='cap-left'/>

Meg Cabot - Insaciável



Ela tremeu e acrescentou:
- E essa mania dos vampiros sempre querer transformar a garota bonita em sua namorada morta-viva? Ou pior, não querer transformá-la em sua namorada morta-viva. E então ela o convence disso, para o deleite da platéia. Porque está morta e acompanhada parece ser um final mais feliz do que estar viva e sozinha. Só que como estar morta pode ser um final feliz? – Os olhos dela brilharam. – Acredite em mim. Estar morto nunca é um final feliz.
Ele a observou [...]

...E Meg Cabot finalmente se rendeu aos vampiros! (Acho que ela acabou percebendo que esses seres são irresistíveis, não é mesmo pessoal?) Particularmente, adoro eles, principalmente quando são “bonzinhos”. Porém, em Insaciável, os vampiros não são doces, alguns são até legais, mas a maioria...

Meena Harper é roteirista de Insaciável, umas das mais antigas e maravilhosas novelas da TV. Ela não acredita em vampiros e odeia tudo relacionado a eles, e por esse motivo que ela não fica nenhum pouco feliz quando seres da noite invadem a sua vida e seu trabalho.

Ela acha a novela perfeita do jeito que está, mas os donos da emissora acreditam que está na hora de atrair um publico jovem (já que a novela rival - “Luxúria” -entrou na onda dos jovens e tem roubado o público). Não existe melhor maneira de dar um up na audiência, do que adicionar à novela os seres que fazem tanto sucesso no mundo: os vampiros. E por mais que Meena os deteste, vai ter que engoli-los, pois empregos não são fáceis de se conseguir e ela necessita bastante do seu.

Infelizmente o mundo televisivo não é o único problema que nossa heroína enfrenta diariamente, ela tem que lidar também com seu dom, um dom que ela não considera muito bom, já que sempre foi tachada de doida por conta dele: Meena consegue saber quando uma pessoa vai morrer e isso não é legal, pois ninguém quer saber a hora da sua morte, certo? Por isso todos ignoram os avisos de Meena, exceto Jon, seu irmão mais velho (um desempregado que mora com a irmã); seus pais (que tentam se manter afastados da filha), sua melhor amiga Leisha (que é uma cabeleireira ótima) e seu marido Adam (desempregado a procura de um emprego na sua área).

Meena gostaria de poder salvar a todos, principalmente as garotas que foram mortas em Nova York de uma forma bem esquisita, com todo o sangue drenado dos corpos. E são essas mortes “esquisitas” que levam um certo professor bem charmoso e misterioso a Nova York.

Lucien Antonesco é um professor - extremamente lindo - de história do Leste Europeu da Universidade de Buscareste, Romênia. Ele é o típico homem que toda mulher deseja, ou seja, é charmoso, galante, culto, irresistível e muito rico. No entanto, Lucien tem um pequeno defeitinho: ele não está vivo; ele é um vampiro e não qualquer vampiro, mas sim “O Príncipe das Trevas”, o líder que no momento deve resolver alguns problemas bem graves em Nova York, fatos que podem colocar em risco o segredo da existência de sua raça para os humanos. Ele pretende resolver todos os problemas e se manter o mais anônimo possível para não atrair a atenção dos seus grandes inimigos (que não são poucos).

Assim que chega em Nova York Lucien já sofre alguns contra tempos, ou melhor, algumas tentativas de assassinatos de muitos morcegos (?) e na frente de uma humana (que aliás ele achou super interessante). Adivinha quem é a humana? Meena Harper - a garota sem sorte - que parece ter finalmente encontrado o homem dos seus sonhos e que, aliás, é parente de sua vizinha doida Mary Lou que tem planos de transformar Meena e Lucien em um casal. Não é fofo? Sim.

Eles formam um lindo casal e o amor começa a surgir no coração desses dois solitários e é uma pena Jack Bauer (o cão de Meena, não o personagem daquele seriado, rs) não ir com a cara do seu atual namorado. Seria uma perfeita história de amor, se não tivesse o pequeno probleminha de Lucien ser O Príncipe das Trevas e de ter vários inimigos prontos para acabar com sua “vida”.

Alaric Wulf é um desses inimigos.
Ele trabalha para a Guarda Palatina, uma organização secreta do Vaticano que luta para exterminar os seres do mal. Alaric leva a sério o seu trabalho e acredita que não existem seres maléficos “bonzinhos”, e seu objetivo é exterminar a todos eles, principalmente o Príncipe. Ele vai para Nova York com uma missão e não se deterá até cumpri-la, mas acaba conhecendo umas pessoas nada normais no caminho, como Meena Harper.

