tona para possam viver esse mágico e glorioso amor.


O segundo da livro da série começa com tudo, se querer ler a resenha do primeiro clique AQUI
A nossa adorável mocinha, meia maluquete, acha como solução para evitar seu futuro casamento, arranjar um amante, e ela escolhe quem?

1. Um velho horrível,
2. Uma cenoura,
3. Nosso amado mocinho cabeçudo.

Pensamento dela: "Para falar a verdade, não tinha mostrado muita impaciência por deitar-se com ela..., mas Madeline não tinha terminado ainda. Esgotá-lo-ia com sua insistência, dedicaria cada minuto do dia a conseguir fazer-se imprescindível. Acabaria por lhe oferecer tudo que procurasse em uma mulher."

Claro que ele vai se opor, lóóógico, pelo menos a principio. E depois... bem, só lendooo.
Lisa Kleyplas tem uma escrita fácil e gostosa de ler, traçando o perfil do personagem com muito apuro. Pelo exporto podemos perceber que ingredientes para um bom livro temos. E é. Só o mocinho que é muito desconfiado, cabeça-dura, mas disso gostamos, não? Ou pelo menos a maioria das leitoras de banca acabam gostando dessa característica.




Comentários
1 Comentários

Um comentário: