='cap-left'/>

Elizabeth Gilbert - Comer, rezar, amar + Comprometida

“Comer, rezar, amar” e “Comprometida” são, antes e acima de tudo, biografias.
Aviso antecipadamente aos desavisados, e alerto aos desatentos.
Se você gosta de biografias, tem tudo para gostar desses dois livros.
E se não gosta pode tentar se dar uma chance, e passar a gostar, como eu.

Comer, rezar, amar Elizatbeth Gilbert

Comer, rezar, amar aborta uma fase crítica na vida de uma mulher casada e bem sucedida: Quando chega no auge da carreira, vida social e afetiva; Quando é hora de estabilizar-se e pensar em perpetuar e espécie; Quando todos (especialmente marido e família) esperam que ela resolva ser mãe; Quando se passou dos trinta anos, e deveria ser hora de deixar as aventuras dos vinte e poucos de lado e ouvir o tic-tac do próprio relógio biológico...

É tanta pressão e exigências que ela acaba se afastando do marido, e até de si mesma e de seus desejos.Liz chora todas as noites, trancada no banheiro, sem saber que rumo tomar. E se desespera, ao constatar: Eu não quero mais estar casada. Eu não quero ser mãe. E nesse dia de maior desespero, prostrada em posição fetal no ladrilho do banheiro (uma analogia a um novo nascimento?), resolve falar com Deus.
...Depois dessa conversa toda sua vida começa a mudar. A separação é mesmo inevitável, mas logo ela se envolve novamente com o tipo certo de cara errado. Toda a fragilidade pela qual Liz passa por aquele momento faz com que ela se agarre a ele, definitivamente espantando-o. Mais uma decepção.

Tão logo seu conturbado divórcio é concretizado, Elizabeth Gilbert resolve viajar durante todo um ano, dando- se 12 meses para conhecer a si mesma.

“Então parei de tentar escolher – Itália? Índia? Ou Indonésia? –, e acabei admitindo que queria viajar para os três lugares. Quatro meses em cada lugar. Um ano todo. É claro que isso era um sonho um pouco mais ambicioso do que “Quero comprar um estojo novo para mim”. Mas era o que eu queria. E eu sabia que queria escrever sobre isso. Não era que eu quisesse explorar em detalhes dos países em si, isso já havia sido feito. O que eu queria era explorar em detalhes os aspectos de mim mesma em relação ao contexto de cada país, em um lugar que tradicionalmente fazia muito bem aquela coisa específica. Eu queria explorar a arte do prazer na Itália, a arte da devoção na Índia e, na Indonésia, a arte de equilibrar as duas coisas. Foi somente mais tarde, depois de admitir esse sonho, que percebi a feliz coincidência de que todos esses países começam com a letra I, que significa “eu” em inglês. Isso me pareceu um sinal bastante auspicioso para uma viagem de “autodescoberta”. Página 38


O livro é Dividido em três partes e países (Itália/ Índia/ Indonésia), cada parte conta com 36 contos, perfazendo um total de 108. (*109 com o conto de introdução). Toda essa numerologia é inspirada no jappa (um objeto indiano de contas utilizado para rezar, precursor do “terço” que conhecemos no Brasil). Cada parte tem seu encanto, mas por vezes a leitura se tornou um pouco maçante com tantos detalhes. E a autora viveu durante 12 meses exatamente o que se propôs a fazer, nesse trecho acima.
Justificando o título, Elizabeth Gilbert comeu na Itália, rezou na Índia e amou na Indonésia. Confesso ter gostado um pouco mais da parte da Indonésia, pois foi onde ela se envolveu mais com os locais, e também onde encontrou um amor.

Ah... o amor! Essa parte foi muito fofa, ainda mais pelo homem em questão ser um brasileiro: Felipe. (Nome fictício, claro. Em recente reportagem descobrimos tratar-se de José, confira na página da Editora Objetiva, clicando aqui) "Comer, rezar, amar" ganhou uma versão cinematográfica, estrelada por Julia Roberts e os lindões Javier Bardem, James Franco e Richard Jenkins.



Comprometida Elizabeth Gilbert

Well... Comparando-se à toda fofura que foi “Comer, rezar, amar”, confesso que esperava bem mais de “Comprometida”. Os três primeiros capítulos se mantêm a altura do primeiro livro, mas infelizmente a narrativa se torna monótona a partir do capítulo 3.

Depois de todo o trauma afetivo pelo qual Elizabeth Gilbert passou, narrados tão lindamente em “Comer, rezar, amar”, ela finalmente consegue manter um relacionamento estável e construtivo com o brasileiro Felipe. Até que o pior acontece: a burocracia dos vistos nega a permanência de Felipe nos EUA e ele é convidado e se retirar do país. E agora? Como duas pessoas que passaram por rompimentos complicados, vão encarar essa necessidade do casamento para que Felipe consiga o GreenCard?
Esse impasse cai no relacionamento dos dois, exigindo resposta imediata. Enquanto o visto de Felipe não é cedido, Liz viaja com ele pelo mundo, observando a instituição casamento e suas consequências.

