='cap-left'/>

Meg Cabot - Todo Garoto Tem


PALMTOP DO CAL

Eu PRECISO ficar longe do prosecco. Essa bebida me faz fazer as coisas mais abomináveis possíveis, coisas que eu jamais faria se estivesse com a cabeça no lugar... dar um belo atum para um monte de gatos de rua, por exemplo, ou reconhecer como o luar destaca as luzes de uma certa cartunista...
Quem bebeu todo o whisky?

Mais um divertido Chick-Lit da minha diva Meg Cabot.
Todos já devem saber que ela é uma das minhas autoras favoritas e a resenha de hoje é do seu livro Todo Garoto Tem da série Boy. São livros escrito no formato de emails, mensagens instantâneas e um diário.

Os livros da Meg são garantia de muita diversão e confusões, em Todo Garoto Tem não poderia ser diferente. Jane Harris está pronta para ter a maior aventura da sua vida com direito a viagem, casamento escondido, um belo de um príncipe encantado (que é mal humorado) e quem sabe um final feliz?

Tudo começou com o casal de namorados Holly Caputo e Mark Levine, ela com família católica super devotada e ele com uma família judia. Os pais dos dois não viam a união como algo positivo, afinal, quando eles tiverem filhos que religião elas vão pertencer?

Então para não ter que aguentar a família se intrometendo, Holly e Mark resolvem fugir e se casar na Itália. O engraçado é que muitas pessoas sabem sobre o casamento escondido, todos da clínica onde Mark trabalha, o pessoal do jornal onde Holly trabalha e até a mãe maravilhosa, mas nada discreta de Jane Harris.

Jane Harris é a uma cartunista famosa (apesar de modesta) criadora do famoso Wondercat, um gatinho herói que tem milhares fãs por ai, apesar de que também existem alguns caras que não conhecem seu incrível trabalho (tipo Cal). Melhor amiga de Holly - a noiva - e também a escolhida para ser madrinha, sua primeira viagem internacional não poderia ser a melhor, pois Jane sempre quis conhecer a Itália e também deseja que seus queridos amigos sejam felizes. Ela não deixará que nada e ninguém atrapalhe este casamento.

Cal Langdon é o padrinho do noivo. Ele e Mark são amigos desde crianças e essa viagem seja uma forma de descansar, pois Cal é um grande jornalista que acaba de voltar para Nova York onde pretende se fixar de vez e se dedicar a escrever seus livros. Cal crê que Mark está cometendo o maior erro da sua vida se casando, não que Holly não seja uma boa garota, mas seu amigo não viveu e aproveitou o bastante para se prender a uma mulher. Ele também vê nessa viagem a chance de tentar colocar juízo na cabeça de Mark e convencê-lo de que casamento não é a melhor das escolhas.

Entre tapas e beijos é a forma melhor para descrever a história, Jane e Cal se detestam no primeiro olhar e continuam a se estranharem durante a maior parte da viagem, mas onde há fumaça sempre há fogo e com eles não será diferente. Mas enquanto isso eles terão que lidar com algumas outras coisinhas preocupantes que colocam em risco a felicidade dos seus queridos amigos. Será que eles estarão preparados para salvar o casamento? Para deixar as desavenças de lados? E principalmente para os novos sentimentos que poderão surgir sem eles menos esperarem?

Só lendo para saber.

Tentei realmente maneirar na resenha para ela não ficar gigante. (risos)
Confesso que sempre me empolgo nas resenhas de livros da Meg, são histórias sempre tão legais que quero escrever mais e mais.

Todo Garoto Tem não foi uma grande surpresa, pois sempre ouvi ótimos comentários sobre ele, principalmente da querida Tatiana Leite (@tatitaleite) que vivia me dizendo que esse livro era maravilhoso e o melhor que ela tinha lido da Meg.

Concordo inteiramente com a Tati, esse também se tornou o meu livro favorito da Meg.

Cal e Jane são os mocinhos perfeitos, aqueles que brigam muito, mas te faz torcer por eles. Mas eles não são os únicos a tornarem a história maravilhosa, todos os personagens colaboram com isso por serem bem divertidos, como Peter Schumacher e a Sra Frau Schumacher (neto e vó) que contribuem e muito para a felicidade dos casais, os pais de Jane que são hilários, principalmente seu pai que sempre sofre algum acidente provocado por ele mesmo.

