='cap-left'/>

Susan Wiggs - Refúgio de Verão

“A paixão era uma emoção curiosa.
Ela gerava a mesma sensação de imponderabilidade
momentânea que uma queda, e a mesma inevitabilidade.
O problema era que, como uma queda, uma paixão não era algo que
pudesse ser detido ou revertido.
E o ato de chegar ao chão sempre envolvia dor.” Página 294.


Refúgio de Verão
Susan Wiggs
George Bellamy está morrendo e os médicos afirmam categoricamente lhe restam poucos momentos de vida; e que nada – além de tratamentos dolorosos tratamentos paliativos - poderia ser feito.

Após esta notícia, ele resolve voltar para o acampamento Kioga, onde passara suas férias na infância e juventude, para retomar o relacionamento com seu irmão Charles, com quem há mais de quatro de década não troca ao menos formais cumprimentos, devido ao disputado amor de ambos por Jane...

Além disso, George resolve aproveitar seus últimos momentos restantes e para isso ele contrata Claire, uma enfermeira capacitada a cuidar de pacientes terminais.

O que você faria ao saber que tem os minutos contatos?

Claire Turner é uma jovem com vida sofrida. No final da adolescência presenciou um crime que mudou o rumo de sua vida, fazendo com que vivesse fugindo com medo de que o assassino a encontrasse. Nunca teve um relacionamento mais profundo, criou raízes. Solitária é a palavra que melhor a caracteriza.

- Certa vez você me perguntou por que eu não me envolvo
com pessoas – disse Claire – É por causa disso.
E você queria saber como eu suportava fazer um trabalho
como esse, cuidando de pessoas fadadas a morrer.
É por que morrer não é a pior coisa possível que
pode acontecer a uma pessoa. Fracassar em viver... Isso é pior”. Página 388.

Logicamente, quando George resolve ir para o acampamento Kioga deixa todos seus familiares aflitos... Afinal, um senhor de idade muito rico que, de um momento para o outro, “foge” com uma mulher totalmente desconhecida com idade para ser sua neta, é uma situação inquietante. Por isso, quando Ross Bellamy retorna da Guerra do Afeganistão, ao invés de receber paz e aconchego de sua família, se vê preocupado com seu avô e decide ir para Kioga, incumbido da missão de salvá-lo.

No entanto, será que ele precisa de salvação? Há salvação?

É difícil para Ross conseguir digerir que seu avô estava morrendo, pois foi a pessoa que sempre esteve ao seu lado, lhe dando forças, durante toda sua vida. Difícil saber que, de um momento para o outro, seria privado da pessoa mais especial de sua vida. E mais: Como aceitar a vontade de seu avô, vê-lo definhar e não interná-lo em um hospital mais próximo?

No entanto, apesar de tudo, Ross resolve aceitar e ajudá-lo, inclusive quando nosso velhinho resolve pular de um avião. Fofo, não é?

No primeiro encontro de Claire e Ross, apesar de grande e recíproca desconfiança no ar, rola uma atração. Por conseguinte, um amor lindo, mas marcado por trágicos fatos...

Claire insiste em resistir. Não poderia se apaixonar. Não deveria.

Mas quem, um dia, já conseguiu controlar o coração?

Há algum tempo li e resenhei no blog os dois primeiros livros dessa série familiar se Susan Wiggs. E havia adorado com paixão, tanto que comprei todos os livros restantes, mas “travei” no terceiro livro. Não sei o porquê, juro. Comigo, volta e meia, acontece de travar em algum livro, mesmo ele sendo excelente... Por exemplo, em minha cabeceira há meses estão Menina de Vinte, Diário de Uma Paixão, Ela foi até o fim e O cais- terceiro livro da série Diários de um Lago.

Contudo, quando li a resenha linda da Natália – Menina da Bahia, decidi correr para ler este livro de minha resenha de hoje. Ainda que seja série sobre uma família, os livros em si são independentes e podem ser compreendidos fora da ordem.

Pois bem, eu AMEI o livro. É um daqueles livros que tem a capacidade de tocar e passar uma mensagem quase que subliminar. A lição de viver o presente, lutar por aquilo que queremos é nítido em Refúgio de Verão, quando há o esboço entre o passado o presente. Sobra a máxima de se Viver hoje para não se arrepender depois.

Refúgio de verão é realmente LINDO, nem tanto pelo romance de Claire e Ross, mas sim pelo conjunto da obra. A autora faz diversos flashbacks com enfoque do passado de Charles, Jane e George, fazendo-me ainda mais cativa por George.