Não posso deixar de comentar sobre minha predileção por “Comer, rezar, amar”, pois “Comprometida” pouco fala sobre o relacionamento de Liz e Felipe iniciado no primeiro livro, como eu aguardava ansiosamente que fizesse. Ainda que se trate de uma biografia (como advertido no início dessa resenha dupla), ao ler o livro temos a impressão que Elizabeth passa a maioria do tempo discorrendo sobre o casamento de uma forma um tanto didática e, nesse ponto, peca.

Tenho certeza que a maioria dos leitores hão de concordar comigo que quando pegamos um livro para ler não queremos saber dos pormenores da instituição, queremos uma história, com enredo e personagens.
Em sua parte final, ENFIM, o livro resgata o enredo proposto, ou seja, a história do casal.

Finalizando... Claro que recomendo os livros, principalmente o primeiro! Se em “Comprometida” a autora não estivesse tão obsessivamente empenhada em realizar um estudo do casamento em várias culturas, também teria conseguido traduzir em palavras mesma graça que tanto me cativou em “Comer, rezar, amar”.
http://1.bp.blogspot.com/_6Sua73Nf8Cw/TGqKiU9LEpI/AAAAAAAAAJ4/JuYUjdazC1s/s1600/assinatura1.png


Comentários
56 Comentários

56 comentários:

  1. Em breve irei ler Comer, Rezar e Amar e estou louca pelo livro Comprometida, se bem que não tenho ouvido muitas críticas positivas sobre ele, mas é melhor conferir...
    O filme de Comer, Rezar e Amar parece ser muito bom e tem um eleco brilhante com a Julia Roberts e Javier Bardem que são incríveis!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. quase comprei... quaseee.Será que resisto mais quanto tempo?

    ResponderExcluir
  3. ops, comentei com o perfil errado! Tava no e-mail da faculdade!

    ResponderExcluir
  4. Ainda não li nenhum dos dois, mas estou começando a querer ler!

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, Sabrina.

    Esses livros são maravilhosos!

    Tive a felicidade de ler os dois e, cada um à sua maneira, me conquistou! Por isso, não tenho um preferido. Os dois são bem peculiares. Mas como somos românticas, sempre almejamos e torcemos por uma história de amor. (risos).

    A autora é muito divertida também.

    Segunda-feira tive a felicidade de ver uma entrevista com ela no canal a cabo Globo News e adorei! Com meia hora de duração, dentro do quadro "Milênio", onde ela falou sobre os dois livros e também sobre o filme! Foi fantástica!!!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Desde que lançou Comer, Rezar, Amar, fiquei com vontade de ler. Mas até hoje nada, nem comprar o livro ainda comprei. Eu vi o trailer do filme e fiquei mais louca ainda. Nunca li uma biografia, e acho que essa seria uma ótima escolha para começar! Agora, o Comprometida não deu muita vontade não... Sei lá, vou ler primeiro o outro, aí se eu animar, leio esse!

    Beeijo!

    ResponderExcluir
  7. Tô sentindo cheiro de promo nova no ar...

    ResponderExcluir
  8. Mechamou a atenção a franqueza e objetividade de sua resenha... Parabéns, está muito bem escrita.
    Eu não sou muito fã de biografias, mas as duas ultimas que li gostei muito ( Fred Mercury e M. Jackson). Gostei muito do trailler...

    ResponderExcluir
  9. Eu lí Comer, rezar e amar em e-book.
    Eu gostei bastante do texto da autora, frases ótimas. Apesar do livro ser meio enroladinho eu gostei e quero ler Comprometida.
    Beijão
    ;)

    ResponderExcluir
  10. Eu estou louca pra ler, ainda mais com o filme vindo ai, tenho que correr.. hauhauah


    Aproveita e da uma passadinha no meu blog, comenta me segue, fica a vontade!
    http://starbucksandbooks.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Olha só... Essse livro está começando a me perseguir... eu realmente acho que essa postagem é um sinal para eu ler...
    Estou muito curiosa com essa história e com certeza vou procurar ler esse livro!

    ResponderExcluir
  12. Ainda não li nenhum desses livros, mas confesso que estou super curiosa!! Está rolando uma promoção lá no meu blog: http://pensamentotangencial.blogspot.com/2010/09/sorteio-percy-jackson.html
    Se quiser participar, está convidada. :)
    Acabei de te adicionar lá no skoob...
    Bjss

    ResponderExcluir
  13. Quero ler os dois, mas confesso que não estão entre as minhas prioridades.
    Acho que eu não iria me importar de ler sobre detalhes dos casamentos em outras culturas, acho interessante esse tipo de curiosidade.