Achei diferente o livro ser escrito por emails e no formato de um diário de bordo que Jane estava fazendo, até pensei que não ia achar legal, mas isso não influenciou na qualidade da história, pelo contrário, fez com que o livro ficasse ainda mais interessante, porque com troca de email sabíamos o que os outros personagens sentiam e pensavam. Adorei entrar na mente de Cal e saber o que ele estava sentindo.

Super recomendo o livro, vale a ler!

Série Boy

1 – O Garoto da Casa ao Lado
2 – Garoto Encontra Garota
3 – Todo Garoto Tem


Comentários
45 Comentários

45 comentários:

  1. Oi Lu !

    Quero ler esse tb da Meg ! Quero ler todos da Meg !! hehehe

    Bjo no coração !

    ResponderExcluir
  2. Ai Lu preciso ler todos os livros da Meg! hehe
    Vou começar com o Diário da Princesa, já devia ter lido, mas vou passando outros na frente.
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu!
    Adoro os livros da Meg, ela sempre garante ótimos momentos de risadas e romances super fofos. Dessa série, o livro que eu mais gostei foi "O garoto da casa ao lado", mas "Todo garoto tem" também é muito divertido. Adoro a troca de msgm entre os personagens.
    Bjos!

    ResponderExcluir
  4. Ah a Série Boy da Tia Meg é boa demais!
    Foi a primeira série de livros dela que li e é muito boa!
    Primeiro eu li 'o Garoto da Casa ao Lado' que eu achei vagando na net, e dpois me emprestaram 'Todo garoto tem'. Eu não sabia que tinham relação, pensava que eram livros independentes... E na verdade são independentes, só que mantém uma ligação que quase passa batida; se prestar atenção, os casais dos livros trabalham na mesma empresa parece - já não lembro muito bem - , apesar de não serem da mesma área, eles acabam citando um e outro em alguns trechos quando falam de trabalho. Quando eu vi isso, já lendo 'Todo Garoto Tem', eu fui atrás pra saber mais e bum, lá estava 'Garoto encontra Garota'. É, eu não li na ordem rsrs Mas adorei essa série!
    Essa pegada de e-mails e diário de bordo foi ótima da Tia Meg, digno de muuuuuuitas risadas! E ainda tem essa troca de pontos de vista, uma onda que tá chegando, pelo que já vi, em algumas literaturas YA e chick-lit, que te deixa bem em cima do muro a par das coisas, tendo a visão praticamente - senão - completa dos acontecimentos, matando nossa curiosidade num nível impressionante. Adoro como flui a narrativa, ainda mais com aqueles epítetos bem cômicos que são bem a cara da escritora.
    Lembro ainda de uma parte que eles conversam dentro do carro com Blackberrys... - e as pessoas que reclamavam de quem conversava com os irmãos via msn dentro de uma mesma casa, não reclamam mais depois dessa - que foi impressionante. Do início ao fim, muito bem escrito e pensado. Vale super a pena!

    ResponderExcluir
  5. Gostei o tipo do enredo, mas fiquei com medo pelo estilo que foi escrito, não sou chegada em escrita tipo diário, parei de ler Cotoco, porque não gostei do jeito que foi escrto e o único livro que li da Meg eu não gostei, agora fico com medo de gastar o meu rico dinheirinho e depois odiar o livro...rs
    Bjos

    ResponderExcluir
  6. Eu adoro a capa desse livro! Ainda não li, mas amo a capa! kkkk E tb adoro Meg, o que acho, com toda a certeza, que esse livro é muito bom!
    Pela sua resenha, fiquei morrendo de vontade de ler Lu! Adorei! Mesmo gigante rs, adoro sua forma de escrever sobre o livro...

    bjusss

    ResponderExcluir
  7. ei Kleris: eu não sabia que trabalhavam no mesmo jonal.
    como os personagens não tem nenhuma relação próxima, li fora da ordem mesmo.
    estou com os outros em casa e vou pegar para ler. ^^}

    Beli: leia essa livro, é mara. ^^

    Sol: esse vale a pena comprar, é meio carinho, mas é divertido, kkk.

    Kellen: comece a ler Meg logo menina, ta perdendo livros maras.^^

    Dé Lima: eu também amo os livros dela, sempre acho eles maravilhosos no fim das contas, kk.

