='cap-left'/>

Bernad Cornwell - O último reino

Como historiadora frustrada, e leitora voraz de livros sobre a Idade Média, confesso que, ao tomar conhecimento deste autor,  minhas lombrigas literárias ficaram alvoroçadas... E quando a Record lançou o Box de toda a série “Crônicas Saxônicas”, não perdi a chance de ler os livros, implorei para meu pai, e ele, graças a Deus, me deu o box.

Finalizei apenas a leitura do primeiro livro até o presente momento... E que livro!

Minhas lombrigas literárias estão gritando: “Queremos continuação, o livro é bom demais”. E eu apenas respondo: Calminha aê, meninas... Aguardem apenas o tempo de terminar a resenhar e cair de volta na cama para lendo o “nosso” guerreiro!

Em uma linguagem simples e permeada pela realidade brutal das batalhas medievais, Bernald Cornwell relata, em primeira pessoa, a história de Ulhtred, nascido no longínquo século VIII, época em que os povos nórdicos invadiam a Inglaterra...

Ulhtred é filho de uma rica família saxã, mas após uma batalha perdida por seu povo, foi obrigado a viver com Ragnar, um guerreiro dinamarquês. Apesar de Ragnar ser o responsável da morte do pai e do irmão de Ulhtred, o pequeno menino de apenas dez anos acaba se afeiçoando pelo guerreiro, e também, pouco a pouco, pelos demais dinamarqueses. Ele começa a compreender e respeitar a cultura do inimigo e a lutar junto a eles.

...Mas Ulhtred não abandonou aos seus! Ele sonha com o dia em que voltará para suas terras, que foram usurpadas por seu tio. 

Em meio aos conflitos bélicos,  se passa quase uma década da vida de Ulthred...

Reservo-me a contar só esse ínfimo detalhe do enredo e os recomendo a não ler a contracapa, principalmente se você não leu a sinopse dos demais livros dessa série.  A editora, ao meu ver, pecou em colocar um fato que está mais ao final do livro, e que com certeza é um dos momentos mais emblemáticos.

Sangue, sangue e sangue, além de batalhas bem detalhadas. Personagens fortes, agregados a uma minuciosa pesquisa histórica: é o que você encontrará nesse livro, 

“Monótono?” 

Cada nova batalha traz um novo elemento, uma nova forma de contar, uma nova e rica passagem. Não há lugar para hesitações ou bocejos em “O último Reino”...

Por outro lado, o livro não tem nenhum romance digno “dos nossos romances”, não tem nenhum drama, e por vezes carece em “sentimentalismo” - Não que seja um fato ruim, longe disso. Na verdade, apenas não estou acostumada a esse tipo de leitura mais seca e fria – No mais, fiquei vidrada pela capacidade de descrição do autor, pelos fatos históricos narrados tão minuciosamente, pela dubiedade de condutas...

RECOMENDO muito. Uma leitura obrigatória a todos que gostam de qualidade. 

PS: Devo demorar a resenhar os demais livros da série, me perdoem, mas creio que vai ser uma tarefa monumental resenhar a partir do segundo sem deixar escapar nenhum spoiller.

Comentários
29 Comentários

29 comentários:

  1. Olá
    Acabei de ler os 2 primeiros volumes em 1 semana e meia, estou devorando o 3° e concordo com você, fazer uma resenha dos livros sem lançar nenhum spoiler é uma tarefa ingrata.
    Bernard Cornwell é sem dúvida o melhor escritor de ficção histórica que existe hoje, e aconselho você a ler o livro Campanha no Afeganistão sobre Alexandre, o Grande e seu exército do autor Steven Pressfield, vale a pena também, aliás fiz uma resenha sobre esse livro no meu blog se quiser ler, fique à vontade.

    Beijos e feliz 2011...Muitas leituras e centenas de livros pra você !!!

    ResponderExcluir
  2. Ei Lari,

    Sou fã deste tipo de livro, comprei já um dele mas ainda não li.

    bj

    ResponderExcluir
  3. Lari!
    Sou apaixonada por épicos medievais. É meu genero favorito. Adoro Cornwell e tbm comprei esse box. Na realidade, tenho quase todos os livros lançados dele. Só não tenho O Condenado e Azincourt. Os outros tenho todooos. Mas li poucos. rsrs
    Outro autor maravihoso é Conn Iggulden. Leia a série O Conquistador, sobre Gêngis Khan, vc vai amar.
    Adorei sua resenha.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Nao li ainda as Cronicas Saxonicas, mas tambem comprei o Box, nao consegui resistir.

    Já li a Trilogia das Cronicas de Arthur, tambem do Cornwell e é de longe os melhores livros que já li. Recomendo!

