='cap-left'/>

Tara Moss - Fetiche


Ele escolhe a vítima.
Ele aproxima-se da linda jovem que usa saltos.
Ele passa uma imagem de “segurança”, e seduz sua confiança.
Ele ataca. Ele tortura. Ele mata.


Logo de início acompanhamos a ação acima do criminoso, é e interessante a ótica de sua mente doentia, dando todo o tom da trama. Procurando despojos do crime, maníaco encontra entre os pertences de sua mais nova vítima uma foto e correspondências com uma amiga. A mulher da foto é linda, de uma forma que só entendemos ao fim das revelações. Ela é um troféu. Seu fetiche por matar lindas jovens de salto alto acaba de obter um novo sentimento, e esse sentimento é a obsessão por aquela modelo loura!

Seria apenas uma férias normais para Makedde: Passar uns meses com sua grande amiga, e ainda realizar trabalhos como modelo para turbinar sua conta bancária pra outro semestre de estudos, pois era universitária do curso de psicologia forense. Mas nada ocorre como ela planeja... Sua amiga está morta, brutalmente assassinada pelo maníaco do salto alto, e ao que tudo indica, não foi sua primeira vítima.
Irritada com o ritmo das investigações e com a prepotência de Andy Flynn, o detetive encarregado do caso, Makedde resolve se arriscar e ir atrás de informações por conta própria, mas não consegue nada de “concreto”, apenas se colocar em perigo... Mal sabe ela que o assassino pode estar mais próximo do que imagina, e pior: de olho nela, obcecado por ela!

Makedde acaba por se envolver romantica e sexualmente com Andy e coloca em risco todo a carreira dele, a segurança dela, e o andamento do caso. Além de ser uma grave infração de conduta, pois o maníaco também descobre esse envolvimento, acarretando situações ainda mais comprometedoras para ambos. O detetive Andy passava por momentos delicados em sua vida pessoal, e se envolver com Makedde foi só o estopim para situações insustentáveis...

Eu gostei da trama e da seqüência linear de acontecimentos. Só não gostei muito do momento da revelação do assassino, que foi feita sem grande suspense, em meio a uma conversa informal, e prejudicou o que deveria ser o ápice da trama. Também gostei muito dos “motivos” que levaram o criminoso aos assassinatos, devido a certos traumas horríveis, e foi interessante “entrar na mente” deturpada do maníaco...

O gancho afetivo da trama, ou seja, o relacionamento entre a modelo e policial, foi descrito de maneira muito fofa e me agradou, se bem que não consegui imaginar Andy como um TDBonzão irlandês que imita sotaque no Sean Connery para a namorada... não sei, talvez por ele ter sido descrito como “muito alto e orelhudo”, acabou com meu tesão literário (risos).

Alguns trechos do livro ficaram sem explicação lógica, como por exemplo (sem spoiler) o crime do qual Andy é suspeito, pois deu a entender que foram plantadas pistas para livrá-lo de ser suspeito, e ao fim nem sei precisar de quem realmente foi a culpa: se do próprio Andy, se do capanga contratado pelo amante da modelo morta, ou mesmo do maníaco. Quantos crimes realmente o maníaco cometeu, e como iniciou. Algumas pistas que pareciam ser importantes foram deixadas de lado, mas a trama meio que “caminhou” sozinha, e muito bem...

Finalizando, como primeiro livro da Modelo Tara Moss, é um thriller policial muito interessante e inteligente, mas não ao ponto de elevá-la à categoria de substituta de Agatha Christie, como a sinopse da orelha apregoa. Saindo do estereótipo de que modelos possuem a cabeça vazia, Tara Moss surpreendeu nesse seu romance de estreia! Podemos perceber que a pesquisa foi muito bem elaborada e eu realmente gostei da caracterização dos personagens, mas Fetiche é um livro para entreter, e cumpre sua missão!
http://1.bp.blogspot.com/_6Sua73Nf8Cw/TGqKiU9LEpI/AAAAAAAAAJ4/JuYUjdazC1s/s1600/assinatura1.png
A Makedde Vanderwall Thriller by Tara Moss:

Fetish (1999) / Fetiche (2008)
Split (2002) / Obsessão (2010)
Covet (2004) *
Hit (2006) *
Siren (2009) *
* Não lançados no Brasil
Fonte: www.taramoss.com.au

Comentários
20 Comentários

20 comentários:

  1. Faz um tempão que estou querendo esse livro, mas acabo não comprando. Estou louca pra ler, mas pelas críticas que já vi, todos concordam que ela não é a "nova Agatha Christie".
    Você já leu Obsessão? É dela tbm.
    Bjos!!!
    http://sentimentonoslivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  2. "Ele escolhe a vítima.
    Ele aproxima-se da linda jovem que usa saltos.
    Ele passa uma imagem de “segurança”, e seduz sua confiança.
    Ele ataca. Ele tortura. Ele mata."