Se antes a vida de Meena era um caos, tudo está caminhando para o “big bang”!
Meena está vendo sua querida novela mudar radicalmente e não pode fazer nada; Ela não tinha um namorado, agora tem um morto; um caçador sexy quer matar seu namorado a todo custo e há muitos vampiros em Nova York e...

Eles não são nada legais.


Insaciável da incrível escritora Meg Cabot é um dos lançamentos da Galera Record mais aguardados por mim (e creio para muitos). O livro é simplesmente maravilhoso, adorei cada página e a maioria dos personagens.

A capa é maravilhosa, aveludada e chamativa. Eu seria uma das pessoas que só comprariam pela capa se não conhecesse os livros dessa talentosa autora!
Meg escreveu uma história divertida e uns traços assustadores. Ela sempre coloca um bom humor nas suas histórias e sempre cria personagens apaixonantes e nesse livro não foi diferente.

Meena é a típica mocinha da Meg – e dae uma boa parte dos romances – que não tem aquela beleza chamativa (mas sempre atrai os homens), é endividada, batalhadora, valente e talentosa, no entanto ninguém dá valor a isso.

Lucien é perfeito, claro que seria, né? Como Príncipe da sua raça, tenta sempre fazer o melhor, por isso decretou que nenhum vampiro pode matar, mas há aqueles que se rebelam e eles têm causado bastante dor de cabeça a Lucien. Ele é romântico e se apaixona sinceramente por Meena, mas “coitado”, de todas as mulheres do mundo ele tinha que se apaixonar pela que mais odeia vampiros?

Um personagem que achei ótimo foi Mary Lou, a vizinha da Meena. Mary vive tentando arrumar um namorado para Meena e a acha perfeita para Lucien. Mary Lou coloca o marido em casa situação e a todos em risco por causa de sua boca grande.

Eu não fui muito com a cara do Alaric, o achei no começo – e maior parte do livro – um chato arrogante, ele se acha o tal e é bem grosso. Ele me conquistou um pouquinho mais no final do livro, mas não tanto para me tornar uma fã dele. (risos)

Achei legal ter caçadores nos livro e que usam uma espada ainda por cima. Creio que no segundo livro da série iremos conhecer ainda mais sobre a Guarda Palatina, que, aliás, não caçam só vampiros mais também outros seres do mal que têm por ai, como Súcubos, Chupa-cabras, etc...

O melhor do livro é que Meg soube diferenciar, pois na maioria dos romances de vampiros, as mocinhas se apaixonam por eles e o aceitam do jeito que são, acham normal namorar um cara morto que toma sangue. Meena não é assim, ela não aceita bem o fato de Lucien não ser humano e reage como uma pessoa normal reagiria: com muito pavor. (risos)

O livro é em terceira pessoa, então podemos saber mais sobre os pensamentos de cada personagem. Eu particularmente gostei muito disso.

Adorei a história, pena que o final foi um pouco decepcionante, mas como é série, não teria como terminar tudo com “Um Final Feliz”, né?

Já estou ansiosa por Overbite que, pela sinopse, vai ser ainda melhor que o primeiro.
Super Recomendo!


Série Insaciável

1 - Insaciável (Insatiable)
2 - Mordida

Mais sobre Insatiable


Comentários
68 Comentários

68 comentários:

  1. Nossa nem sabia que esse livro tinha vampiros!#Desenformada
    Adorei a resenha, e fiquei super curiosa para ler agora,já!
    Realmente a capa e linda e tbm compraria se não conhecesse os outros livros da Meg!
    #AhQueroLer

    ResponderExcluir
  2. Ainn, queria me distanciar dos vampiros, mas não há como! Fiquei doida de vontade de ler mais esse,ainda mais da Meg, tão elogiada.
    Adorei a resenha.
    Beijos, Lu!