RECOMENDO muito!

Relação da série:
1. Verão no lago
2. Pousada de inverno
3. O Cais
4. Neve no lago
5. Jogo da vida
6. Canção de amor
7. Refúgio de verão
8. Marrying Daisy Bellamy * Ainda não publicado.

Para comprar: AQUI
Site da Série: AQUI
Para ler o primeiro capítulo: AQUI.


Comentários
36 Comentários

36 comentários:

  1. Ei Lari,

    Não sabia que era uma série, gostei muito da história muito linda.

    bjo
    Nanda

    ResponderExcluir
  2. Oi meninas!
    Ainda não li nada da Susan Wiggs, mas quero ler! Pena que é uma série, estou saturada de séries ultimamente :P
    Como assim ficou travada com "Diário de Uma Paixão"?? Pode ir ler já!!! >_< É meu livro preferido do Sparks!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Ahh Lari, ganhei ele no Menina da Bahia, mas pensei que fosse em série e nem tinha despertado tanto a vontade de lê-lo até agora. Vou tratar de passar ele na frente!hehe
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da Susan Wiggs.
    Com tanto "fofo","Lindo" e "amei" na resenha,
    fiquei com vontade de ler a série.
    Como alguém consegue deixar durante meses na cabeceira um livros da Meg Cabot e da SSophie Kinsella ??
    Não consigo fazer isso.Na verdade,leio no mesmo dia rs

    Abs :*

    ResponderExcluir
  5. Hum... Já pensava cogitava mesmo que surgiria uma atração entre Ross e Claire ao ler, na resenha, que ele iria atrás do avô. :)
    Ainda não li nenhum livro de Susan Wiggs, mas essa estória me deixou curiosa e traz uma temática muito interessante, aproveitar o hoje o máximo possível, não importando se se é velho ou não!

    Adorei a resenha!
    Beeijo *;
    @BrinaSophie

    ResponderExcluir
  6. Lari, ainda não conhecia a autora, e nem ouvido falar desses livros. Mas essa história já me encantou só pela resenha. E a emoção que você passa, tenho que dizer, torna a história ainda mais atrativa.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Ah, gostei! Nunca li Wiggs, nem mesmo resenha.

    Espero que seja fácil ($) de conseguir os livros dela. Vou atrás depois!

    =*
    May
    It Cultura

    ResponderExcluir
  8. Nunca tinha visto nenhum dos livros antes mas me apaixonei por essa resenha. Adoro livros com lições e principalmente com frases bonitas hahaha

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li nada de Susan Wiggs, e pior é que eu não sabia que este livro fazia parte de uma séria. Adorei sua resenha, sentiu carinho e emoção em suas palavras. Ficou linda!
    bju

    ResponderExcluir
  10. Olá!

    Eu sabia que era uma série, mas a lista é grande!!!

    Então tenho que correr o quanto antes para ler esses livros.

    Parabéns pela resenha.

    Beijos
    Lulu do Blog apaixonada por romances

    ResponderExcluir
  11. Gosto das capas da dos livros da série. Ainda não li nenhuma resenha sobre os outros livros, mas, pelo menos esse me pareceu interessante.

    ResponderExcluir
  12. Sou muito leiga quando o assunto é Susan Wiggs.
    Nunca li um único livro dela.


    Quando eu travo com um livro eu demoro milenios para acabar. Odeio quando acontece isso. :/
    Mas as vezes nem é problema da trama mesmo, é com a gente.

    Gostei da história.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  13. Oi, Lari.

    Nunca li nada dessa autora, mas desde a primeira vez que vi a capa e a sinopse me entusiasmei, mas não sabia que era uma série de livros. Humpf!

    Quando fui comprar, quase caí de costas... Então, por enquanto não dá mesmo! O preço devia ser mais acessível.

    Mas, com certeza, está na minha lista de desejos, porque adoro histórias que vem para tocar-nos de alguma forma que acaba tornando-se marcante!

    Beijos.

    ResponderExcluir
  14. Com certeza um livro que ainda vou ter ma minha estante Lari!
    A Susan tem muitos livros ótimos, não sabia que mesmo sendo uma série os livros eram independentes, legal gosto assim, diminui a minha ansiedade em ler os outros!
    Me encantei com a resenha e ver que além do romance entre eles tem uma mensagem ainda mais forte é sempre bom e nos faz refletir.

    ResponderExcluir
  15. Eu não sabia que era uma série.

