='cap-left'/>

Jane Austen - Orgulho e Preconceito

Olá pessoal! Esta é a primeira de uma série de 3 resenhas de Jane Austen que postarei nas próximas semanas, frutos da minha leitura do livro Especial Jane Austen: Razão e sensibilidade / Orgulho e Preconceito / Persuasão, da Editora Martin Claret (2010 / 631 páginas).
Como podem ver, Orgulho e preconceito é o segundo título do especial, mas é o primeiro que resenho. A verdade é que, folheando o livro, me interessei mais pela segunda história, e a li mais rapidamente. Agora estou nas últimas páginas da terceira história, Persuasão, e logo iniciarei Razão e sensibilidade, a primeira. #Caprichosdesabrina


Sinopse da contra capa: O fascínio que os escritos de Jane Austen exercem, mais do que se manter, torna-se maior no curso do tempo. A obra desta aclamada escritora tem sido constantemente adaptada para o teatro, cinema e televisão; nos meios acadêmicos, tem gerado abundantes e fecundos estudos de sua dimensão estética, sociológica e histórica; em vários países, inclusive o Brasil, são-lhe dedicados ativos e entusiasmados fã-clubes; e, na web, há um número assombroso de páginas que remetem a Jane Austen.
Esta edição especial reúne Razão e sensibilidade, Orgulho e preconceito e Persuasão – três dos mais apreciados romances desta que é uma das mais lidas e amadas autoras inglesas em todo o mundo.
Leiam o primeiro capítulo AQUI.

Orgulho e Preconceito
Jane Austen

... Li que o nome original de Orgulho e Preconceito seria “First Impressions” (Primeiras impressões), e este seria um título tão válido quanto Orgulho e preconceito, pois se as primeiras impressões são difíceis de esquecer, passar por cima do orgulho e do próprio preconceito também é.
As primeiras impressões de Elizabeth a respeito de Fitzwillian Darcy não foram as melhores: fiel à sua educação cheia de normas de comportamento, o Sr Darcy não se ‘misturou’ aos convidados daquele primeiro baile, que estavam tão ansiosos para conhecer o novo vizinho, Bingley, amigo de Darcy e recém-locatário de uma propriedade local. Sem se importar tanto com regras sociais e encantado pela beleza da Srta Jane Bennet, Bingley logo se enturmou e tentou fazer com que o amigo Darcy tirasse a irmã de sua companheira, Elizabeth Bennet, para dançar. Darcy desdenhou da falta de atrativos de Lizzy e feriu seu orgulho pela rejeição sofrida, pois ela ouviu suas palavras...

As mesmas convenções que impediram Darcy de ser apresentado num baile e fizeram seu comportamento distante com todos ser taxado de orgulhoso e arrogante e, posteriormente, também foi o motivo pelo qual não desmascarou o jovem que já provocou danos a sua família.
Após alguns encontros com Darcy, Elizabeth estava mais do que convencida que suas primeiras impressões sobre ele eram acertadas. Ela agia propositalmente de forma descortês com o rapaz, e seu preconceito fez com que Elizabeth acreditasse nas intrigas que denegriam a imagem dele, reforçado pelo ressentimento que ela nutria por Darcy ter arruinado, propositalmente, a chance de felicidade de sua irmã Jane Bennet com Bingley.
Quando, enfim, Darcy admite seus sentimentos por ela e se declara, é rechaçado. Lizzy expõe tudo o que acredita que ele fez. Ela, então, recebe uma carta mais que esclarecedora, na qual ele também é muito franco. Agora consciente da elevada moral e ética de Darcy, da qual passa a ter provas mais que concretas (ainda mais depois de Darcy ajudar, em segredo, para sua família não caísse em desgraça) Lizzy se arrepende das palavras duras dirigidas a ele, e também de seu preconceito. Será muito tarde?

Ahhim... eu quero um sr Darcy pra mim!


Foi ótimo ler sobre sr Darcy, mesmo sob a ótica de Lizzy. O homem aparenta ser um poço de neuras! A adaptação cinematográfica de 2005 (imagem acima) é muito bonita, mas eu tenho grande desejo de conferir a minissérie da BBC de 1995, com Colin Firth.