    ResponderExcluir
  3. Doida p/ ler este livro...rs
    Estava lendo em inglês, mas agora quero em português =)
    Adoro a Meg qdo escrever sobrenatural...rs

    Andy_Mon Petit Poison

    ResponderExcluir
  4. Nossa, se fosse comigo, eu também não iria aceitar calmamente um homem que fosse morte e tomasse sangue no café da manhã. Fora que deve dar um mal-hálito, kkkk
    Beijos, Lu

    ResponderExcluir
  5. Ei Lu!
    Assim não pode, assim não dá!
    A Meg tá dominando minha estante.
    MAs já que o final deste nem foi tão bom, acho que vou esperar lançarem o 2º volume antes de conhecer os vampiros da tia Meg.
    Bjins

    ResponderExcluir
  6. Será que eu vou gostar desse livro?!
    Confesso que tenho um pé atrás com a Meg >.< Preciso de um bom livro dela para ver se perco essa minha coisa com ela >< hehehe
    Esse parece ser um livro bem interessante =D

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, se antes só por ser da Meg eu estava doida querendo ler, e a única coisa que eu sabia é que tinha vampiros, agora que quero ler mais ainda.

    ResponderExcluir
  8. Ei Lu,

    Inveja de vc, o meu ainda não chegou rsrsrs. Eu estou doida para ler este livro, a capa é linda demais mesmo e estou muito curiosa.

    Que confusão esta história, gostei da protagonista e do príncipe humm rs

    bjo

    ResponderExcluir
  9. Estou para receber esse livro!
    Acho que é um dos mais aguardados desse ano por mim.
    E acredita que eu NUNCA li nada da Meg???? o.O

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. Já comprei o meu, e estou esperando ansiosa por ele, acho que irei gostar muito pelo que pude ver na resenha, e sendo Meg Cabot com certeza deve ser incrível.

    Parabéns pela resenha, adoro esse espaço

    ResponderExcluir
  11. Ahh que legal sua resenha!
    Eu estava num booktour desse livro versão Portuguesa, mas nem sei se ele foi para a frente! Huahua
    Realmente acho o plot interessante pq a prot não gosta de vamps (a onda cansa mesmo) e claro, não acha isso normal, como costuma acontecer! hauhau
    Qnt ao fim, podemos esperar pelos proximos (ainda bem né)

    bjsss
    Hey Evellyn

    ResponderExcluir
  12. Lu... bah até a Meg nessa... não esperava isso dela... haha não sou louca por leituras vampirescas.. mas acredito que a Meg deve ter feito um ótimo trabalho!!
    Beeeijos

    ResponderExcluir
  13. Os únicos livros da Meg que me interessaram e me divertiram foram "O Diário da Princesa"(só li alguns) e "A Mediadora". Mas este daí parece ser muito bom, o seu texto me deixou interessada no livro.

    Ponto negativo: Tem continuação! Já estou mergulhada em tantas séries e já estou de olho em várias, que acrescentar mais um á lista parece maluquice. Será que não dá pra fazer um livro deste tipo com final, volume único e The End na última página? Dá pra fazer né? Mas com certeza isso não é a opção rentável...

    ResponderExcluir
  14. adorei a resenha quero muito ler esse livro da meg =)))

    ResponderExcluir
  15. Lu, eu já estava ansiosíssima para ler o livro - afinal, também adoro vampiros. E a sua resenha deixou um super gostinho de quero mais. Muito boa mesmo!

    beijos.

    ResponderExcluir
  16. No começo eu tinha sono nas cenas de Alaric, mas depois virei fã dele! Ele é tão chato que é engraçado. Não sabia que a capa é aveludada (onde? no vestido? toda?)!! Já tô vendo que vou comprar só pra ter na estante.

    Quero logo Overbite!

    ResponderExcluir
  17. Essa capa é tão bonita, e sua resenha ficou super boa! Dai me lembro de quando leio livros da Meg, dá vontade de escrever sobre o livro inteirinho na resenha, como vc fez :)

    ResponderExcluir
  18. Aaaaaah, eu quero tanto ler esse livro *mimimi*
    Sua resenha me deixou ainda mais curiosa!
    Aah, um vampiro-professor? OMG euqueroagora.
    haha
    amei a resenha!
    Beijão

    ResponderExcluir
  19. Ain, eu confesso: eu nunca li MC! Oo
    Mas acho que vou escolher um livrinho dela pra por na lista de leituras!!

    ResponderExcluir
  20. Hum, prefiro quando os vampiros são assim, nada bonzinhos, como antigamente. haha

    Já vi que vou gostar muito do livro.
    A capa é bem chique né?
    Acho que prefiro a nacional, é prefiro. haha

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  21. Nossa, parece ser mto bom este livro!
    adoro estorias de vampiros!

    ResponderExcluir
  22. OI meninas!

