='cap-left'/>

Tanner Menezes - Cinco Sentidos


... Antes de mais nada, PRECISO falar sobre a edição do livro:

Infelizmente alguns equívocos nas datas citadas no livro e os horários (totalmente dispensáveis) em desacordo com a linearidade da trama incomodaram bastante a leitura, aliados às falhas de revisão e repetições de pensamentos nos momentos de introspecção dos personagens. Isso é muito triste, ainda mais porque os erros são constantes em muitos livros nacionais.
Estou me estendendo mais nesse tema nessa resenha porque estou verdadeiramente frustrada! Na mesma proporção em que tenho lido livros com erros grotescos, leio livros lançados independentemente, mas com todo o zelo que convencionou-se esperar de livros respaldados por editoras.
Todos sabem que apoiamos a literatura nacional, mas tanto descaso (sim, a palavra correta é descaso, mesmo), a começar por falhas de revisões (quando os originais deveriam sofrer uma verdadeira operação “pente fino”, se necessário) prejudicam não só, e principalmente, o selo, mas também ao autor, e a própria leitura em si. #Lamentável.

Cinco Sentidos
Tanner Menezes

O primeiro romance publicado pelo jovem autor roraimense Tanner Menezes, possui uma trama também jovem, me senti passeando pelas páginas num clima bem ao estilo “novela das sete”: protagonistas festeiros, cheios de disposição, com algum drama pessoal e sensualidade/sexualidade de sobra.

O enredo gira em torno do personagem principal, Fábio, um legítimo playboy brasileiro. Orfão, herdeiro de uma rede de hotéis e restaurantes, membro badalado da sofisticada high society carioca, bom amigo, bonito, carismático, partido cobiçado e um inconsequente conquistador...
Tantos “predicados” atraem a amizade da repórter Débora (a quem Fábio já tentou conquistar, mas não conseguiu), que deseja tê-lo como enredo de uma grande matéria que alavancaria sua carreira... mas ela acaba verdadeiramente se afeiçoando a Fábio e seus amigos.

Uma linda trama de amor, amizade e luta pela vida é desenvolvida, quando Fábio é conquistado pelos encantos de uma garota que consideraria simplória em qualquer outra ocasião: Yasmim está gravemente doente, e é irmã de Gabriel (que é a nova paixão de Débora, e um amigo com quem Fábio teve um desentendimento mal resolvido do passado).

A trama é “tudo de bom” e inédita, ainda que tenha demorado um pouco para engrenar. Exceto por uma biografia, nunca li nada fictício relacionado ao assunto, e o meu ver (e por ter lido a tal biografia), a parte que aborda os “5inco Sentidos” merecia um espaço maior no enredo... a rapidez com que aconteceu não foi exatamente verossímil.
Um ponto alto da trama é o regionalismo presente nas descrições, pois grande parte da história se passa em Boa Vista/Roraima. O carinho e orgulho que o autor tem por sua cidade ficaram evidentes e me agradou, assim com a escolha do autor por nomes mais nacionais (como Marcos, Rodrigo, Suellen).

Há alguns clichês perdoáveis (#adoroclichês!), mas creio que, por vezes, as influências que inspiraram autor ficaram muito aparentes. Não me abandonou a sensação de "déjà vu", e o exemplo mais gritante foi um trecho de chuva, quando um então cego Fábio consegue enxergar os contornos do rosto da mocinha Yasmim. Nesse ponto só faltou a trilha sonora de Evanescence ao fundo para remeter completamente a essa famosa cena AQUI... Depois não consegui mais desvincular Fábio da imagem ator Ben Aflleck (risos).

Enfim, eu gostei medianamente de "Cinco Sentidos" como um todo, ao compará-lo com outros livros do gênero, ele possui uma boa trama e um desenvolvimento razoável, e claro que recomendo o livro! Acredito que essa primeira experiência de publicação, fruto da adolescência do autor (escrito quando contava com apenas 15 anos) está sendo uma “escola viva”, e desejo muito ser surpreendida por um segundo livro de Tanner Menezes, agora fruto de sua maturidade...