Quem sou eu para falar de Jane Austen? Desde que me entendo como leitora é que tenho grande curiosidade por seus escritos. Inicialmente, confesso, as adaptações televisivas e cinematográficas influenciaram muito neste interesse, mas posteriormente e pelo fato de ter consciência que, geralmente, os livros são infinitamente superiores às suas adaptações, me rendi à importância histórica que este ícone da literatura representa. Devido a essas famosas adaptações, o enredo do clássico Orgulho e Preconceito é bem popular...
E eu gostei demais dos personagens! Lizzy é uma jovem inteligente e espevitada, que nunca deixa de dar sua opinião, e muitas vezes colocou o mocinho, acostumado a ser bajulado por todos, em seu devido lugar. Sua família é uma comédia! Com exceção somente do pai muito sarcástico e da irmã mais velha, a bela e sensível Jane Bennet, as demais irmãs e sua mãe são fontes constantes de constrangimento. Com a sra Bennet e suas filhas conhecemos o verdadeiro significado das expressão ‘donzelas casadoiras e matronas casamenteiras’... os trechos referentes aos seus “micos” são hilários!

Pode parecer incoerência – visto as únicas ambições, esperanças e desejos das mulheres eram fazer bons casamentos, e viver uma rotina entre famílias, amigos, bordados, pinturas, mexericos e preparações para o próximo baile –, mas me surpreendi com a atualidade expressa no livro, quando estava tão preparada para encontrar um texto mais ‘bruto’. Reconheci, ainda, o status de Orgulho e preconceito como um dos livros mais lidos e adorados do mundo. Em tempos tão alienados, no qual a mídia elege como modelo de ‘mocinho’ vampiros que brilham ao sol, ler Jane Austen e sua forma de montar um enredo aparentemente simples e conseguir transformá-lo num profundo ensaio sobre a sociedade aristocrática do início do século XIX, foi um verdadeiro bálsamo.

*Diversas adaptações, entre cinema, TV e teatro. Fonte e lista completa AQUI. Dentre elas:
  • 1940- Pride and Prejudice, (Greer Garson e Laurence Olivier)- cinema
  • 1980- Pride and Prejudice,(Elizabeth Garvie e David Rintoul)- TV
  • 1995- Pride and Prejudice,(Jennifer Ehle e Colin Firth)- TV
  • 2004- Pride & Prejudice (indiano)- cinema
  • 2005- Pride and Prejudice (Keira Knightley e Matthew Macfadyen)– cinema
http://1.bp.blogspot.com/_6Sua73Nf8Cw/TGqKiU9LEpI/AAAAAAAAAJ4/JuYUjdazC1s/s1600/assinatura1.png
Comentários
65 Comentários

65 comentários:

  1. OI Sá!

    Até hoje, não li nenhum livro da escritora Jane Austen, e acho que não assisti nenhum filme tambe´m kkkk

    Vergonha me define kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Ele é lindo e concordo com vc que ele apesar das ressalvas é um livro bem atual. Eu gosto muito e é um dos meus livros preferidos.
    bjos

    ResponderExcluir
  3. Amo esse livro!!! Foi o primeiro livro da Jane que eu li e o filme é maravilhoso!!! Adoro essa autora, amo esse livro. Mas o meu favorito ainda é Persuasão...

    ResponderExcluir
  4. O que eu posso dizer? Está perfeita a sua resenha Sabrina, a história não poderia ter sido melhor descrita. Sou fã assumidíssima de Orgulho e Preconceito, e também de Jane Austen, e como boa fã sonho com um Mr.Darcy *----* Impossível não suspirar por ele.

    Amo a versão de 2005, com Keira Knightley e Matthew Macfadyen(aahhhhhh), mas pretendo assistir pelo menos a série da BBC com o Colin Firth *-*

    Bjs e parabéns pela ótima resenha!!!!