    Eu estou lendo Insaciável e estou amaaando! E eu que pensei q não havia mais espaço para vampiros na literatura...

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  23. que bom que é legal lu
    eu meio que fico com o pé atrás por se tratar de uma série sabe!
    tô fugindo de série!

    ResponderExcluir
  24. Já estou vendo que novamente vou mergulhar de cabeça em mais uma saga de vampiros ainda mais escritos pela Meg já estou curiosa para saber o final

    ResponderExcluir
  25. Oi Lu,
    achei sua resenha muito legal.
    Li poucos livros da Meg, mas gostei deles.
    Esse já entrou na minha lista de comprar.

    Bjs Luiza.

    p.s: não consegui comentar pela conta do google.

    ResponderExcluir
  26. Recebi esse livro e o Liberte meu Coração, estou lendo Liberte, e logo que acabar vou ler Insaciável, estou louca pra ler!!
    Pela sua resenha parece ser muito bom, pena que o final foi um pouco decepcionante como você disse...

    Bjus
    Gisele

    ResponderExcluir
  27. Adorei sua resenha. Meg é uma das minhas autoras favoritas. Que bom saber que esse livro é em terceira pessoa, pois até hoje todos os livros que já li dela eram em primeira pessoa. Um livro diferente com um tema comum , acho que é assim que eu classificaria o livro apenas pela resenha lida. Eu também compraria esse livro pela capa, que é linda.

    ResponderExcluir
  28. Eu estou com o livro em inglês aqui em casa há uns três meses e ainda não tive tempo de ler. E agora lançaram ele no Brasil e estou ficando louca já rsr. Eu vou ter que por ele na frente de todos os outros o quanto antes uhauah

    E OMG, essa capa está linda...não consigo decidir se gosto mais dessa ou da original...e isso e difícil de acontecer hein.

    Bjs

    Amanda
    Vício em livros

    ResponderExcluir
  29. To super curiosa para conferir esse livro da Meg, sobre vamps então..nossa!A capa é linda,assim como vc compraria pela capa.Vampiros bons e maus pelo jeito. Só o fato de saber que ela não aceita muito bem o fato dele ser um vamp, isso me deixa mais doida pra ler, mas quando isso vai acontecer, esse que o problema rsrs..

    Ps:obrigado pelos comentários Lu!!

    Bjs ^^

    ResponderExcluir
  30. Eu nunca li Meg,e pior,sempre achei que era associada a vampiros!Bom,vi que estou um tanto quanto errada sobre ela,acho bom começar a ler seus livros pra compensar a culpa!

    ResponderExcluir
  31. Amooooooo a Meg, pelo amor de deus ..essse livro é perfeitooo tem que estar na minha estante ...

    ResponderExcluir
  32. Estou louca louca louca por esse livro!
    Primeiro, porque Meg é Meg né? E segundo, porque eu quero ver como ela se saiu nesse universo vampiresco hahaha Aposto que muito bem!

    "Meena não é assim, ela não aceita bem o fato de Lucien não ser humano e reage como uma pessoa normal reagiria: com muito pavor."

    FALOU TUDO! hahaha
    Só eu acho muito estranho quando alguém diz que é vampiro e a outra pessoa só diz que ama e confia e acha que não vai ser morta? Pelo amor! rs

    ResponderExcluir
  33. Eu não sabia que a Meg Cabot tinha se rendido para os vampiros. Ao começar a ler a resenha pensei: ai mais vampiros por aí. Mais terminei de ler a resenha super curiosa para conhecer história só pelo fato de qd a mocinha fica sabendo que o outr é vampiro ela fica apavorada, o que eu acho que é uma reação normal entre todos nós.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  34. Eu tinha adorado a capa brasileira e saber que ela ainda por cima é aveludada... quero jáaa esse livro! Mas gostei demais da capa americana.

    Quero mto estrear leitura de Cabot com sobrenatural lendo Insaciável.

    Tua resenha deixa qlqr um doido pra ler esse livro.

    May
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  35. Gosto muito de livros que tem vampiros.
    Essa série deve ser muito boa.
    Mais uma que vai pra minha listinha de metas pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  36. Eu to maluca por esse livro! Uma história de vampiros diferente, maravilhosa e contada por Meg Cabot! A capa é linda demais, com certeza uma leitura muito prazerosa! Querooooo! Bjo!

