='cap-left'/>

James Patterson - O Diário de Suzana para Nicolas

“Querida Katie, Nada do que eu dissesse ou fizesse poderia chegar perto de expressar o que estou sentindo. Foi tudo culpa minha, assumo toda a responsabilidade. Sinto muito pelo que permiti que acontecesse entre nós. Você é perfeita, maravilhosa, linda. Não foi você. Fui eu. Talvez este diário explique as coisas melhor do que eu jamais conseguiria. Se puder, leia-o. É sobre minha mulher, meu filho e eu. Preciso avisá-la, porém, de que algumas partes provavelmente serão difíceis de suportar. Nunca planejei me apaixonar por você, mas me apaixonei. Matt
Katie virou a página.” Página 15




Katie Wilkinson é uma jovem mulher com o coração partido. Como editora de livros, conheceu e namorou o sensível poeta Matt Harisson por 11 ótimos meses. Quando Katie está certa de que o ama e é correspondida, quando planeja um futuro ao lado de Matt e acredita que possuíam um amor invencível, Matt termina o relacionamento sem maiores explicações. Desolada, tudo o que Kate quer é saber o motivo, pois não entende o que possa ter acontecido. Sempre sentiu que Matt não esteve completamente ao seu lado, nunca se abriu abertamente e ela não imaginava quais pudessem ser seus segredos. Então Katie recebe um pacote de Matt, dentro do qual há um diário, “O diário de Suzana para Nicolas”.
Katie começa a ler o diário de Suzana, e logo o leitor sente essa ligação que sempre acontece com o personagem, quando a narração é em primeira pessoa... a voz de Suzana descrevendo sua vida para o filho Nicolas é muito agradável e cativante.

Querido Nicky,
Espero que você consiga tudo o que quiser quando crescer, as acima de tudo, amor. Quando o amor é verdadeiro, quando é certo, pode nos dar todo o tipo de alegria que não se consegue de nenhuma outra forma. Eu me apaixonei. Estou apaixonada. Então posso falar por experiência própria. Também tive longos períodos sem amor na minha vida e a diferença é indescritível.
Nós é muito melhor do que eu.
Por favor, não dê atenção a qualquer pessoa que lhe diga o contrário. E nunca deixe de acreditar no amor, Nicky. Tudo, menos isso!
Olho para suas mãozinhas e os seus pezinhos. Conto os seus dedinhos sem parar, mexendo-os gentilmente, como se fossem contas de um abado. Beijo a sua barriguinha até você dar risada. Você é tão inocente. Continue assim quando o amor chegar.” Página 85

Suzana era uma médica com uma rotina de trabalho atribulada. Tão atribulada, que acaba enfartando aos 35 anos numa praça pública, e por pouco não morre. Após mais de 2 meses de recuperação e o término de um relacionamento de 4 anos, resolve reavaliar sua vida e decide procurar a tranqüilidade da ilha de Martha’s Vineyard, onde costumava passar os verões na infância e adolescência. A mudança de ares fez bem, e também a atraiu para perto de Matt.
Quando Nicolas está com duas semanas de vida Suzana começa o diário, descrevo lindamente como foi sua vida, e como conheceu o papai. Como eles se apaixonaram e resolveram se casar, como a gravidez foi uma surpresa e um susto, e como foi a luta para conseguir que o pequeno Nicolas nascesse, pois a mamãe tinha o coração mais bondoso e generoso do mundo, mas também o mais fraco.

Nicolas,
Você estava crescendo centro de mim.
O que posso dizer, Nicky... a felicidade inundou nossos corações e todos os cômodos de nosso chalé na praia. Ela veio como uma maré alta numa noite de lua cheia.” Página 115

Cada página do diário de Suzana é uma facada a mais no coração de Katie, e no do leitor. Suzana é uma personagem realmente cativante, e sua força torna a trama muito mais bela. Nicolas é um bebê lindo e esperto, é o que sentimos quando cada gracinha, cada sorriso, cada descoberta é narrada pela mãe apaixonada.
Mas, e agora, o que Katie poderia fazer? Então Matt fingia tempo todo e estava sendo infiel a uma família tão especial? Ou não, já que jurara não estar mais casado com Suzana? Onde estaria Suzana? Porque Matt nunca falou sobre ela e o filho? Porque nunca convidou Katie para ir até Martha’s Vineyard?
As respostas para estas perguntas só aparecem nas últimas 20 páginas.