    Já gostei desde esse trecho aí. Boa Sabrina!!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. "Ele ataca. Ele tortura. Ele mata."

    Quando li isso lembrei logo de Jack Bauer.
    Depois de tanto ser torturado pelas missões que duram só 24 horas, ele ficou com traumas horríveis depois do cancelamento da série e passou a perseguir mulheres pra afogar o ganso.

    Mas interesante o livro. Será que leio em 24 horas???

    Bye

    ResponderExcluir
  4. Ai não acredito que fizeram resenha desse livro *-*
    Eu ganhei ele na promoção da Editora Fundamento e um livro a minha escolha :)
    Ele chegou essa semana e fiquei feliz, mas confesso que tô com um pouco de medo de ler ele, msm a resenha falando bem, por que?
    1º quando eu li que a autora é uma modelo lembrei logo daqueles filmes de terror que Paris Hilton faz, tipo meio sem graça, sei lá parece meio fútil :s
    2º Assim que você abre a capa do livro tem uma foto ENORME dela atrás da capa, e foto tipo de ensaio pra uma capa de revista.
    3º Falar que ela é a nova Agatha Christie - peraí eu ainda nem li o livro mais sei que isso não é possível :S
    Vão me dizer que ela é melhor que Tess Gerritsen, Chelsea Cain e até Barbara Delinksy (os livros policais dela são bons, mas Impressões Digitais é simplismente perfeito)
    Fala sério, se alguém algum dia poderia substituir Agatha Christie eu acho que seria a Tess Gerritsen

    Eu ía escolher o Obsessão, mas descobri que era uma série e o Fetiche era o 1º e como eu leio série na ordem, escolhi o Fetiche

    Valeu pela resenha :)
    bjs

    ResponderExcluir
  5. sabrina, eu gosto muito das sua resenhas
    essa está otima
    ja li algumas desse livro, estava em dúvida quanto a um presente, mas não estou mais, vai ser esse mesmo.
    xoxo

    ResponderExcluir
  6. Ei Sa,

    hauhauhauhau
    adorei o tesão literário rsrsrs

    eu já tinha lido resenha dele no blog da Hérida e fiquei com muita vontade de ler. Achei a trama bem interessante e os personagens tbm. Mas pontas soltas sempre me incomodam em policiais então é bom que ja leio preparada hehe

    beijoo

    ResponderExcluir
  7. A frase de início conquista total. Ninguém nunca vai substituir Agatha Christie, impossível. E por isso, fiquei super curiosa pela trama.
    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Ser chamada assim de a nova Agatha Christie de cara é muita responsabilidade e principalmente exagero!Ainda sim temos que ver e tirar as nossas conclusões, vai q mordemos a lingua!
    Adorei a resenha só o tesão literario valeu tudo. Ri muito!

    ResponderExcluir
  9. Oi Sabrina!
    Eu gostei do livro,mas achei a trama policial leve demais. Como falei na minha resenha, o que me irritou foi que a personagem sempre bate na trave. É um romance policail que distrai...nada mais.
    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha Sa, ficou muito supimpa, kkkk

    ResponderExcluir
  11. Ei Sabrina, esse livro eu não conhecia, (que novidade), gosto de Agatha e fiquei curiosa para ler, quero comparar. =*

    ResponderExcluir
  12. Eu queroooo Sa, aparece ser legal!

    ResponderExcluir
  13. rssss adorei a resenha, não tinha ouvido falar desse livro ou da modelo, tenho que concordar que “muito alto e orelhudo” não é lá os artigos.

    Bjuss

    ResponderExcluir
  14. Eu li e gostei. Claro que, não se pode comparar com a rainha do crime, Agatha, contudo é uma boa diversão!

    Beijos no S2

    ResponderExcluir
  15. Que resenha perfeita.

    Mayara

    ResponderExcluir
  16. Mais um livro que promete muito!!!!To super curiosa adoro esse tipo de história

    ResponderExcluir
  17. Uau...adorei a sinopse
    e fiquei doida para ler o livro

    bjs nati

    ResponderExcluir
  18. Realmente esse livro parece ser mais interessante do que o segundo, pela sua resenha.
    Eu adoro enredos que exploram mentes doentias, com mistério e suspense.

    Já está na minha lista de desejos, assim como o outro.

    beijinhos,

    Ler e Almejar

    ResponderExcluir
  19. Ah, li a resenha de Obsessão e interessei em ler a de Fetiche. Parece ótimo hein? Tara Moss, nova autora para pesquisas (e compras!)

    ResponderExcluir