='cap-left'/>

Catherine Anderson - Uma luz na escuridão




Uma luz em minhas leituras

Fiquei um tempo, pensando na história, curtido uma fossa boa antes de resenhar este livro tão belo e tão doce.

Aliás essa parece ser a característica marcante da Catherine Anderson, a doçura... Pois sem pesar a mão no pieguismo, ela fala com simplicidade sobre pessoas comuns que aprendem, ou como o caso do Rafe, reaprendem o valor de amar alguém.

Faltam palavras para descrever Rafael Kendrick, um homem que tinha tudo: fortuna, beleza, status, uma esposa linda, filhos perfeitos, até que num desatino do destino ele perde a família em um acidente, e o que restou: beleza e fortuna passam a não ter valor algum para ele.

Perdido na escuridão do álcool e da indigência, ele depara-se com Maggie, uma jovem mulher, carregando um bebê recém nascido e um passado triste, feio e opressor.

A partir deste encontro, a autora passa a nos ensinar coisas valiosas, entre elas: quando colocamos um ponto final nas esperanças, Deus coloca uma vírgula e dá uma nova oportunidade.

Maggie me impressionou muito... Pois em uma idade muito jovem precisou tomar decisões nauseantes para proteger a quem amava e nem por isso, deixou de ser pura de coração, ou amável e generosa.

Ela lembrou-me da célebre frase: Há de endurecer, mas sem perder a ternura jamais.

Não trata-se da história de um amor louco e sem limites, ou de um encontro explosivo ou do choque de personalidades fortes se apaixonando, mas nem por isso estamos falando de uma história tediosa.

Trata-se de duas pessoas que viviam na escuridão de uma vida sem perspectiva, que encontraram luz um dentro do outro.

Obrigada Catherine, por tal inspiração.


Série Kendrick/Coulter *
1. Baby Love (1999) – Uma luz na escuridão;
2. Phantom Waltz (2001) - Amos à primeira vista;
3. Sweet Nothings (2002) – O domador de paixões;
4. Blue Skies (2004) – Mais perto do céu;
5. Bright Eyes (2004) - Olhos brilhantes;
6. My Sunshine (2005) - O sol da minha vida;
7. Sun Kissed (2007)
8. Morning Light (2008)
9. Star Bright (2009)
10. Early Dawn (2009)

* Livros publicados em Portugal.




Sobre a autora da resenha: Dayane Ribeiro, balzaquiana e feliz por isso! Apaixonada por palavras, não sei o que mais me preenche o espírito, se ler ou escrever, ou ainda escrever sobre o que li.Mãe, esposa, filha, profissional. Mulher brasileira, multifuncional e é claro... um tantinho nerd.

E-mail de Contato: dayaribeiro81@gmail.com
Para conhecer uma coletânea de contos de sua autoria AQUI.

Além disso, a Dayane publicou pela Perse recentemente seu livro Apenas Ensina-me, para conhecê-lo acesse o livro no skoob AQUI, para comprá-lo acesse AQUI.


Dayane, agradecemos muito por sua disponibilidade em resenhar para o blog!
Aguardaremos outras participações, heim?


E aí, pessoal, gostaram? Não deixem de comentar!
Querem participar e ter suas resenhas publicadas no Leituras & Devaneios?
Adoraríamos saber o que vocês andam lendo... Inscrevam-se AQUI!
Comentários
15 Comentários

15 comentários:

  1. Oi Meninas,
    Eu tenho esse livro, mas ainda não li. rsrs Preciso arrumar tempo!
    Adorei a resenha e fiquei com muita vontade de passar Uma Luz na Escuridão na frente de outras leituras.
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Ai que lindo, fiquei louca de vontade de ler, quero ver toda essa doçura, e conhecer o trabalho dessa autora que te encantou! XD

    ResponderExcluir
  3. Olá meninas, a capa desse livro é linda!!!
    Pela sua resenha o livro é muito lindo também.Adorei. Vou ficar de olho nele também.Bejos

    ResponderExcluir
  4. "Trata-se de duas pessoas que viviam na escuridão de uma vida sem perspectiva, que encontraram luz um dentro do outro."

    Ohh, que lindo! Encheu meus olhos d'água!

    Quero esse livro!!!


    BEijocas

    ResponderExcluir
  5. O livro realmente é lindo demais :D

    Recomendo que todas leiam este maravilhoso livro da Catherine :D

    Beijooo,

    ResponderExcluir
  6. A história desse livro parece ser linda, fiquei com vontade de ler... Até pq nem conhecia a autora. Mas só tem os livros em Portugal? É isso? =/

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  7. Noto que foi capaz de observar as nuances do livro, tanto que fores feliz em conseguir convencer-me a ler.
    Espero ver-te mais vezes por aqui.

    ResponderExcluir
  8. Resenha agradável e gostosa...Assim como deve ser o livro=)

    Gostei, mas sei lá, é realista demais. E de realidade basta a minha vida! rsrsrsrsr

    x)

    Mas se eu tiver a chance de lê-lo, pode apostar que farei!



    Lar, te respondendo sobre Jogos Vorazes:

    Medo de quê, mulé? rsrsr Vc gosta do Stephen King! JV é fichinha pra tu!
    ahhhahahahaha

    Falando sério,o livro te deixa nervosa, mas é pela adrenalina!Não tem nada demais, não^^


    É isso aí!

    BEijos^^

    livrosechocolates.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Não conhecia a autora...Quero dizer, há tantos autores maravilhosos por aí que é difícil conhecer todos. Mas eu realmente gostei da resenha, não acho que seja meu tipo de leitura preferida, mas eu sempre dou uma chance para essas. E que lindo como você descreveu. Parece que a leitura mexeu mesmo com você. E isso é o mais legal.

    Beijos

    Fernanda - Colina do Tordo

    ResponderExcluir
  10. Parece ser muito lindo!

    =D
    Que vontade de ler.


    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com
    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  11. Eu nunca li nada dessa autora... fiquei doida para ler...
    Pena que é de Pt, né?? Esse mês já gastei muito lá...

    beijos,
    Dé...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Débora, pede os arquivos às meninas.. na versão "gasosa"... vc sabe.. :P

      Excluir
  12. Não sabia nada desse livro. Fiquei intrigada com a história. Adorei!

    ResponderExcluir
  13. ai que lindo!
    acho lindos estes romances com "limitações".
    vai pra minha listade de desejados, com certeza!

    ResponderExcluir