    Jana: acho que você vai amar esse livro, corra para ler. ^^

    beijos girls. ^^

    ResponderExcluir
  8. Fiquei com saudades e fui atrás, pra relembrar rsrs. Parece que alguns personagens secundários de 'o Garoto da Casa ao Lado' são amigos/trabalham com o Cal de 'Todo Garoto tem'. Achei um trecho - SPOILERS pra quem tá lendo -
    "[...] Isso me lembra aquelas noites em Bagdá com Barbara Bellerieve, antes de ela finalmente desistir de arrancar uma aliança de mim e ficar com o Aaron Spender - coitado daquele canalha." É a parte que ele fica pensando em casamento, por causa do amigo que vai casar. O Aaron era namorado da personagem principal (Mel) de 'o Garoto da Casa ao Lado', que qnd esfriou o relacionamento, acabou ficando com a tal da Barbara; Tbm tem o Trent, que acaba ficando com a Mel: "[...] Mas mesmo pessoas que eu classifiquei como solteirões convictos - o John Trent, por exemplo, que trabalha no Chronicle, e o Spender - estão se amarrando. Será que vai demorar muito até eu me transformar no único solteiro que sobrou no mundo?"
    São pequenos casos que lembrei. E nem procurei em 'Garoto encontra Garota'. Parece até novela hahaha pessoa que conhece tal pessoa que já aconteceu isso num livro e no outro, alguém relembra o caso de alguma forma. Mto interessante.
    Difícil é dizer qual dos três é meu preferido *-*
    E nossa, como a Tia Meg escreve, contabilizei 68 livros no wikipedia! E ela ainda nem chegou aos 45 anos! Já li mais de 5 séries dela e só teve um livro dela até agora que não me conquistou [A rainha da fofoca]

    ResponderExcluir
  9. Eu amo os livros da Meg
    Essa série é muito boa mesmo.
    Já li todos que fora lançados no Brasil e alguns que ainda não tem por aqui e essas é uma das melhores séries :)
    Um uma das coisas mais legais desse livro
    é ele ter sido inspirado no casamento da própria Meg *.*
    Como sempre,ri muito enquanto lia esse livro.
    Lembro que quando fui ler,fiquei um pouco preocupada por ser em formato de emails, mensagens instantâneas e diário,mas acabou que me preocupei por nada.
    Acho que depois dessa resenha,vou reler esse livro :)

    Abs :*

    ResponderExcluir
  10. Oi Lu!

    Mais uma resenha maravilhosa menina!!!
    Tudo bem que os livros da Meg Diva Cabot ajudam, mas vc me deixou com água na boca!
    Eu ainda não li nada dessa série, mas com certeza estão na minha lista, hehe.

    B-jusssss! ♥

    ResponderExcluir
  11. Já li essa série Boy da Meg e adorei *_*
    São fofos meeeeeeeeeeeeeeeeeeesmo. Se eu tivesse tempo, reli todos. Meg DIva!

    ResponderExcluir
  12. Ooii! Gostei muito da sua resenha, fui lendo sem sentir o tamanho dela, hehe.. parabéns!
    Pelos seus comentários o livro parece ser bem legal. Adoro a Meg Cabot, mas ainda não li um chick-lit dela. Também não conhecia a série, queria começá-la lendo logo esse. ^^

    Beijos, Ju

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu! Eu adorei a resenha, preciso começar a ler essa série imediatamente, parece boa demais (chicklit é sempre bom). A resenha ficou 10, como sempre né...bjão!

    ResponderExcluir
  14. Oi meninas!
    Ainda não li esse livro, mas adoro os livros da Meg Cabot, portanto quero ler!!
    Não sabia que ele era escrito num formato diferente, que legal, fiquei ainda mais curiosa para ler.
    Ótima resenha!! :D
    Beijos

    ResponderExcluir
  15. Adorei! Fiquei com muita vontade de ler este livro, pois ainda não li nada desta autora que é muito bem recomentada por várias pessoas.
    Deve ser uma leitura muito divertida e agradável.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  16. Sou mega curiosa por esse livro, adoro a Meg... mas tenho quase nada de livros dela... =X

    Beijoss

    ResponderExcluir
  17. Nossa eu tbm amei o livro principalmente por ser contado por mensagens e e-mails e também mesmo tendo aquele clichê de duas pessoas que se odeiam e acabam ficando juntas gostei mesmo assim e ri muito aquele fã fofoqueiro da jane que atrapalhou um pouco na minha opinião