    Feliz 2011

    ResponderExcluir
  5. Eu amo Bernard Cornweel *-* Stonehenge é simplesmente perfeito =) Essa série eu não tenho... uma pena :( Sua resenha me deixou com mais vontade ainda de ler esses livros...
    Quem sabe logo, logo eu não compro, né?! Heheheheh

    Beijos,

    Nanie
    http://naniedias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Adoro Cornwell pena naum ter mais tempo para ler mais...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. sou louca por esta série! ainda vou ler eles, os de arthuer e os do sharpe. bjos

    ResponderExcluir
  8. Já ouvi falar maravilhas de Bernard Cornwell, mas ainda não tive oportunidade de ler nada dele. Tomara que esse ano isso mude *-*

    ResponderExcluir
  9. Oi Lari!

    Meu irmão tem essa série e vive insistindo para eu ler, e eu sempre adiando, envolvida com meus romances sobrenaturais. Mas agora tô co água na boca para ler...


    B-jusssssss!!!! ♥

    ResponderExcluir
  10. mas não tem nenhum romance =/ logo eu que respiro romance não estou acostumada a ler livros assim mas vou dá uma chance parece ser bom =)

    ResponderExcluir
  11. Eu gosto de história, então pareceu bom!

    Beijo

    ResponderExcluir
  12. Conseguiu me deixar com vontade de ler! *.*

    Gostei mto da resenha!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos & Livros

    ResponderExcluir
  13. Olá, Lari, sou fâ do Bernard. TEnho a coleção da busca do Graal e a do Rei Arthur. Muito legal sua resenha. Acho que vou já, já comprar esta coleção. Já leu a Trilogia do Templo do Z. Rodrix, autor brasileiro? FANTÁSTICA!!!!
    Um abraço, Ana

    ResponderExcluir
  14. Oi Lari! Bom, sou suspeita prá falar de Cornwell; sou louca por ele!
    Já li os 5 lançados no Brasil, o último foi Terra em Chamas.
    Realmente os livros de Cornwell são aqueles que te fazem suar: você ouve os cavalos relinchando, desvia de flechas, fica atordoado com os canhões, sente o cheiro de sangue, grita com os guerreiros, sente o vento de um machado arremessado. Uma coisa louca.
    E ah, não se preocupe, há romance na história!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  15. Minha lombrigas literárias estão querendo devorá-lo! kkkkk

    ResponderExcluir
  16. Poxa Lari resenha assim não vale rsrs. Quero ler e não posso comprar livro agora. Buaaaaa

    ResponderExcluir
  17. Acho a capa desse livro muito legal,e tenho vontade de ler ele,tomara que surja uma oportunidade de le lo esse ano ainda :)

    ResponderExcluir
  18. Nunca li nada dele, mas morro de vontade!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  19. Eu tbm amo historia
    Mas ate hj só li um livro sobre a idade media
    Mas o que eu leio mesmo são livros sobre o nazismo
    rs rs
    Esse me parece otimo tbm
    Bjos

    ResponderExcluir
  20. Parece ser uma leitura muito legal, mas não é minha prioridade, mas quem sabe se surgir a oportunidade, principalmente agora que você disse que é leitura obrigatória.
    Beijinhos, K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  21. Eu coloquei um livro dessa série no meu desafio desse ano! Estou com muita vontade de ler algum livro dele *_* Todo mundo fala super bem...

    ResponderExcluir
  22. Eu quero ler *-*
    Ok, A era medieval nao eh meu forte, maaas... xD Gostei da resenha :D

    Beeijo

    ResponderExcluir
  23. Lari... "historiadora frustrada"??? E adorei essa de "lombrigas literárias"... as minhas tb estão alvoroçadas por essa saga... huahuahau
    Ainda mais depois da sua resenha!

    bjuss

    ResponderExcluir
  24. Também ADORO livros que falam sobre história antiga viu... já até li uym livro do Bernard Cornwell, o Stonehenge, e fiquei com gostinho de quero mais ^^ Pena que os livros dele por aqui são meio carinhos né :P Mas adorei a resenha e fiquei com vontade de ler!
    Bjo

    @Tibiux

    ResponderExcluir
  25. Oi Lari!

    Adorei ... assino embaixo, dependendo do livro procuro nem ler as sinopses, tem muito spoiler por aí.

    :)

    ResponderExcluir
  26. "minhas lombrigas literárias ficaram alvoroçadas" IUASDAFSD eu ri! nunca li esse tipo de livro mas acho que não ia gostar, não parece ser algo que eu ia gostar, mas você estava tão entusiasmada na resenha Lari que dá até pra arriscar ler, ah sei lá :/

    ResponderExcluir
  27. Também adoro livros sobre a Idade Média, adorei a sua dica já está anotada, nunca tinha lido nada sobre esse livro e gostei muito. Bjs

    ResponderExcluir
  28. Eu já li o arqueiro e cara, concordo plenamente com a sua descrição do livro do Bernard. Eu amei demais o estilo de escrita dele e sempre tive vontade de continuar a ler a saga do graal - que é desse que eu li - e a das crônicas saxônicas. Nossa sua resenha me inspirou mais ainda a ler. Eu também não estava acostumada com esse tipo de leitura, mas nossa, parece que depois dele minha percepção de leitura mudou e eu sustento leituras mais diferenciadas. Abriu meu leque de opções, digamos. hahaha Amei muito!

    ResponderExcluir