Recebi o livro O diário de Suzana para Nicolas (Editora Arqueiro/2011 – 223 páginas) na tarde de ontem. Chegou na embalagem discreta editora, com um singelo kit: o livro com um laço de cetim, um boton e uma caixa de lenços personalizada. Já li alguns romances policiais do autor James Patterson, gosto de sua forma limpa de escrever e este estilo se manteve em “O Diário de Suzana para Nicolas”, com capítulos curtos e diretos. Por isso, devo confessar, acreditei que jamais me emocionaria com um livro de drama escrito por ele, e achei muita pretensão o kit acompanhar a caixa de lenços. Porque estou dizendo isso? Bem, não sei se com você, leitor, é assim, mas não consigo ler nada sem fazer conjecturas, então já imaginava como seria o fim, e estava crente de conseguir segurar as pontas.

E o autor consegue nos enganar direitinho...
Na página 199 há o desfecho que muitos leitores imaginam.
Na página 203 há o desfecho inimaginável.
Foi quando testei aerodinâmica do livro. Muito boa, por sinal.
Voou da minha mão e permaneceu no chão por longos minutos, enquanto eu extravasava minha emoção e fazia muito bom uso dos benditos lenços. Depois voltei a ler o livro, afinal, “ajoelhou tem que rezar”, certo?

Eu odeio James Patterson. Sério. Odeio, odeio.
Ele tinha que ser tão metido? Tão mesquinho? Não poderia ser previsível como qualquer outro autor, tinha que fazer o leitor sofrer tanto, tanto?
Ok, talvez não odeie James Patterson tanto assim... Guardei livro "O Diário de Suzana para Nicolas" na prateleira mais alta da minha estante, bem distante mãozinhas ávidas do meu hiperativo filhinho de 3 anos e junto aos meus livros preferidos. Nunca me peçam, porque não darei, nem emprestarei. Muito provavelmente demorará até que eu crie coragem para lê-lo novamente, mas lições de amor sempre são necessárias em algum momento de nossas vidas...

Apenas a título de curiosidade, “Suzanne's Diary for Nicholas” foi adaptado como especial para a TV pela rede CBS, como podem conferir AQUI. Há também vídeos no youtube, mas não recomendo que vejam, podem conter spoiler.

Mais informações:
Editora Arqueiro
Hot site de James Patterson no Brasil
Site oficial do autor

Finalizo esta resenha com mais um quote:

“Boas lembranças são como talismãs, Nicky. Cada uma delas é especial. Você as coleciona, uma a uma, até que um dia olha para trás e descobre que elas formam um longo cordão colorido.” Página 85

Comentários
25 Comentários

25 comentários:

  1. Então é um drama?! De chorar!!
    Esse livro ta na minha lista de desejados desde que eu só tinha visto a capa na vitrine de uma livraria. Me encantei pela capa, não vou mentir.
    Mas vindo de James Patterson, eu tinha certeza que pelo menos seria bom, agora eu vou comprar o mais rápido possível. Me deu siricutico nesse momento!!!

    Ta linda a resenha!!

    bjkasss

    ResponderExcluir
  2. Uau... um drama?? eu não esperava isso... ah, eu preciso comprar...
    O que me deixa sempre com o coração apertado quando leio esse autor é que ele não tem dó de matar seus personagens, então já começo a ler pensando que não devo me apegar tanto...
    Mas agora eu quero esse livro...
    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
  3. Ual! É a primeira resenha que leio desse livro que é a mais sincera possível! Rs.
    Bem, faz tempo que não consigo chorar, então..
    Alguém se habilita a dar um livro dele para mim??? Preciso derramar algumas lágrimas, rs.
    Eu gosto quando o autor é capaz de nos emocionar tanto, seja nos levando pelo ódio ou pelo amor.
    Amei sua resenha, e gostei do livro e do autor!
    Ansiosa para ler o livro!
    Beijos e obrigada por me apresentar a sua forma de encarar o livro!