    ResponderExcluir
  18. Ei Lu,

    Tenho muita vontade de ler este livro, mas ainda não li nenhum da série. Tbm adoro Meg, um dia ainda consigo comprar todos rsrs

    bjo

    ResponderExcluir
  19. To cansada de Meg Cabot, sabe? UAHSAUHSUA To dando um tempo com os livros dela, os últimos que eu li, não gostei taaaaaaaanto como eu gostava antes. Espero que isso acabe logo (: UASHUAHS Adorei a resenha, mas acho que não leria esse livro, sei lá :S

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  20. eu amo os livros da Meg Cabot... tenho quase todos. Pra dizer a verdade ela é uma das minhas escritoras favoritas... os seus livros sempre tem um toque de humor e eu gosto muito disso, me faz ri... rs

    ResponderExcluir
  21. Ei Lu!
    Como assim melhor livro da Meg?
    Agora eu preciso para ontem!!!
    Quando encontrar em promo (sei que é difícil) me avisa!
    Pobreza à vista ^^
    Bjins

    ResponderExcluir
  22. Já li todos os livros da série Boy, eles são ótimos, ficando em pé de igualdade com a minha outra série preferida dela que é A Mediadora.

    Para quem não leu ainda essa série não sabe o que esta perdendo. Todos os livros da Meg são muito bons, vale muito a pena ler.

    ResponderExcluir
  23. Naum sei... naum acho q é pra mim...

    http://conversandocomdragoes.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  24. Oi,
    Este foi o primeiro livro da Meg que eu li e amei de paixão confesso que demorei um pouquinho para acostumar com a escrita mas depois de pegar o jeito foi. Toda a serie de garotos dela parece que tem essa forma acabei de ler o garoto da casa ao lado e tambem e da mesma maneira, super divertido, romantico e cheio de e-mails. Bjks
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  25. Sei lá já tentei ler livros dela assim mas não consegui não.

    Bjs

    ResponderExcluir
  26. Oi Lu os livros da Meg parecem ser o máximo, mas nunca li nenhum. Acho que vou começar por essa série. Sua empolgação me contagiou.

    Xero.

    ResponderExcluir
  27. Tambem sou super fã da Meg
    E já li o garoto da casa ao lado...
    E essa já esta na minha lista
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Só li um livro da Meg e não gostei >.< Agora sempre fico com um pé atrás quanto aos livros da autora...
    Ainda pretendo ler algum outro...

    ResponderExcluir
  29. Nossa não sabia que esse livro é chick lit o.O Pela capa pensei que fosse infanto juvenil :P Li apenas dois livros da Meg, preciso ler mais e talvez comece por esse aí, que parece ser bem diferente!

    @Tibiux

    ResponderExcluir
  30. Eu sou doida para ler O garoto da casa ao lado! Não sabia eles faziam parte da mesma série...
    Até hj, só li Tamanho 42 não é gorda, da Meg. Foi bem divertdinho!

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  31. Esse livro não havia me chamado a atenção, mas lendo a sua resenha e vendo que não só você, mas sua amiga considera esse um dos melhores livros da Meg, eu senti uma vontade imensa de lê-lo. Com certeza vai para minha lista de desejados.

    Parabéns pela resenha!

    Beijinhos,

    Ler e Almejar

    ResponderExcluir
  32. Lu, eu sabia que você não ia se arrepender! \o/
    O final da história era o que eu esperava, mas o que me surpreendeu foi o desenrolar dos dois, que sempre fazem alguma coisa que eu não esperava! Tipo o fato da Jane ser desastrada e prender o salto do sapato na rua - e a tatuagem no tornozelo dela! hauhauahuahauhaua -, de se esconder no armário, de levar não sei quantas agrrafas de água no avião e chamar o Cal de Nazista do encosto de braço, de ler Nora Roberts (aaaahhh!), de achar os iogurtes da Itália muito melhores, de ver o Coliseu e ficar toda encantada porque a Britney Spears fez um comercial lá... hauhauha
    Quem ler isso vai ter muito spoiler, mas eu não consigo me conter!

    Li esse livro tanto em inglês quanto em português e me diverti horrores! A versão da Fernanda em inglês é da Avon, que é a dessa capa do coração. No final do livro, tem tipo uma entrevista da Meg falando sobre o livro e como ela criou essa história, que foi mais ou menos baseada no seu próprio casamento! O_O' E TEVE UMA FRAU SCHUMACHER!
    Outra coisa muito legal do livro é que tem uns desenhos do Wondercat, só que dele na história. Tipo quando as meninas estão tomando sol e o Cal dá aquele mergulho - tem um Wondercat tomando sol, se eu não me engano.