    ResponderExcluir
  5. Oi Sabrina!
    Ah se são livros independentes não tem problema trocar a ordem das histórias, né?
    Eu nunca li o livro, amo o filme e também queria ver a série da BBC (Colin Firth <3)

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  6. Oi, Sabrina.
    Por causa do filme, esse foi o 1º livro q li da JA, mas muitos anos depois de ter assistido. Gostei demais do livro! Se tornou logo de cara um dos meus preferidos. A Lizzy é uma personagem sensacional! Gostei mto da sua espontaneidade e língua afiada! rsrs
    Acho q o filme é bem fiel, chego a achar que é a adaptação mais fiel que já vi de um livro. Mas, lógico que não substitui a leitura do livro, que é mais amplo e mais profundo.
    Tenho essa mesma versão tripla. Comecei por O&P e depois li Razão e Sensibilidade. Ainda falta Persuasão. Tinha lido umas páginas e não me conquistou logo, mas pretendo ler.
    Indico q vc leia A Abadia de Northanger que é o mais engraçado dos livros da JA. Gostei muitíssimo tb.
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Estava eu justamente pesquisando este filme para dar a minha esposa no dia das mães e cai em seu blog, que já conheço. Assitismos o filme juntos quando ainda eramos noivos, achei que seria um bom presente, mas agora quero dar o ilvro tambem. Não conhecia esta edição tripla mas me interessei bastante. Meus parabens não so pela resenha pmuito boa mas tambem por resgatar classico e expor sua opinião sobre ele. muito boa essa dica de leitura.

    ResponderExcluir
  8. Bah é verdade o nome original serve perfeitamente pois o livro gira em torno disso. Lembro que demorei pra ler o livro pois não é meu tipo de leitura, mas que quando cheguei no final eu simplesmente ameiiii..

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. Eu li Orgulho e Preconceito a muito tempo atrás e gostei bastante, o filme eu também adoro.
    Tem muita gente que tem preconceito só por ser um clássico mais deveria dar uma chance de surpreender com o livro.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  10. Sua resenha é praticamente a minha síntese do livro (O li a uns 2 meses atrás). Ah, e com relação ao Darcy, quem não quer uma versão exclusiva dele?
    Parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  11. Ainda não conheço Janei Austen... tenho muita vontade. Estou curiosa por Razão e Sensibilidade!

    abraços,
    Luciana
    http://www.folhasdesonhos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Eu gostei bastante desse livro mas demorei muito pra terminar de ler, também a tonta aqui vai pegar o livro mais velho da biblioteca com o inglês todo rebuscado ><
    Daí fiquei com preguiça de ler os outros.
    Só assisti um dos filmes (2005).
    bjs

    ResponderExcluir
  13. Eu tenho esse livro, comprei porque assisti e amei o filme, quem não leu, leia, recomendo ;)

    ResponderExcluir
  14. Este foi o primeiro e único livro de Jane Austen que eu li, confesso que a linguagem me atrapalhou um pouquinho e que só fui entender mesmo depois de ver o filme, huahiua. Pior é que aí acabei por me apaixonar pela história.

    Vanessa = Balaio

    ResponderExcluir
  15. Ai esse livro nao me encanta! ;/

    Beijoca

    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM PROMOÇÃO COM BlackBerry

    Espero sua visita!

    ResponderExcluir
  16. Nossa, essa resenha foi profunda! Se eu já tinha vontade de ler os livros da Jane, agora estou desesperada por eles! Espero gostar tanto quanto você ;D

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  17. Sou profunda admiradora da obra de Jane Austen... para quem prefere a versão em vídeo, indico as adaptações da BBC para as obras "Orgulho e Preconceito", "Razão e Sensibilidade", "Jane Eyre", "Emma" e "Persusão".... todos com distribuição nacional. SÃO MARAVILHOSOS!!!!!

    ResponderExcluir
  18. Confesso que não li nenhum livro da Jane Austen, mas tendo por base os filmes baseados em suas obras, imagino que deve ser uma ótima leitura!
    A história de Orgulho e Preconceito é realmente muito bonita e o livro, embora escrito há muito tempo, ainda trata de um tema atual.

    Abraços, Iris

    ResponderExcluir
  19. Eu sou loucamente apaixonada por esse livro. Já li e reli, vi diversas adaptações (você precisa ver a de 95 da BBC, a minha favorita)e acho que Jane Austen sempre vai ser atual.

    Amei a resenha.

