='cap-left'/>

Ricardo Ragazzo - 72 horas para morrer

Primeiramente, peço sinceras desculpas ao autor Ricardo Ragazzo pela demora na postagem desta resenha. Há séculos lhe havia informado que já estava terminando, mas somente esta semana pude, enfim, resenhar seu livro. Ressalto que não foi minha culpa. Ou foi, será?
...Estava tão vorazmente lendo, querendo saber o final desta história misteriosa, que acabei levando o livro junto comigo ao visitar uma amiga, e não é que acabei esquecendo-o por lá?

Então, a culpa foi do Ricardo por fazer uma história contagiante e viciante. Essa minha amiga só me devolveu ele recentemente, então *desconfio que ela estivesse lendo e não queria me devolver (risos).

“Bora” ler e descobrir mais sobre este thriller capaz de nos deixar com os cabelos em pé?



Pior do que conhecer um Serial Killer, é um Serial Killer conhecer você! (Contracapa)

Julio Fontana era o delegado de Novo Salto, uma pacata cidade do interior, quando foi surpreendido pelo sumiço de sua namorada Agatha.

- Não, moço! Meu bebê! Tire essa faca da minha barriga... Por favor...
-Está vendo isso, Júlio? Hein? Vê esse sofrimento? Isso tudo é culpa sua.
Esse sangue ficará em suas mãos, não nas minhas.
Está me ouvindo? Em suas mãos! Bem-vindo ao seu maior pesadelo.
Página 22

O delegado encontra o corpo da namorada mutilado e o feto envolvido em formol. Junto a eles, uma pequena mensagem: “Isso ainda não acabou, JÚLIO. Quem será o próximo?” Página 50.

Com medo de que a próxima vítima fosse sua filha, Júlio fica apreensivo quando descobre que sua menininha estava se apaixonando por Miguel... Justo Miguel, aquele que, há quase 30 anos, havia matado seu primeiro amor, e havia sido liberto da prisão há menos de uma semana. Seria ele o responsável?

Sua relação com Laura estava muito estremecida, desde a morte fatídica de sua mulher e mãe de Laura, os dois não conseguiam se acertar. Laura fica ainda mais desgostosa com o pai, quando em um rompante de violência, ele surrou Miguel. Júlio talvez não fosse tão inocente assim, será?

Mais mortes de pessoas próximas se sucederam e mais suspeitos foram aparecendo. Júlio precisava descobrir quem estava fazendo aquilo, antes que mais inocentes fossem mortos pelo monstro que o perseguia.

72 horas para morrer é um thriller eletrizante! Não há momentos que não denote todo o clima opressor vivido pelo Delegado Julio. Com uma narrativa meticulosa, inclusive nas cenas mais sangrentas, para meu medo (risos), o livro é ágil e muito interessante.

Muito bem escrito em pequenos capítulos, intercalando a narração em primeira pessoa de Júlio com terceira pessoa - quando da perspectiva de outros personagens. 72 horas para morrer é um livro frenético, são diversos os acontecimentos sequenciais que tiram o fôlego do leitor, não tendo como parar de lê-lo espontaneamente.

Confesso que quando estava lendo conversei com o autor, sendo que ressaltei que algumas ações dos personagens me pareciam descabidas/incompreensíveis, sobretudo em relação ao romance/não romance de Miguel e Laura. Prontamente ele me respondeu que justamente aquela relação havia sido inspirada em alguém que conhecia.

Foi quando parei para pensar e me lembrei daquele pensamento simples e batido: cada um tem uma realidade e experiência vividas, fazendo com que haja diferentes reações sobre determinados fatos. Ou seja, justamente aquilo que não me agradou, pode ser o diferencial para você.

Gosto é muito peculiar, certo? Por vezes pensamos que determinados defeitos/qualidades são muito visíveis e, desta forma, unanimidade, mas na verdade é tudo demasiadamente subjetivo. Por isso, indico que leiam o livro. Tirem a prova e descubram qual sua reação ante alguns fatos do enredo, principalmente pelo que foi dito acima quanto à narrativa e as particularidades positivas.

O final me deixou abismada, jamais pensei que fosse terminar daquele jeito. Apesar de que, retroagindo às informações lançadas, haver forte indicativo sobre aquele rumo, foi algo surpreendente demais, capaz de chocar de forma muito positiva.

Leiam 72 horas para morrer!

Comentários
23 Comentários

23 comentários:

  1. Oi Lari!
    Adoro livro com serial killer! Estou num clima de livros de ação total e nem preciso dizer que adorei esse, né? Vou colocar na minha listinha de "querências".rs
    Não conhecia o autor e fiquei curiosa para saber se ele tem mais livros desse gênero já publicados.
    Ah, aposto que a sua amiga aproveitou para ler o livro enquanto estava na casa dela.hahahah
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Oi Lari!
    Não sabia que esse livro era nacional!!
    Adoro livros policiais e esse parece ser muito bom, já que você leu vorazmente!

