='cap-left'/>

P.C. Cast - A Busca de Brighid


Leitores... Bem vindos a Partholon!
Uma terra distante onde mitos e lendas são reais, onde avistar um centauro não causa qualquer espanto e onde tudo pode acontecer...

Partholon é onde reina a magia e os desígnios da deusa bem amada Epona, e foi por graça de Epona que, no primeiro exemplar da série, cumpriu-se a profecia na qual “através do sangue de uma deusa agonizante, o povo seria salvo”. Esta deusa agonizante é Elphame, e o povo a ser salvo são neofomorianos, mestiços demônios alados como Lochlan, o consorte de Elphame.

Desde que, tragicamente, Cuchulainn perdeu sua amada Brenna pelas mãos de uma fomoriana tomada pela loucura, o guerreiro – irmão de Elphame, e filho de deusa encarnada Etain com o sumo xamã centauro Midir – está nos Ermos, escoltando o povo neofomoriano liberto, composto em sua maioria por crianças, para seu novo lar. Cuchulainn está desesperado e despedaçado por sua perda quando Brighid Dhianna, a caçadora centaura amiga de Elphame e Brenna, recebe a missão de ir ao seu encontro para ajudá-lo na passagem.

Pare de pensar, criança, e sinta. Encontrará a resposta certa.
— Você vai amar novamente. É por ir sso que deve retornar. Acho que talvez já esteja um pouco apaixonado. — Os olhos de Brighid se encheram de lágrimas conforme as emoções a sobrepujavam. — Não será fácil, e vem de um lugar inesperado... — ela pensou na bela Ciara e percebeu que “inesperado” era definitivamente uma amenidade, mas respirou fundo e continuou falando ao guerreiro chocado: — Não alego saber muito sobre o amor, mas sei que pode fazer a vida valer à pena. Confie em mim, Cuchulainn. Sua vida logo estará repleta de amor e valerá a pena viver novamente.
Conforme falava, uma mudança aconteceu no guerreiro. A tristeza nos olhos turquesa permanecia, mas o desespero sumiu, e quando Cuchulainn sorriu, o rosto inteiro se aqueceu.
Pela Deusa, ele era lindo!
(...) — Eu diria que um humano amar uma centaura que não consegue se transformar talvez seja mais do que inesperado, mas confio em você, minha bela caçadora. E agora estou pronto para voltar para casa.
Cuchulainn acreditava que ela era a mulher por quem estava se apaixonando! Brighid abriu a boca para negar — para explicar —, para corrigir o engano e...
Apenas traga-o para casa, criança.
A voz de Etain em sua mente fez sua boca se fechar e as faces esquentarem. A sacerdotisa estava certa, claro.
(Página 298/299)

Brighid deixou a planície dos centauros e sua família há muito tempo, pois não concordava com as ideias de segregação e ódio aos humanos que sua mãe, sumo xamã e líder, tinha sobre os centauros. Agora sua mãe está morta, e sua herança a chama.
Nossa caçadora assumiria sua posição como líder dos centauros mesmo se isso fosse contra tudo o que ela sempre desejou para si? Ou escolheria esta opção sem pensar, uma vez que assumir seus poderes de sumo-xamã significava a habilidade de se metamorfosear para poder viver plenamente o amor físico com um humano???


A Busca de Brighid (Editora Harlequin/ 2011 – 527 páginas) é o segundo exemplar e continuação imediata da série Partholon, iniciada em A escolha de Elphame, resenha AQUI. Como nunca havia lido nada da autora, e apesar dos avisos sobre a decepção dos leitores com sua série House of Night, eu li A Escolha de Elphame sem nada para comparar, e não me arrependi nem um pouco... Depois disso, amar o livro A Busca de Brighid foi só conseqüência =D.

P.C. Cast conseguiu criar uma ambiente fantasia extremamente agradável, com personagens ótimos. Brighid é uma centaura, e passa uma imagem forte desde o primeiro livro, foi ótimo ver como seu amor por Cuchulainn nasce do companheirismo e amizade, e sofrimento mutuo pela perda de Brenna, grande amiga de Brighid e terno amor de Cuchulainn. Geralmente não sou fã de livros em que mocinhos ficam sofrendo e se remoendo por um amor perdido, mas em A busca de Brighid o processo de ‘recomeço’ foi gradual, sem ser cansativo.