    Bjos

    ResponderExcluir
  14. Bela resenha, heim, dona Sa! Parabéns! Bjs.

    ResponderExcluir
  15. Oi gente, eu li estes livros são bons, mas vc mesma disse biografia nata né? é isso aí.

    Posso dar uma dica? O seu blog é lindo e tudo mais, mas acho que este fundo xadez aí do lado estraga o lindo desgin que tal mudar pra rosa ou roxo e até mesmo laranja ou todos quadradinhos juntos, digo por que sou webdesigner e quero dar uma dica aê, belo trabalho, continuem com este blog aí espalhando literatura de verdade no mundo da web.

    Falou, até mais!

    ResponderExcluir
  16. Ouvi rumores que não eram muito bons os livros, que eram mais reflexivos e que para algumas pessoas se tornariam monótonos. Mas, eu,tal qual a Cintia, não me importaria de ler sobre o casamento.

    Mayara

    ResponderExcluir
  17. oi Sabrina, a resenha ficou muito boa, mas esse não é muito o meu estilo de leituras.
    =*

    ResponderExcluir
  18. Ainda não li nenhum dos livros, mas já tem um tempinho que estou na vontade. Quem sabe, em breve, lerei! hehe
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. Ei Sabrina,

    Amei a resenha, das melhores que já li sobre estes livros...embora eu não goste de biografia, nem de auto ajuda e não acho que sejam o meu estilo rs

    Nem sabia que tinha o filme e ainda com a julia quero ver ^^

    bjooo

    ResponderExcluir
  20. OLá Pessoal, obrigada pela interação conosco. Sei que esses livros estão um pouco "manjados" com relação à resenhas, e agradeço o carinho de vcs.

    Cintia Mara e Mayara... Eu também não me inportaria de ler detalhes sobre o casamento em outras culuras, se eu tivesse pego um livro de antropologia ou cultura mundial para ler.
    ... Mas vocês leram o subtítulo de Comprometida? é "Uma história de amor" - teve mto pouco amor... (risos). Quando vocês tiverem oportunidade de ler me falem sobre suas impressões, combinado?

    bjussssssss no ♥

    ResponderExcluir
  21. Ah, eu não gosto de livros autobiográficos, mas esse eu daria uma chance com certeza. Mesmo porque sempre que um filme baseado em livro estréia, eu pego o livro p/ ler antes, haha. Beijos!

    ResponderExcluir
  22. Sa, eu amei Comer, Rezar, Amar quando eu li e fiquei pensando muito na coragem da Liz de jogar tudo pro alto e viver a busca interior. Achei o máximo. Ri muito com as histórias dela. Ela é doida !

    Eu não me decepcionei muito com Comprometida porque eu havia lido um release antes e já sabia mais ou menos como ia ser. Concordo que a obsessão da Liz pelo assunto casamento tirou o glamour da história, mas por outro lado, eu gostei de conhecer o casamentos nas outras culturas. Vale a leitura.
    Parabéns pela resenha !

    Bjs
    Luka.

    ResponderExcluir
  23. Preciso desses livros, na verdade quero mais o primeiro pois o segundo ganhei ja num sorteio, falta apenas receber.
    Caprichou na resenha hem?!
    Beijo meninas!

    ResponderExcluir
  24. O primeiro eu li e amei!
    Agora o comprometida ainda não li, e confesso que não estou muito animada rs...
    beijos

    ResponderExcluir
  25. Ainda não li nenhum desses livros, mas confesso que estou super curiosa e louca para ver o filme!
    Bjos

    ResponderExcluir
  26. Gostei da sua resenha. Principalmente do "Comprometida". Mas, mesmo assim, gostaria de ler.

    ResponderExcluir
  27. Minha mãe provavelmente iria gostar, ela até me avisou quando Comer, Rezar e Amar saiu no cinema.
    E nem sabia que esse livro tinha continuação.

    ResponderExcluir
  28. Quando fui ao cinema esse fim de semana, quase assisti. Não sabia que existia o livro! Vou ver se não leio primeiro e depois assisto o filme (O livro sempre é melhor que o filme)

    ResponderExcluir
  29. Tô doida pra ler o livro, ainda mais que já até saiu o filme, omg! X) Adorei a resenha!

    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Olha, eu tinha uma imagem muito rasa de "Comer, Rezar, Amar", mas sua resenha me mostrou que existe um lado bem tenso e trágico ali. Vi o filme e achei tudo tão superficial...realmente, adaptações para o cinema sempre são incompletas. A cena da Liz chorando no chão do banheiro que você falou me deu um dó enorme..Mal posso esperar para ler por mim mesma!