    Beijos.
    Carissa Vieira
    Arte Around The World

    ResponderExcluir
  20. Oi Sabrina!
    Apesar de ser apaixonada pelo filme Orgulho e Preconceito de 2005, com a Keira Knightley e o Matthew Macfadyen(suspiros), confesso que ainda não li a Jane Austen #TomavergonhanacaraElis e achei interessante esse seu livro, porque traz três histórias de uma só vez! Também preciso fazer esse intensivão rsrsrs...
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  21. Preconceito é um tema atual, então sempre vai ser um assunto interessante, mas confesso que prefiro um filme a um livro (admito, podem criticar)... acho que pela falta de tempo mesmo, e pelo meu filho que não me deixa concentrar em nada.

    ResponderExcluir
  22. O filme é lindo. Tenho certeza de que o livro tbm é.. Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  23. Sabrina,

    Ouço demais falar da Jane Austen mas nunca li nada e recentemente comprei o livro. Diante desta resenha não tenha dúvidas de que irei amar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Ah! Esse livro é perfeito demais!!! Melhor romance de todos os tempos, eu amo! O Darcy é simplesmente tudo o que um homem deve ser. O filme estrelado pela Keira Knightley é perfeito também, muito fiel à obra. Jane Austen é A Autora.

    ResponderExcluir
  25. Já vi o filme, e achei muito lindo e perfeito!!
    E agora estou Ansiosa pra ler o livro! Pois é bem mais detalhado.Jane Austen sempre foi minha inspiração, seu legado é muito emocionante!!
    Amei o post falando dela e a resenha do livro perfeita!

    ResponderExcluir
  26. Já vi o filme, e achei muito lindo e perfeito!!
    E agora estou Ansiosa pra ler o livro! Pois é bem mais detalhado.Jane Austen sempre foi minha inspiração, seu legado é muito emocionante!!
    Amei o post falando dela e a resenha do livro perfeita!

    ResponderExcluir
  27. Sempre fiquei com o "pé atrás" com relação a Orgulho e Preconceito, mas depois que criei coragem e vi o filme e ler sua resenha, percebi que é muito bom e agora quero muito ler este clássico, pena que isso não vai acontecer tão cedo, estou presa a livros que falem sobre a construção de sentido :( haha
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. orgulho e preconceito é lindooooo *-*
    Jane Austen-diva foi um gênio
    a versão cinematográfica de 2005
    esta entre os meus filmes preferidos
    já o livro por empecilhos da vida nunca pude terminar de ver
    mas oq eu li eu tive a certeza de que
    o livro é mais divino que o filme *-*
    amei a resenha, (Darcy ♥) haha

    ResponderExcluir
  29. Adoro,Amo os livros de "Jane Austen" e orgulho e Preconceito é maravilhoso...tenho muito desejo em ler,uma vez que somente assistir o Filme.Beijos

    ResponderExcluir
  30. OMG, adoro Jane Austen! Orgulho e preconceito é, na minha opinião, o melhor romance de todos os tempos. Simplesmente por ser algo real, algo que pode ter sido ou tem chance de acontecer. Isso importa, levando em consideração o mundo em que vivemos hoje, e o tipo de amor que existe hoje. A adaptação com Keira Knightley conseguiu expressar bastante a mensagem de Austen, e por isso está no topo de meus filmes preferidos. Não é simplesmente uma história de amor. Nunca foi. É como se fosse, uma lição.

    ResponderExcluir
  31. Esse livro de Jane Austen é um clássico e não é à toa. Esse livro merece muito ser lido com toda atenção não só pelo enredo muito bem estruturado, mas também pela forma como a autora escreve, de forma direta e totalmente envolvente e com fina ironia tipicanente britânica. Ainda bem que o filme foi fiel ao livro e também vale muito à pena.

    ResponderExcluir
  32. Amo a Jane Austen, o primeiro livro que eu li foi dela, minha mãe que me deu, tão velhinho tadinho.É a minha escritora favorita, li praticamente todos os livros dela.
    Orgulho é preconceito é meu favorito, indico para todo mundo. Mesmo tendo o filme não gosto muito dele prefiro o antigo anterior a da Keira Knightley, acho um pouco melhor, mas recomendo que leia o livro primeiro depois vejam o filme.
    Ótima resenha! :)

    ResponderExcluir
  33. qd bate a saudade sempre dou uma espiadinha no filme. Se não me engano no papel de Darcy está o Colin Firth ( é assim que escreve?)

