='cap-left'/>

Brandon Sanderson - Alcatraz contra os ossos do escrivão



E se tudo o que você soubesse fosse mentira? E se tudo à sua volta fosse manipulado por pessoas que aparentemente são profissionais normais? Em “ALCATRAZ Contra os Bibliotecários do Mal” vocês descobriram a verdade sobre os Bibliotecários e os que eles tanto quiseram esconder. Se você ainda não descobriu o qual mal os Bibliotecários são é só conferir a resenha do primeiro livro da Série Alcatraz AQUI e ficar por dentro da verdade sobre a humanidade.

A resenha de hoje é do segundo livro da série o Alcatraz contra os ossos do escrivão do autor Brandon Sanderson (que na verdade é o próprio Alcatraz), publicado no Brasil pela Editora Benvirá.

Alcatraz Smendry teve sua vida virada do avesso quando descobriu sua verdadeira identidade, ele descobriu no livro anterior que é um oculátor e faz parte de uma das famílias mais importantes de Nalhalla, um dos Reinos livres. Alcatraz demora um pouquinho a se acostumar com seu novo universo, mas depois de enfrentar inimigos poderosos ele está bem mais a vontade com seus poderes e sua família. Alcatraz está prestes a conhecer sua terra Natal, onde vive seus parentes, no entanto, parece que essa visita vai demorar um pouquinho mais para acontecer porque mais uma vez vovô Smendry se mete em uma confusão e das mais perigosas, agora cabe a Alcatraz e seus amigos salva-los.

Tudo começou após Alcatraz ficar horas esperando vovô Smendry (que como sempre está atrasado por causa do talento) no aeroporto correndo o risco de ser descoberto pelos bibliotecários do mal, o que não demorou muito a acontecer... ele é encontrado e atacado por eles e também por um ser muito mais perigoso e cruel que pertence a Os Ossos do Escrivão, uma seita que é mais uma dos vários inimigos da família Smendry. Graças à ajuda de Bastilha, Draulin, Kaz e Austrália Smendry (mãe de Bastilha, tio e prima de Alcatraz que ele não conhecia) Alcatraz consegue fugir dos inimigos.

Vocês devem está pensando que Alcatraz já sofreu bastantes riscos por um dia, não? Saibam que o pior ainda está por vim, pois vovô Smendry foi parar na Antiga Biblioteca de Alexandria (você realmente achava que ela não existia? Saiba que os bibliotecários mentiram sobre sua existência), um lugar incrível onde se encontram os livros que contém os maiores segredos da humanidade. Claro que por ser um lugar importante é também um lugar perigoso, lá vivem os Curadores do Mal que sugam a alma de qualquer um que ouse encostar nos livros da biblioteca.

E afinal, o que vovô Smendry foi fazer nesse lugar perigoso? Ele foi tentar impedir o pai de Alcatraz de fazer alguma besteira que coloque em risco sua alma. A família Smendry e companhia embarcam numa grande aventura com direito a inimigos cruéis, descobertas importantes e muita confusão.
Será vovô Smendry capaz de salvar seu filho de cometer uma loucura? Será Alcatraz capaz de salvar vovô Smendry e seu próprio pai do perigo? Será Bastilha capaz de salvar essa família maluca da confusão? Só lendo para saber e garanto que você não vai se arrepender.


Imagina um livro cheio de aventura e diversão? Este livro se chama Alcatraz contra os ossos do escrivão.
Brandon Sanderson nos presenteia mais uma vez com uma história hilária onde os vilões são os bibliotecários, aquelas pessoas que sempre me aparentaram ser simpáticos e dispostos a ajudar na biblioteca, (risos). Eu já tive muito contato com profissionais da área, aliás, a Nanda (Viagem Literária) uma das minhas melhores amigas é bibliotecária e quando li o primeiro livro da série ri demais chamando-a de bibliotecária do mal.

Se achei ALCATRAZ Contra os Bibliotecários do Mal bom, o segundo está ainda melhor, possui mais aventuras e personagens hilários como Kaz e Draulin. Kaz é o tio de Alcatraz (filho de vovô Smendry), ele é um anão e sempre fala para as pessoas o quanto é melhor ser baixo, as vantagens de ser baixo, etc; seu talento é o de se perder e ele faz isso muito bem. Draulin é filha de Kaz e seu talento é o de sempre acordar feia (kkkkk) o que garante boas risadas durante a história.

Os vilões do segundo livro estão bem mais cruéis e perigosos, o que garante lutas imperdíveis entre os mocinhos e vilões. Achei Alcatraz bem mais maduro nesse livro apesar de ser ainda uma criança. Seu entrosamento com Bastilha foi uma maravilha e realmente torço pela amizade dos dois, rsrs.

Estou super ansiosa pelo terceiro livro, pois o final de Alcatraz contra os ossos do escrivão me deixou com uma pulga atrás da orelha e eu necessito urgentemente o que vai acontecer.

Super Recomendo!