Twitter do autor: @tannerrnm
Livro no skoob: Cinco Sentidos
http://1.bp.blogspot.com/_6Sua73Nf8Cw/TGqKiU9LEpI/AAAAAAAAAJ4/JuYUjdazC1s/s1600/assinatura1.png

Comentários
37 Comentários

37 comentários:

  1. Parece ótimo!
    Muito boa a resenha! :)

    ResponderExcluir
  2. Ahhh essas falhas realmente nos deixam frustadas e por mais que nós não queremos falar delas, tem momentos que é impossivel...Chegar a doer.

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  3. è ruim mesmo neh quando tem essas falhas, ta uma vontade de corrigir!! Mas o livro parece ser interessante!

    ResponderExcluir
  4. Gostei parece ser bem interessante.

    Passe por lá:
    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Que chato!! =/ As vezes a história tem tudo para ser boa, mas realmente com esses detalhes que você citou fica bem complicado né?!
    Mas gostei da história parece ser boa!

    BeijoS

    ResponderExcluir
  6. Que pena os erros! Realmente desvalorizam a obra. Se eu trabalhasse nessas editoras isso não aconteceria! Por que não contratam amantes da leitura?
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Obrigado sabrina!!!
    :D
    Adorei a resenha!
    Vc tem razão em muitos pontos... e espero consertar tais "erros" numa possível segunda edição... rsrs!
    bjoss
    =***
    E aguarde, se7e Conquistas vem aí.... e com mais maturidade, aperfeiçoamento da escrita e uma história ainda mais surpreendente, posso lhe garantir.

    Bjoss
    =***
    Agradeço profundamente o tempo cedido ao meu livro e as suas sinceras palavras.

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li, mas adorei saber sua opinião!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  9. É uma pena mesmo que a obra sofra de tantos problemas de revisão. Imagino um livro como um filho onde devemos dar o máximo de atenção do seu "nascimento" até o "baile de debutantes" onde ele vai parar em inumeras estantes por ai. Isso n devia ter passado despercebido! Lamentavel!

    ResponderExcluir
  10. Parece ser bom, e você tem razão! Detesto quando as editoras ficam nem ai só porque os livros são brasileiros, acho que eles pensam "Não vai vender mesmo, pra que eu vou revisar", me irrita profundamente o descaso.
    Beijos,K.
    Girl Spoiled

    ResponderExcluir
  11. Mas é isso mesmo Sabrina, até livros tipo Dexter vejo erros que me deixam muito brava. Além de ser mesmo um descaso.
    Gostei da sua resenha, parece ser um livro legal, mas não algo que realmente me chamasse atenção.

    -
    Beijos!
    carolespilotro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. eu gosto muito da sinopse desse livro e ele me parece bastante interessante, mas é uma pena o descuido com a edição. não posso falar muita coisa porque mesmo os meus livros, por serem de edição independente, apresentam algumas falhas - erros de digitação que passaram batido, e, em menor quantidade, confusões de espaço/tempo - mas é algo que a gente precisa se atentar muito pra não causar uma temível má impressão no leitor. deus me livre!
    beijinhoss

    ResponderExcluir
  13. Devemos mesmo incentivar nossos escritores, e é legal vermos o crescimento, o amadurecimento quanto escritor de muitos deles.Bela resenha.Bjkss

    ResponderExcluir
  14. Adorei a resenha, Sá e, principalmente, a sinceridade! Eu concordo com você... os livros nacionais, muitas vezes, deixam a desejar... Como assim um livro traduzido tem menos erros de português do que um nacional? Imperdoável... Eu também tenho me deparado com livros nacionais que precisariam de uma segunda revisão (no mínimo).
    O livro até parece interessante... mas eu não sou muito fã de clichês não... um ou outro até vai, porque fugir deles é bem complicado, mas vários... aí meio que já me desanima...

    Beijos,

    Nanie
    http://naniedias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Se até em obras vendas de fora a revisão vem com erros, imagine os livros nacionais.

    Trilha do Evanescence???
    Há, vou ter que ler esse livro ouvindo a música.
    Já tem um tempo que quero ler esse livro.
    Adorei a sua resenha.