    ResponderExcluir
  37. Quero ler esse livro desde que vi no Inútil Nostalgia, da Lisa. O que é bem estranho, você sabe que eu não sou muito fã de livros sobrenaturais. Mas... Pra começar, a capa é muito linda. E depois, parece mesmo ser muito divertido e diferente do resto. Só nesse trechinho que você colocou no início já dá pra perceber que a Meg zoa muito, e isso me lembrou A Caçadora, que me fez passar vergonha de tanto rir.

    "Seres maléficos bonzinhos" é só um pouco contraditório, né?

    Bjos

    ResponderExcluir
  38. Nossa, amei a resenha!
    Muito bem feita!
    Eu quero muito ler um livro da Meg, nunca li nenhunzinho! haha
    E esse é sobre vampiros, mesmo assim, achei bem interessante. Gostei muito.

    ResponderExcluir
  39. Bem legal a Meg não seguir o "padrão" da maioria das histórias com vampiros. Gostei muito da resenha, já estava interessada nele, agora esotu mais... rsrs

    ResponderExcluir
  40. Quando vi a capa desse livro, imaginei tudo, menos que o livro é sobre vampiros, achei que era romance daqueles normais mesmo, rsrs. Adorei os nomes dos personagens, sério, Lucien, Alaric, são marcantes e sensuais. Gostei do livro por ele ter, esse caçadores de vampiros do Vaticano, muito interessante. Sem dúvida esse livro está na minha lista, quando eu cumprir a minha promessa de ficar dois meses sem comprar nada, o livro da Meg vai ser um dos primeiros da fila.

    ResponderExcluir
  41. linda resenha quero tanto ler esse livro... achei o texto excepcional falou bem dos personagens.. ja estou ansioso pra descobrir esse mundo de fantasias da Meg

    ResponderExcluir
  42. Gostei muito dessa capa, já que os outros livros da Meg que li, achei as capas muito infantis. A historia tb parece ser boa.Louca para conferir.Bjks

    ResponderExcluir
  43. OMG! Quase tive um pire-paque aqui!
    Sou louca por esse livro e cada trecho que voce escreveu me deixou com mais vontade ainda de ganha-lo.
    Pra começar que as historias da Meg são completamente diferente de qualquer outra historinha de vampiro, ela sabe botar na historia a quantidade certa de suspense, sarcasmo, ironia, romance, fazendo com que qualquer um fique viciado em cada livro que ela publica.
    E esse livro tem uma historia diferente, ela tem os poderes mas nao quer assumir, talvez seja um pouco parecido com A mediadora que ja li 3 vezes, mas essa tem um desenrolar todo diferente, nao parece ser tao infantil o amor deles como era o da Suze pelo Jesse.
    Enfim a capa tambem ficou linda, na verdade ate mais linda do que a dos EUA.

    ResponderExcluir
  44. Adooro Meg Cabot e não tenho esse livro! Mais um pra minha coleção! PARABÉNS pela resenha!!!

    ResponderExcluir
  45. Adoro os livros da Meg *---------* e me apaixonei por esse também, tanto a capa quanto a propria história deixam a gente com vontade de ler o mais rápido possivél . Amei !!!!

    ResponderExcluir
  46. Adorei a resenha, to doida pra ler esse livro =)

    ResponderExcluir
  47. Hey Lu!
    Ameei a resenha!
    Vamos ao fato: vampiros são foda; Nem nossa queridíssima Meg Cabot poderia deixar eles d lado.
    Os livros da Meg são envolventee, quando pego um, ñ consigo mais parar de leer. Vlw pela notícia =](eu juro qe ainda ñn sabia!)

    ResponderExcluir
  48. Já que a moda é Vampiros, vamos fazer direito, né! E ninguém melhor do que a Meg para fazer isso

    Quero muito ler *-*

    ResponderExcluir
  49. adorei a resenha e isso siguinifica que vou amar ler e me perder na leitura.quero muito ler

    ResponderExcluir
  50. eu adorei a resenha o livro deve ser o maximo

    ResponderExcluir
  51. Eu sou apaixonada pela Meg e essa resenha está perfeita!! Parabéns!!

    ResponderExcluir
  52. Ainda não li nenhum livro da Meg, acredita?
    Ótima resenha, e espero poder ler o livro logo!

    ResponderExcluir
  53. Adoro os livros da Meg, e estou louca para ler Insaciável!
    Eu gosto dos personagens dela, principalmente as mocinhas que não são tão mocinhas, tipo a Suzannah, rsrsrs...
    Estou realmente curiosa por Insaciável, vampiros e premonições me atraem ^^(vai entender, ahusahuau)
    Adorei a resenha ^^

    Beijos!