    ResponderExcluir
  34. Sr Darcy *-----*
    "Você tem que me permitir dizer com quanto ardor eu admiro e amo você."

    Preciso desse livro AGORA!

    ResponderExcluir
  35. Amo esse livro! E o filme é maravilhoso, um clássico perfeito!!

    ResponderExcluir
  36. Este livro é perfeito, me emocionei muito com a história e com os personagens, um excelente romance histórico. E para complementar minha paixão pelo livro, resolvi assistir ao filme e também ao seriado da BBC e entre esses dois trabalhos, eu particularmente prefiri a atuação da Keira Knightley, penso que ela é a própria Elizabeth, em toda a sua essência e intensidade, mas bem...essa é apenas a minha humilde opinião! Hehe

    ResponderExcluir
  37. Adorei a resenha! Eu já assiti o filme com Keira Knightley e Matthew Macfadyen, é um dos meus preferidos! Tenho muita vontade del er livros da Jane Austen, pena que não sãoa encontrados em todas as livrarias/sebos,né? Ou, se são, são bemescondidos, porque eu nunca vi nenhum nos locais que frequento.

    ResponderExcluir
  38. Assisti a uma parte do filme, depois fiquei sabendo que era um livro. Ouvi falar mto bem dele e essa resenha me deixou com ainda mais vontade de ler!

    ResponderExcluir
  39. Ainda não li nada da Jane Austen acredita? Uma vergonha!
    No entanto assisti todos os filmes adaptados rs, e Orgulho e Preconceito é o meu preferido.
    Amei a resenha e fiquei doida para ler, vou ver se faço isso o quanto antes!

    Beijinhos
    Livros e blablablá

    ResponderExcluir
  40. Antes eu tinha um certo preconceito, mesmo sem conhecer, devo dizer que me surpreendi, o livro é maravilho, me apaixonei!

    ResponderExcluir
  41. Amei o filme! Já faz tempo que tô querendo ler o livro, mas me falta dindin, então nunca comprei. ><~

    ResponderExcluir
  42. Gosto muito da Jane Austen e já vi todos os filmes!
    Adoro todos eles *-*
    Os livros ainda falta ler alguns :)

    Beijinhos
    Renata Almeida
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  43. Tenho muita vontade de conhecer as obras da Jane Austen, principalmente Orgulho e Preconceito. Parece ser um daqueles clássicos indispensáveis! espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  44. Muito perfeito esse livro ameei ! :D
    Só faltou uma cena de beijo entre Darcy e Caroline ! :))

    ResponderExcluir
  45. Já assisti ao filme e a série. Alias..filmes...
    Comprei o livro..comecei a ler, mas como recebi uns livros de emprestimo..parei. Pretendo retomar logo.

    ResponderExcluir
  46. Para mim é o melhor livro de Jane Austen!

    Como não se apaixonar por Mr Darcy *-*

    bjs

    ResponderExcluir
  47. Esse livro eu já li e vi o filem e sou apaixonada por ele!! Mr. Darcy é realmente um HOMEM de verdade. Quem não iria querer um desses em sua vida???

    ResponderExcluir
  48. Victoria Catarina17 de maio de 2012 00:40

    Esse é um dos meus livros favoritos da Jane Austen.. Mr. Darcy..? é perfeito! Adoro essa história..

    ResponderExcluir
  49. Comecei a ler esse livro pq uma amiga tinha, precisei devolver e acabei só por assistir o filme.
    É incrível, uma trama romântica e, em alguns momentos, até engraçada.
    Ela escreve hiper bem!

    ResponderExcluir
  50. Já vi o filme, sempre quis ler o livro, mas nuca tive a oportunidade. Até ia pegar emprestado com uma amiga, pena que ela se mudou antes de me emprestar. Achei numa livraria aqui perto um dia desse, nem consegui comprar, estava sem dinheiro sobrando. E Mr. Darcy no filme ele é maravilhoso, quero ver como é o personagem no livro, e realmente que é que não quer um Mr. Darcy? Gostei da resenha, ótima!