    A história parece ser linda!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Nossa Refúgio de Verão, deve ser lindo e com muita emoção o que deu pra perceber que perder uma pessoa não é nada fácil e uma grande lição de vida... espero ler bjs

    rafa
    LEITURAS VIVAS

    ResponderExcluir
  17. Oi!

    Meninas, faz tempo q eu assinei o feed de vcs, mas tem dias q não aparece atualização de vcs no meu e-mail. Ou seja, meu e-mail tá me traindo, pq tem tantos posts novos aqui. Aff! Vou assinar novamente e cruzar os dedinhos!

    Ah, eu não conheço a autora, mas deu vontade de conferir! Pelo q eu li na resenha, vou gostar da história!


    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  18. Oie, tudo bem?
    Não conhecia essa série e nem a autora!
    mas gostei da tua resenha, e a personagem se chamar Claire já me cativou *.*

    George me lembrou Grey's Anatomy haha
    espero ler algum dia.

    Estou seguindo
    bjs e boa quinta!
    Nana - Obsession Valley

    ResponderExcluir
  19. Essa série parece ser super legal \o/ Queria já há um tempo >.<
    Mas... é tão cara, né?! >.<

    ResponderExcluir
  20. Eu quero muito ler esses livros, se não me engano tenho os tres primeiros em Ebook,quando terminar de ler os outros trocentos livros que estou lendo devo começar essa serie!

    ResponderExcluir
  21. Adorei a resenha!!! A história deve ser muito linda :) Eu estava com medo de ter que ler todos os livros da série mais ainda bem que as histórias são independentes.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  22. Já vi esse livro em algum lugar só não me lembro onde e nem sabia que fazia parte de uma serie.

    Apesar de parecer ser um bom livro e de dar para ler sem ter lido os anteriores não me interessei muito pois gosto de ler todos os livros e tenho muita preguiça de começar uma série que já tem vários livros lançados.

    ResponderExcluir
  23. eu vi esse livro hoje na livraria, lembrei da resenha e quase comprei, mas falto o tal do dinheiro ... mas vo compra sim.

    ResponderExcluir
  24. Nunca li nada de Susan Wiggs, mas parece ser legal, nem imaginava que era uma série.
    Mas parece ótimo mesmo!

    ResponderExcluir
  25. POxa nem imaginava q era uma serie...goste muiito da resenha, parece um livro tocante.
    Mas tenho que enocntrar os antecessores para poder chegar nele ...kkk vai levar um tempinho né

    ResponderExcluir
  26. Ainda não conhecia a serie, achava que era um livro apenas, porque ainda não ouvi falar dos outros. Bom que seja independente, assim dá para ler fora de ordem. Achei a história muito interessante...gosto muito desse enredo cheio de altos e baixos da vida. Amei!!!. Bjkss ♥♥♥

    ResponderExcluir
  27. Ganhei os três primeiros livros desta coleção, mas ainda não chegou. Estou anciosa para ler... Vou já participar da promo daqui do Blog, vai que ganho?^^
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  28. Nossa adoro séries! E a história é bem instigante! Adorei!

    ResponderExcluir
  29. Nossa, a história parece ser bem interessante!!!!
    Lerei!!!!!
    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  30. Eu amei a resenha, maravilhosa! Quero muito ler esse livro que parece cheio de emoção! Bjo!

    ResponderExcluir
  31. Parece ser um bom livro! Gosto de livros que passam alguma mensagem. Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  32. Que máximo! Gostei muito!
    O legal também é cada livro de uma cor diferente. :) Bonitinho!
    Gostei da resenha!

    ResponderExcluir
  33. Gostei e quero ler toda a série.
    Muito bom!!!!

    ResponderExcluir
  34. Adorei a resenha. fiquei curiosa quanto aos outros livros da série. Quero ler tb...

    ResponderExcluir
  35. Ah, gostei!
    Há tempos que não leio algo que esteja mais no nosso cotidiano. Está aí, uma boa pedida!
    Resenha muito boa!

    ResponderExcluir
  36. Perfeito!

    "Morrer não é a pior coisa possível que pode acontecer a uma pessoa. Fracassar em viver... Isso é pior”

    Impecável essa história!

    Se eu tivesse meus dias contados iria aproveitar ao máximo, porque da vida humana terrestre a única coisa que a gente leva é o que foi adquirido em conhecimento e sentimento. O resto, mesmo sendo bom e prazeroso, nem na memória ficam... São apagados "para sempre"!

    ResponderExcluir