Nem preciso falar que, à princípio, causa certa estranheza o fato de ser um romance entre espécies diferentes – um humano e uma centaura – mas há atração e as descrições dos contatos físicos deixam pouco para a imaginação, rs. Logo, a torcida pelos dois é grande! Por outro lado, o romance em si não é o tema principal, mas sim um complemento para a já ótima trama. Amizade, a coragem de voltar às raízes e recomeçar, libertar-se de preconceitos, superar a dor e buscar a redenção. Uma ótima narração, recheada de mitologia e seres fascinantes... Recomendo!

De acordo com o site da autora, a série Partholon é relacionada a uma série "não YA" denominada "Divine". Com a curiosidade a mil, deixo vocês com os títulos e capas das séries Partholon e Divine:


Partholon Books Series:
Elphame's Choice, 2004 - A Escolha de Elphame (2011)
Brighid's Quest, 2005 - A Busca de Brighid (2011)



Divine Series
Divine by Mistake, 2006
Divine by Choice, 2006
Divine by Blood, 2007
Divine Beginnings, 2009


Site da Harlequin
Hotsite da Série Partholon
Site da autora P.C. Cast
http://1.bp.blogspot.com/_6Sua73Nf8Cw/TGqKiU9LEpI/AAAAAAAAAJ4/JuYUjdazC1s/s1600/assinatura1.png


Comentários
12 Comentários

12 comentários:

  1. Eu gosto dessa série.

    Gostei dos dois livros. Ao contrário de você, devo confessar que curti o romance e o achei importante. rsrsrsr

    Acho que há uma mesla equilibrada entre o desenvolvimento afetivo de um relacionamento diferente e a fantasia. Algo inusitado que eu estava precisando na época da leitura.

    Adorei sua resenha. Também estou super curiosa sobre a série adulta Divine. =)

    bjokas

    ResponderExcluir
  2. Nossa, as capas em inglês são mais bonitas que essas que foram usadas nos nacionais.
    Ainda não li essa série, mas tenho o primeiro, que será lido mt em breve!

    Bjs
    Bia
    www.amormisterioesangue.com

    ResponderExcluir
  3. rsrs, eu sou uma das desanimadas de HON, mas ainda tenho esperança de um finzinho melhor.
    É engraçado como a autora gosta de deusas e sacerdotizas, também tem isso em HON.

    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Há um tempo atrás, li a sinopse deste livro e não me interessou nenhum um pouco, depois vi que a autora é a mesma do livro que odiei (House of Night). Fiquei com trauma, acho que não leria um livro dela...

    ResponderExcluir
  5. Ainda não comecei a ler essa série. Na verdade são tantas em andamento no momento que fica cada vez mais dificil acompanhar tudo. bjs

    ResponderExcluir
  6. Queria muito ler essa série, mais infelizmente ainda não tive a oportunidade de ler nenhum deles.

    Beijos,
    Books Lovely

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    Eu tenho o segundo mas ainda não li, preciso comprar o primeiro para entender a história, senão vou ficar perdida hahaha

    Bjs

    ResponderExcluir
  8. Ainda não li o primeiro da série, mas ainda não sei se leio ou não.. sabe aquela dúvida?
    Mas a história parece ser ótima.

    Beijos.
    Leticia- http://obsessionvalley.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Sabrina!
    Não li nenhum dos livros da série ainda, mas queria ler...
    Eu estou gostando da série House of Night :)
    Mas a P.C. Cast gosta de dar trabalho pra nossa imaginação, hein? Você leu Deusa do Mar? Tem um romance entre sereia e "sereio"... E nesse é entre humano e centaura.
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  10. Olá meninas, ainda não li este livro, como também o outro da série. Ele está na minha lista e eu não vejo a hora de ler, ainda mais agora depois de sua resenha.Adoro livros com fundo mitológico, e este deve superar, mas não estranhe, em literatura tudo pode, kkkk
    Bju

    ResponderExcluir
  11. Ah, não li o primeiro livro da série, então pulei a resenha!
    Mas eu gostei de saber que é relacionado a outra série, não YA... será que a editora irá lançá-la por aqui também?!

    Beijos,
    Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  12. Q decepção com a série House of night? Tõ lendo essa série como alguém sedento bebe um copo d'água gelado de uma vez só, já estou no sétimo livro e achando difícil largar a leitura, de tão viciante. Super recomendo a leitura desses livros da autora.

    ResponderExcluir