    ResponderExcluir
  51. Li o livro esse ano e simplesmente ADOREI! Odiei o Sr. Darcy no inicio e depois me apaixonei por ele kkk O filme também é maravilhoso! Nao sabia dessa série, indo procurá-la agora mesmo hehehe
    bjs

    ResponderExcluir
  52. Nossa, amei sua resenha. Muito boa mesmo. Comecei a ler meio que sem entusiasmo, mas no decorrer da leitura me vi querendo saber e conhecer mais da história.
    Você deixou claro que a maneira que a autora leva e narra tudo é muito bom, simples, mas de certa forma com uma profundidade arrebatadora. Ainda me interessei, pois em meio ao romance, a trama também parece dar alguns toques de comédia, o que é muito agradável em QUALQUER leitura.
    Com isso, só fico com mais vontade de ler e conhecer mais sobre os livros escrito por essa escritora.

    ResponderExcluir
  53. Esse foi o primeiro livro que eu li da Jane Austen! E virei fã! *--*
    Amei sua resenha, descreveu muito bem o livro!
    Deu vontade de reler! *.*

    ResponderExcluir
  54. Parece ser muito bem , tenho o filme mas ainda não assisti...

    ResponderExcluir
  55. O livro já está na minha meta de leitura a algum tempo,e ler a sua resenha me deu vontade de fazer ele "furar a fila" e ler imediatamente!!!

    ResponderExcluir
  56. Eu adoro esse livro, ele esta no topo do meu Top 10...rs
    Eu já o li umas 20 vezes pelo menos, e o filme com Keira Knightley esta perfeito, apesar que eu acho o Colin mais a cara do Sr Darcy...lindo demais.
    Sua resenha esta ótima
    Beijos

    ResponderExcluir
  57. Tenho uma amiga que é loucaaa pelo filme Orgulho e Preconceito, ela me contou uma parte da história e fiquei muiiiito curiosa para ler o livro! haha Adorei a resenha! Beijos

    ResponderExcluir
  58. Eu sou louca pelo Mr. Darcy!!!
    Pra mim, este é o melhor Romance de todos os tempos!!!

    ResponderExcluir
  59. Simplesmente adoro Orgulho e Preconceito, tenho 3 versões deste livro :D

    ResponderExcluir
  60. Colin Firth? bom agora vc me deixou mais ansiosa pra ver a adaptação da bbc rsrs. Já tinha visto propagandas do filme e com a Keira, e diversos gifs pelo tumblr, fiquei curiosa mas não o suficiente pra ler ou ver, agora o livro vai pra minha estante, aguardando o momento de eu conseguir encontrar um exemplar rs ;D

    Even Hurts

    ResponderExcluir
  61. admiro jane austen e suas obras, fico encantada com cada linha dos textos, é uma autora brilhante

    ResponderExcluir
  62. Eu adoro o livro Orgulho e Preconceito. Eu já assisti a série da BBC com o Colin Firth e achei ótima, embora eu prefira o filme com a Keira Knightley e Matthew Macfadyen.

    ResponderExcluir
  63. Olá pessoal:
    Há tempos venho postergando a aquisição de todas as obras da escritora Jane Austen. A princípio, desejo interesse em ler 'Persuasão', uma vez que o verbete é camaleônico por quase todos profissionais. Não escapa nenhum mister. Bom, mas deixando de lado esse meu pensamento, informo do contentamento que o canal 'Glitz' me proporcionou ontem(27) ao exibir na prg 'Live from abbey road' onde pude conhecer um porco da história da escritora - Orgulho e Preconceito. Ela é digna dos maiores elogios. Seus textos, por certos, nos decifram as direções da nossa Rosa dos Ventos psiquica.

    ResponderExcluir
  64. Este livro é simplesmente maravilhoso a escrita da Jane Austen é ótima , uma revolucionaria para sua época . Os romances são cheios de paixão e sem um beijo se quer .Isso que é perfeição.

    ResponderExcluir