Série Alcatraz:

1: Alcatraz Contra os Bibliotecários do Mal (Versus the Evil Librarians)
2: Alcatraz Contra os Ossos do Escrivão (Alcatraz Versus the Scrivener's Bones)
3: Alcatraz Versus the Knights of Crystallia*
4: Alcatraz Versus the Shattered Lens*

* não foram lançados no Brasil


Site oficial do Brandon Sanderson
Site da Benvirá


Comentários
20 Comentários

20 comentários:

  1. Oi Lu, que livro legal, é super legal ler livros assim, com tanta aventura. Um bom livro para fazer esta garotada de férias ler. Adorei a dica, adoro livro infanto juvenil. Beijos

    ResponderExcluir
  2. Ei Lu !!!

    Sou doida pra ler esses livros ... tb sou bibliotecária, deve ser engraçado a gente sendo do mal. kkk Estou aguardando uma boa promo, pq eles não são baratos !

    Bjo no coração !

    ResponderExcluir
  3. Eu quero muito ler o primeiro livro dessa série, adoro esse tipo de livro, com aventuras!!
    Espero comprar em breve!

    Bjus
    Gisele

    ResponderExcluir
  4. Ei Lu,

    Adorei a resenha e adorei o comentário sobre sua amiga bibliotecária do BEM rsrs.

    Esta série é muito fofa, adoro as piadas sobre bibliotecários, adoro os talentos malucos do Smedry que é de certa forma uma zoação com os livros de super heróis e fantasia reparou? rs. Estou curiosa para ler o próximo livro da série. =]

    bjo
    Nanda

    ResponderExcluir
  5. Eu não conhecia essa série, mas só de ler a sua resenha já fiquei com vontade!

    Já fui voluntária em um biblioteca e as piadas sobre bibliotecarios sempre são engraçadas rs...

    Espero voltar a trabalhar em uma biblioteca um dia. Foi a época mais feliz da minha vida (por que será né).

    Ótima resenha Lu!!

    beijinhos

    anereis

    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  6. Bom, não dá para negar que a história é totalmente original! E como também adoro uma boa aventura, vou anotar na minha gigante lista de desejados!
    Adorei a resenha, e também lembrei da Nanda quando li sobre os bibliotecários do mal! uHAiua

    Beijinhos
    Conjunto da Obra

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha, muito boa (: Mas não me convenceu esse livro UAHSUAHSU Eu to muito chata pra livros novos ultimamente, deve ser por isso que não comprei nada nas últimas semanas - por enquanto UAHSAUHSU

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing

    ResponderExcluir
  8. SÓ LEIO resenha assim como a sua, falando ótimas coisas sobre o livro, mas vamos combinar que essas capas não ajudam! =x

    haha
    fora isso, leio sim! adoro um bom livro infanto! o/

    bjocas!

    ResponderExcluir
  9. Oi Lu!

    Eu não li essa série, mas morro de vontade. Deve ser hilário ler sobre bibliotecários, uma figura que é tão presente no nossa vida (já que somos leitoras assíduas) mas que é um mistério absoluto para a maioria dos brasileiros.
    Quero muito ler!

    B-jussss! ♥

    ResponderExcluir
  10. A premissa do livro parece ser interessante, mas não é o livro que se encaixa na minha saturada lista de leituras.

    http://sempre-lendo.blogspot.com/

    Abraços
    Juan

    ResponderExcluir
  11. Achei interessante o primeiro e estou afim de ler mas nem sabia que tinha continuação.

    Bjs

    ResponderExcluir
  12. Achei a história meio sem noção hahaha enfim, a resenha está ótima.

    So Just Smile

    ResponderExcluir
  13. Oi Lu,
    Morro de vontade de ler essa série, parece tão divertida, mas ainda não consegui... quem sabe antes de lançarem todos eu consigo acompanhar, ;D

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Esse livro me lembra MUITO um conto do livro O estranho mundo de Zofia.

    beijos!

    ResponderExcluir
  15. É, não dá para imaginar um bibliotecário do mal, mais apesar que a maioria que eu conheço sempre são fechados demais e tem cara de bravos, rs.
    Eu quero ler essa série cheia de aventuras.
    Acho que a Nanda deve ser a única simpática dessa área, rs
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  16. Oii Lu!
    Não sei... não me atraiu. Mas, adorei a sua resenha! Super empolgada!
    Bjss!

    ResponderExcluir
  17. Nunca me atraiu, mas tua resenha tá ótima!

    Também tô ansioso por FOME, me disseram que não é tão bom quando GONE, é só para "encher linguiça", mas continuo ansioso, siuahusia.. e nao gostei mt da capa tb.

    ResponderExcluir
  18. Engraçado! Esse é um daqueles livros que eu não daria nada, mas só de ler as resenhas fico alvoroçada para poder ler... Parece ser muito bom! AAAAh! Isso me mata! E o q me mata mais ainda é que é serie...
    Ainda preciso ler o prmeiro, mas já está na lista!
    Adorei a resenha!

    bjuss

    ResponderExcluir
  19. Ei Lu!
    Bibliotecária do mal? Tadinha da Nanda...
    A série parece ser msm legal, mas acho que vou esperar sair tudo. Odeio ficar esperando a publicação.
    Bjins sumida!

    ResponderExcluir
  20. Eu tenho o primeiro livro aqui, mas ainda não omecei a ler, ele esta la no finalzinho da fila rs, não sei mas não é um titulo que chama muito minha atenção, eu comprei so por causa do meu filho, que adora :D.
    beijos.

    ResponderExcluir