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  3. Oi, Lari.
    Sua resenha me empolgou. Não conhecia o livro e fiquei mega curiosa. Tomara que eu consiga ler em breve.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Vi um monte de gente falando desse livro e vou dizer que me dá muita vontade de ler, deve ser mesmo aquele tipo que você não consegue mais parar, só pelas resenhas a gente percebe.

    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lariane :D
    Nossa sua resenha me deixou muito interessada no livro, e o titulo mais ainda \Õ/
    Também, nunca tinha visto o livro. Quero muito ler.

    beijos :*
    Natalia. http://www.musicaselivros.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Lari! Sou medrosa demais para ler esses livros de suspense, mas é impossível não ficar empolgada depois de ler uma resenha assim. Engraçado é que filmes nesse estilo eu consigo assistir. Estou seriamente propícia a dar uma chance para a história.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Adoro livros assim e saber que você gostou da história dessa forma, me deixando roendo as unhas apenas ao ler a resenha, só me faz querer conhecer o livro ainda mais.
    Beijão

    ResponderExcluir
  8. Amei a resenha, me deixou com muita vontade de ler o livro. Confesso que nunca leio livros desse gênero, mas depois dessa resenha acho que esse eu vou acabar lendo rs,

    Beijosss

    www.sojustsmilee.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Lari, eu tenho um problema sério com esses livros de ação....eu fico simplesmente hipnotizada e quero ler logo! Pela forma tão apaixonada como vc falou do livro, já vou colocá-lo na minha listinha tb!!bjs!

    ResponderExcluir
  10. Gosto de livros do gênero, e nem sempre encontramos bons exemplares entre os livros nacionais. Mas todas as resenhas que li acerca desse livro me levam a crer que o autor escreveu um bom livro. Esse com certeza é um livro que pretendo ler.

    http://sempre-lendo.blogspot.com/

    Abraços
    Juan

    ResponderExcluir
  11. Terminar daquele jeito, qual?? Agora eu é que fiquei curiosa...
    Pode me contar tudinho, Dna Lari...
    O livro parece ser bem legal, agora duas perguntinhas decisivas:
    - Tem continuação ou a história acaba aí? Estou fugindo de séries
    - Como está a revisão? Pergunto porque a editora tem pisado na bola com as revisões... principalmente dos autores brasileiros...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta:

      Tem final e um final até que bem foofooooo :)
      E quanto a revisão, nada que desabone.
      Mas confesso que não sou uma pessoa que nota muito erros de port., exceto quando é por demais de escancarado.

      :)

      Beijoooo,

      Excluir
  12. Livro com cenas sangrentas?*-* Adorooo. Haha.
    Mas faz é tempo que não leio nada assim... Quando eu era menor, era viciada em estórias violentas , ér.
    Vou ver se tenho a oportunidade de ler esse livro... *-*. Sua resenha ficou muito boa, e me deixou curiosa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  13. Nossa Lari!
    Adorei a resenha!

    Quero saber quem é o assassino *cof, cof*

    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Oi, Lari.


    Pois é!Sua resenha ficou ótima,mas vou ser bem sincera, esse livro não despertou muito a minha atenção, rs.


    Um abraço e até a próxima visita ;)
    http://www.apaixonadaporromances.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Lari!
    Adoro livros com essa temática, ainda mais quando são com serial killer! Fiquei super curiosa, por isso vou ver se leio.
    Parabéns pela resenha.
    Beijos.
    http://booksedesenhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu adoro livros com capítulos curtinhos *-* A leitura flui muito bem e acabamos lendo bem rapidamente ^^
    Adorei a resenha =)

    Beijos, Nanie - Nanie's World

    ResponderExcluir
  17. Oi, Lari ;]
    Não tinha ouvido falar desse livro ainda, mas parece muito empolgante. Apesar de que eu não costumo ler livros nesse estilo, não sei ao certo porquê ;s

    Beijos,
    Celle
    http://treslapis.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  18. Ah, li esse livro já faz um bom tempinho e confesso que fiquei impressionada com a narrativa do autor. Realmente a leitura é frenética e o final deixar qualquer um abismado 'Haha. Enfim, ótima resenha :)

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  19. Nunca tinha visto ese livro
    Mas achei aa resenha interessante

    ResponderExcluir
  20. Thamirys Pereira4 de abril de 2012 13:41

    Parece bom, adoro thrillers com um bom suspense =)

    ResponderExcluir
  21. Adoro esse tipo de livro que te envolve e consegue surpreender no final quando algo acontece, que apesar de todas as indicações, não é o que você esperava.

    ResponderExcluir
  22. Adoro ler livros policiais e quando é cheio de tramas e suspense fica muito melhor. Ainda não tive a oportunidade de ler esse livro mas espero faze-lo um dia. Gostei muito da resenha.

    ResponderExcluir