    Até mais,
    Débora.
    enfimdeasasabertas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Ei Sabrina!
    Acho que vou precisar deste lencinho aí tb!
    Já add o livro no skoob.
    Eu quero!!!
    Bjins

    ResponderExcluir
  5. Ah sei que vou amar quando ler!! Os dramas são meus preferidos! Já pedi a editora, estou esperando muito do livro, acho que ele não vai me decepcionar!!

    ResponderExcluir
  6. Wow! Sério q é tão emocinante assim? Não tava botando mta fé, confesso... Agora fiquei super curiosa! Querooo ler!
    =0)

    Bjo.
    www.livrosfilmesemusicas.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oi Sabrina!

    Infarto aos 35 anos? Nossa! Bota vida atribulada nisso!
    Nem me fala nesse livro... Tenho o visto pela blogosfera e ando cada vez mais doida por ele!
    Ontem até enviei um e-mail para a Arqueiro perguntando se eles querem me fazer uma doação... hehe
    A sua resenha me deixou loucaaa para lê-lo!
    Li dois livros do autor e imaginei que não iria ler mais nenhum, pois não gostei muito. Mas, este, está me deixando doida! Eu precisooo!

    Beijoo, bom fim de semana! \o/

    ResponderExcluir
  8. Que resenha maravilhosa, amei e fiquei morrendo de vontade de ler.
    Eu já choro fácil imagina com um livro desses então? Precisaria de umas 2 caixas de lencinhos...rsrs

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  9. Oi flor!

    Eu também recebi o livro essa semana e o li em poucas horas!
    Como você disse, cada página é uma facada em nosso coração. Fique espantada com a intensidade da história, a maneira de como ela mexeu tão profundamente comigo!
    Não consegui parar de ler e fui completamente tragada pra dentro do livro.
    Acho que só dá pra entender isso quem ler!
    Compreendi completamente tudo que você disse porque eu também senti. A única diferença é que eu não sabia o que esperar, porque nunca tinha lido nada do autor!

    Flor, muitíssimo obrigada pelo seu comentário no blog viu? Fiquei feliz com o elogio ^^

    Beijão!

    ResponderExcluir
  10. Oi :0
    Linda resenha *-*
    Diferentemente dos outros livros de James P. esse parece ser muiito apaixonante, quero muito ler ele!

    beijos :*
    Natalia.
    http://musicaselivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. OMG! Eu não estava querendo ler esse livro. Mas agora lendo sua resenha fiquei curiosa.
    Acho que vou querer ler, vou ver com a editora... rs

    Beijos, Book and Cupcake

    ResponderExcluir
  12. Oh, aiaiai!
    Eu estou louca por esse livro, mas não tinha ideia de que é um drama...
    Bem, vou ler, pode não ser agora, mas vou tentar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Ah meu Deus. Pq li essa resenha? Pq? rs
    Estava tranquila aqui, pq apesar de já ter vontade de ler o livro, AINDA não tinha lido nenhuma resenha sobre ele...

    O que é isso? Preciso dele já! rs
    Resenha perfeita!

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  14. oi sabrina, acho que vou gostar muito de ler essse livro, pois sou uma chorona de primeirA hihihihi
    tem alguma semelhança com os livros de nicolas Sparks? lendo sua Resenha, me pareceu ser um daqueLes enredo que ele adora, e pelo q percebi é um dama bem forte.
    Ri alto aqui quando você falou da aerodinamica dO livro. não foi uma nem duas vezes que eu tive impetos de também jogr um livro longe, rs
    MUITO BOA SUA RESENHA, OBRIGADA POR PARTILHAR SEUS (RES)SENTIMENTOS PELA LEITURA, e não TÃO SOMENTE O ENREDO E UMA OPINIÃO FRIA COMO TENHO VISTO POR AÍ..
    Conheci o blog recentemente e a cada visita que faço por aqui fico mais e mais encantada.
    Agraços, malice