    O livro não é surpreendente nem nada, mas tem elementos básicos e simples que fizeram a história se tornar muito especial. A primeira vez que li foi no dia 1º de dezembro de 2007, se não me engano, no aniversário do meu pai. As minhas aulas já tinham acabado e eu não conseguia sair pra fazer nada. Teve uma festinha pro meu pai em casa e eu queria que acabasse logo, não aguentava esperar pelo parabéns pra terminar a história e saber se o Cal ia ficar com a Jane ou não, o que ia acontecer com a Grazi, se iam falar mais do Queen (já pensou ouvir Fat Bottomed Girls milhares de vezes seguidas? O_O' Eu gosto muito dessa música principalmente por causa do livro, mas chega uma hora que não dá) e se a mãe indiscreta da Jane ia acabar revelando o casamento antes da hora...
    Sei lá, não sei ao certo o que me faz gostar tanto desse livro. Talvez por eu ver MUITO da Fernanda na Jane (elas são muito parecidas, principalmente na parte de serem desastradas e pensarem nas coisas mais inusitadas), pelas coisas engraçadas que acontecem durante a história toda ou por gostar mesmo dessa série. É a minha favorita, sem dúvida!

    Eu fico muito feliz por você ter gostado do livro! \o/ Estava morrendo de medo de você ler e pensar: "mas o que ela viu nesse livro?" =)
    Os meus pais também adoram a história - tanto essa quanto os outros da série - e sempre recomendam! =D
    Adorei a resenha! E você ter me citado também! \o/ Que honra!

    Beeijo! ;3

    ResponderExcluir
  33. Lu.. eu amo essa série!! ^^ ri mto lendo esse livro... adorei a resenha viu.. deu vontade de reler esse livro... na verdade . toda a série!!
    Amo a Meg!

    Bjoss

    @Fal_Ventura
    http://sweetsromances.blogspot.com

    ResponderExcluir
  34. Nunca li nenhum livro dela e acho q vou começar por essa série ou pela A Mediadora.

    ResponderExcluir
  35. tbm amo a meg! acabei de ler a mediadora, agora vou ler o garoto da cas ao lado.

    ResponderExcluir
  36. Luuu sua danada! Me deixastes doida para ler a série agora! E isso não poderia acontecer, pois a minha pilha de livros para ler está enorme! Mas, fazer o que... vai para a lista de desejados. hihihi Bjss!

    ResponderExcluir
  37. Eu só li os três primeiros da série Diário da Princesa, tirando isso, não li mais nada da Meg, mas sonho em ter a maioria deles, sempre fico encantada com as resenhas. É por isso que chamam a Meg de diva, pois com tantos livros ótimos e encantadores.

    ResponderExcluir
  38. Adooooroooo a Meg, mas ainda não li esse livro.. Quero muito ler pq Meg e Diva rsrs

    ResponderExcluir
  39. oiaaa :3 tem MUTIO tempo que é pra eu ler esse livro. único que ainda não li da série boys *-*
    não espero menos que os outros shausha amei

    ;*

    ResponderExcluir
  40. Nossa, tempo que não tenho tempo pra passar aqui =/
    Meg Cabot é diva demais!
    Já ouvi falar sobre a série Boy, e Todo Garoto Tem deve ser tão divo quando os outros livros da Meg o/
    Adorei a resenha ^^

    Beijos

    ResponderExcluir
  41. Nossa, adorooooo livros assim, e os da Meg me fascinam a cada resenha, até porque eu nunca li um livro dela, vontade não me falta!
    Gosto dessas histórias com adolescentes em 'crise'! rs

    ResponderExcluir
  42. Eu só li um livro da Meg até agora, que foi o Quando cai o raio, quero muito ler outros livros dela!
    Gostei desse, parece ótimo, gostei de saber que são escritos em formato de de emails, mensagens instantâneas e um diário.

    Bjus

    ResponderExcluir
  43. Eu tô louca pra ler essa série, mas os livros são caros e minha Becky Bloom interior está de férias. Cada resenha que vejo só aumenta a minha vontade. E acho as capas muito legais.

    Beijos

    ResponderExcluir
  44. Já li o Garoto da casa ao lado e tb era nesse mesmo estilo, a historia era contada atraves de emails, achei até divertida, mas acho as capas da Meg muito infantis...Essa mesmo, eu achei o ó.rsrsrs. Bjksss

    ResponderExcluir
  45. Essa série toda é maravilhosa, e esse livro é perfeito!
    Beijos!

    ResponderExcluir