    ResponderExcluir
  54. Sou super fã da Meg Cabot, tenho vários títulos dela na minha estante... Desde que ouvi falar desse livro estou curiosa para ler.

    ResponderExcluir
  55. Nossa, to loooooooouca pra ler esse livro! Graças a Deus a nossa Meg resolveu se "infiltrar" em terras vapiricas! hahaha

    ResponderExcluir
  56. 1° eu acho a capa brasileira a mais bonita *_* e não veja a hora de ler esse livro,sua resenha foi ótima com informações interessantes e sem spoy* o que me deixa muito feliz..parabéns..e estou concorrendo na promoçãop..espero ganhar!!
    Bjs

    ResponderExcluir
  57. Ah eu quero ler o livro estou morrendo de vontade de ganhar esse livro desde que eu li os três capitulos que editora cedeu. Amei a resenha ela esta perfeita parabens.Eu amo a Meg Cabot acho ela maravilhosa,os seus livros são bastante envolventes e apaixonantes eu quero Insaciavel pra mim.

    ResponderExcluir
  58. Queeero Muiiiito, ameei a resenha! E tô amando os livros de Meg! Deve ser ótimo esse ! ;)

    ResponderExcluir
  59. Achei fraco, fraco..... O começo ate envolve mas depois da metade os diálogos ficam repetitivos, eu já tinha descoberto tudo, inclusive o final, na metade do livro... Nada supera IAN... Nao leio tantos livros sobrenaturais, gosto mais de hostoricos ou contemporâneo... Arrisquei esse por sua resenha e devo dizer que este é um ótimo trailer, no entanto o livro nao. O que salva é a "mocinha" que no começo do livro me fez rir... Depois ela ficou meio demente, tipo retardada... E o final, que já era previsível, terminou sem dizer nada com nada... pffff
    Nao recomendo para quem nao tem muito dinheiro no momento... Espera chegar nos sebos ou trocar ou baixar, minha opinião... fraco, numa escala de 0 a 5, daria 3 ( só pelos 9 primeiros capítulos).

    ResponderExcluir
  60. Quero muito esse livro! Fico só esperando os lançamentos de Meg Cabot! Ela é a melhor.

    ResponderExcluir
  61. Primeiramente, a autora é a Meg! Que livro dela que é ruim, não? heheheheh...vou comprar com certeza! Parece ser bem interessante!

    ResponderExcluir
  62. Ana Carolina Andrade1 de agosto de 2011 22:38

    Só o trecho e a Resenha dispertaram minha curiosidade... Minha ansiedade e imaginação...
    Preciso ler logo....

    Parabéns...

    ResponderExcluir
  63. Ameiii muiito a capa! Nunca li nada da Meg que se passa no nosso contemporâneo além dos tres primeiros da série do Diário da Princesa, só li os que ela assina por Patricia e achei muiito bons mas fiquei empolgada com sua resenha mesmo achando que vampiros já deram o que era pra dar, hauahauah!

    Beijoos

    ResponderExcluir
  64. Eu acho a capa desse livro linda, eu quero mt ler ele, amei a resenha

    ResponderExcluir
  65. Acho incrível a maneira como a Meg consegue nos envolver nos seus livros vampirescos **

    #doidapraler

    ResponderExcluir
  66. Me apaixonei pela meg cabot em A Mediadora. Foi ali que eu realmente não parei mais de ler e pesquisar sobre seus livros. Gosto principalmente do fato de que suas personagens principais são irremediávelmente confusas e atrapalhadas, mas não são frágeis - pelo menos exteriormente - e são muito determindas e fortes. Tem um gato na história? (rs,rs,...) Não sei por que, mais sempre espero por nos livros dela.

    ResponderExcluir
  67. Achei a sua resenha bastante interessante, embora conheci Meg Cabot por livros que nada envolve o sobrenatural, me parece que ate mesmo ela se rendeu a esta era vampiresca. gostei, o livro parece ser interessante.

    ResponderExcluir
  68. Adorei a resenha.
    fiquei super curiosa em saber que é um livro sobrenatural...e amo este tema.
    Como ainda não li nenhum livro da Meg pretendo começar com este e Liberte meu coração.
    Beijos.


    Books E Desenhos

    ResponderExcluir