    ResponderExcluir
  31. Tô louca pra ler os dois livros, essas biografias parecem super interessantes!
    Ótima resenha!
    Beijos

    ResponderExcluir
  32. Parabéns pelas resenhas :) Tô começando a fazer resenas pro meu blog e só na hora de passar para o papel noto como é difícil passar a história em poucas palavras e não entragar tudo... Espero pegar logo o jeito.
    Estou ansiosa para ler Comer, Rezar e Amar. Acho que Comprometida teve menor repercusão e deve ser por esse motivo que você falou... ela pecou em dar muitos detalhes e esqueceu dos personagens.
    Quero conferir os livros e o filme SIM!

    Beijos
    http://promocoesnaprateleira.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  33. Ainda não li nenhum dos dois livros, mas estou ansiosa para ler Comer, Rezar e Amar pois quero muito ver o filme. Quando o filme é baseado em um livro eu não consigo assistir sem antes ter lido. Pela resenha, Comprometida parece ser tão bom quanto.

    ResponderExcluir
  34. Pena que ainda não li nenhum desses dois livros, mas gostaria muito! Se eu ganhar com certeza irei lê-los! Pelo sucesso que está fazendo, alguma coisa muito interessante nele deve ter. Abraços Sabrina e até em breve!

    Laerte Lopes - Blog Medo

    ResponderExcluir
  35. Quero mtooo le o livro antes de assisti ao filme. Tds dizem é uma história linda! *.*

    ResponderExcluir
  36. Li o livro "Comer, Rezar, Amar", assisti o filme e agora para completar só falta eu ler "Comprometida".

    Quero muito ganhar esses livros!

    ResponderExcluir
  37. Vou começar a ler comer, rezar, amar em alguns dias. Estou louca pra poder começar! :D

    ResponderExcluir
  38. Ameiiii a rezenhaa!! Deu muita vontade de ler!!
    Ahhh eu precisooo ganhar na promoçãoo!! auhuauHAU

    ResponderExcluir
  39. Bela resenha. Assisti ao filme e gostaria de ganhar o livro.

    ResponderExcluir
  40. Já ouvi falar muito desse livro, mas achava que era ficticio. Interessante amo biografias, contos, so não gosto de coisas muito detalhadas, mas pela resenha sao livros gostosos de se ler. otima resenha, deu uma vontadezinha....

    ResponderExcluir
  41. Vi o filme esses dias e simplesmente amei, achei que fosse ser mais um romance bobo e me enganei! Ainda não li Comprometida! =/

    Ótima resenha dos dois! =)

    BeijoS

    ResponderExcluir
  42. Já tinha ouvido falar do livro e vi o filme semana passada. Gostei bastante. É bem cabeça. Agora fiquei com mais vontade ainda de ler o livro.

    ResponderExcluir
  43. Estou louca pelos dois livros. Ainda nem vi o filme, pois para mim acaba a graça. Quero ler primeiro e depois ver.

    ResponderExcluir
  44. Não concordo que esses livros estejam manjados, eu mesa ainda não li nenhum dos dois e estou bem curiosa.
    Resenha está bem feita e dá uma noção perfeita do que teremos de ler. Já estou emocionada.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  45. QUE PERFEEEEEEEEEEITO! As resenhas muito bem feitas e exploradas *-* estou louco pra ler os dois livros. rs. quase fui no cinema assistir o filme. mas me poupei e vou ler o livro primeiro. =DD

    ResponderExcluir
  46. Sou louca por esse livro, e não assisti o filme porque gosto de ler o livro primeiro...
    Já sou fã da autora só pelas resenhas que li... A sua me deixou ainda com mais vontade, até mesmo do segundo, apesar dos comentários...

    Precisssooooo deles srsrsrsrs

    ResponderExcluir
  47. Gente to louca pra ler, minha amiga já leu os dois(nem me emprestou) e falou maravilhas, principalmente do 2°. Que legal que um dos protagonistas é brasileiro, aê Brasil, e espero que os dois fiquem juntos, torcendo pelo amor...

    ResponderExcluir
  48. adorei a resenha, vi o filme com a Julia Roberts e quero mutio ler o livro....

    ResponderExcluir
  49. Amei o filme,
    quero ler oos livros para gostar ainda mais.
    :*

    ResponderExcluir
  50. adorei, escuto muitas pessoas falando que é otimo.

    ResponderExcluir
  51. Agora fiquei um pouco decepcionada com os livros mas tudo bem, o melhor mesmo é ler e tirar as próprias conclusões certo ?!
    Valeu pela dica!

    Bjs *

    ResponderExcluir
  52. Ainda não li comprometida, digamos que estou protelando um pouco, para aquele momento em que der tanta vontade de ler que irá doer!! Mas Comer, rezar, amar já o li e gostei pouco!!

    ResponderExcluir