    Bye

    ResponderExcluir
  16. ah parei de ler em "literatura nacional" tenho preconceito mesmo. ok, mentira minha, parei de ler "legitimo playboy" fiquei muito tensa, não quero ler não :/

    ResponderExcluir
  17. Oi Sabrina ^^

    Eu também acho que as editoras deveriam ter MUITO mais cuidado ao revisar livros nacionais. Nenhum livro traduzido tem esses erros horrendos que os nacionais tem. As editoras ficam espalhando por aí - isso em geral mesmo - que super zelam os livros nacionais mas olha o CUIDADO que elas tem com eles. É lamentável mesmo, porque, eu mesma, morro de dó de gastar meu dinheiro comprando livros nacionais porque sei que tem disso.
    Enfim, o livro parece ser bom, mas não me interessou =) Muito boa a resenha ^^

    Bjoos'
    Lee Iauch - ϟ●•Giяl's•●ϟ

    ResponderExcluir
  18. A resenha do livro é muito boa, mas não estou a fim de ler. Quanto a reclamação sobre a revisão do livro, acho um desrespeito das editoras, as vezes pagamos um preço absurdo em um livro e eles não tem o mínimo de cuidado, não estamos pedindo nada que seja um absurdo, mas sim o básico de um livro, sincronização das estórias, ortografia correta.

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. O livro parece ser bom, apesar dos clichês (também sou fã de alguns, rs), mas, de fato, as editoras deveriam tomar muito cuidado na hora da revisão, porque isso marca um livro, positivamente ou negativamente. E digo isso não somente na literatura nacional, mas na internacional, pois muitas vezes pecam na tradução, deixando uma trama que poderia ser completamente envolvente, simplesmente irritante!
    Bjs ;*
    Isa.
    ~Portal dos livros

    ResponderExcluir
  20. Sa, nem me fala em problema de revisão! Nossa, meu coração sangra quando eu vejo essas falhas!
    Fiquei bem curiosa com o livro porque, venhamos e convenhamos, é bem difícil ver um autor cá de cima sendo publicado por editoras aí de baixo. rs
    A resenha ficou ótima!

    ResponderExcluir
  21. Sa,
    eu gostei bastante do enredo *-*
    e sim, falhas de revisão tbm me frustram :(
    mas eu gostei da história. Espero ler e não me incomodar tanto
    bjs

    Isa - www.opsisa.com.br

    ResponderExcluir
  22. Nao posso dar aminha opinião ainda desse livro,pois estou esperando o meu Chegar.. Mas espero q ele seja bom rsr

    ResponderExcluir
  23. Muito legal conhecer outro escritor brasileiro. Me interessei pelo livro, parece ser bem legal ^^
    Quero ler!!

    @Tibiux

    ResponderExcluir
  24. É realmente horrível essas falhas! Já peguei uns livros que não eram nacinais mas tinham uns erros bem chatos.
    Não me interessei nessa estória, quem sabe um próximo do Tanner me chame atenção.
    Bjos

    ResponderExcluir
  25. É, as vezes excesso de detalhes e descrição exagerada cansam e até me fazem desistir de certos livros.

    ResponderExcluir
  26. Eu gosto de livros assim.
    também entrou pra lista dos "Próximos"
    *_*
    Beijos

    ResponderExcluir
  27. Você recomenda, então deu vontade de ler!
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. O enredo do livro parece muito bom.

    ResponderExcluir
  29. Nunca devemos julgar o livro pela capa, haha e eu pensando que era um livro de suspense dó pela capa! rs
    Legal! Quero ler!!

    ResponderExcluir
  30. Galera comprem! :D hehehhe depois de ler tirem suas conclusões

    :D
    Adorei esta resenha.. e me serviu mt para aperfeiçoar meu outro livro..

    ResponderExcluir
  31. Pelo seu comentário o que mais te deixou frustrada foram o erros grotescos do livro, esse não é o primeiro livro que ouço falar ou leio que é cheio deles, mas a história parece ser boa.

    ResponderExcluir
  32. Mesmo com os erros que falaram por aqui, tenho certeza que o livro é ótimo. A história é diferente... Deu vontade de ler! Principalmente sendo indicado por você né, xará! Hahaha! Eu quase nunca leio autores brasileiros, não sei exatamente porquê... Mas percebi que o livro me deixaria beeeem satisfeita :)
    Ótima resenha, Sabrina!

    ResponderExcluir
  33. A trama é tão interessante, que pena que tenha tantos erros de revisão, isso realmente atrapalha a leitura e deixa uma má impressão.

    ResponderExcluir
  34. Parece ótimo!
    Quero muito ler!
    parabéns pela resenha.

    ResponderExcluir