    ResponderExcluir
  15. Pelo título, eu imaginei que fosse um drama. Mas não consigo imaginar um desfecho mais diferente do que já está na minha cabeça. Provavelmente o que eu imagino é o que todo mundo imagina, e aí, quando eu ler, vou ficar chorando e falando "mas eu nunca teria pensado nisso!!!!!!". Eu gosto de livros que trazem acontecimentos que não esperávamos. São eles que ficam na memória por muito tempo!
    Vou querer ler!
    Amei a resenha, de verdade!

    Beeijo!

    ResponderExcluir
  16. Oi é a primeira vez que escrevo, mas acompanho todos dias as novidades no blog, recebi o encarte desse livro quando comprei o livro "A Promessa" do autor Richard Paul Evans(muito bom tb, vale a pena conferir)li o primeiro capítulo e fiquei com vontade de ler mais, ai vi aqui a resenha e no mesmo dia fui comprar. Li o livro em algumas horas, não conseguia desgrudar, e chorei litros... Excelente leitura, bjs

    ResponderExcluir
  17. Oi Sabrina!

    Saudades de vc amiga!

    Eu me emocionei com esse trechinho que vc selecionou!
    Lindo!!!!!!!!

    Eu já tenho uns 3 livros de James Patterson que quero ler, mas ainda não sairam da estante, já vou adicionar mais este é claro.
    Gosto demais de estórias que emocionam.

    PS: Eu tbm concordo que:
    Nós é muito melhor do que eu.

    Faby - Adoro Romances de Aracaju.

    ResponderExcluir
  18. Linda a sua resenha!!! O livro é lindo mesmo =D E você marcou perfeitamente as páginas do livro... senti a mesma coisa que você, embora não tenha tido coragem de "testar a aerodinâmica do livro" >< hehehehe

    ResponderExcluir
  19. Não estou na vibe de romance, Sabrina...
    Mas achei a resenha bem delicadinha!

    ps: toda vez que leio o título, associo com Nicholas Sparks! O.O Sou doida...

    Beijos
    Lygia
    Brincando com Livros

    ResponderExcluir
  20. Nossa que legal! O livro te emocionou tanto até chegar a mandar ele pra longe? kkkk James Patterson escreve bem mesmo,e quando vi o título e a sinopse fiquei meio assim pq achava que ele só escrevia suspenses policiais. Aii mas tenho medo desses livros que fazem a gente chorar T.T

    a resenha ficou ótima.
    bjs,
    Carol - Open Page

    ResponderExcluir
  21. Jurava que esse livro falava de outra cosa mas agora li a resenha e to morrendo de vontade de ler

    ResponderExcluir
  22. Louco pra ler, adoro os livros do James Patterson.
    Ja ta na lista dos "vou ler", rs.

    ResponderExcluir
  23. Pensei que essa historia seria um romance, mas fiquei feliz em saber que é um drama de se fazer chorar. Realmente uma historia que me despertou curiosidade, acho que incluirei na minha lista. Otima resenha, espero não precisar dos lencinhos.

    ResponderExcluir
  24. Oh, Meus Deus! Já avisei para minha mãe que temos que ler esse livro. Rsrs. Depois de uma resenha como essa não tem como não querer ler esse livro.
    Agora fiquei hiper ultra mega curiosa para lê-lo. Sério! Super Parabéns pela resenha. Me encantou. Fiquei apaixonada pelo livro. Os trechos são perfeitos. As suas palavras. Até os lencinhos. Rsrsrs. Amei! Vou dormir pensando no livro agora. kkk.

    Bjoos

    ResponderExcluir
  25. Eu peguei a amostra grátis desse livro e li o primeiro capítulo. Nem preciso dizer que amei. Quero muito leer *-*

    ResponderExcluir