='cap-left'/>

John van de Ruit - Cotoco


Em pleno ano da libertação de Nelson Mandela,  John Milton por seu excelente desempenho estudantil, conseguiu uma bolsa em um dos mais benquistos internatos da África do Sul.

Sua esperança era de ir para um lugar que fosse diverso da loucura que imperava em sua família: um pai lunático e totalmente preconceituoso – que achava que uma guerra eclodiria com o término da prisão de Mandela-, uma avó decrépita que achava que todos a estavam roubando a cada momento e a empregada Innocence, a qual a mãe de John jurava administrar um bordel clandestino no jardim da casa.

Normalidade? No colégio em que foi estudar? (risos e risos)
Tudo menos isso!

O dormitório em que ficou acaba sendo conhecidas como o dos Oito Loucos, tamanha a movimentação/enrascadas e loucura presentes...

No primeiro banho, o apelido Cotoco! Coitadinho do John...
“Pé ante pé, desci até o banheiro depois que as luzes se apagaram e examinei meu bilau diante do espelho. Ainda não tenho nenhum pelo, e não há nenhum sinal de que eu vá ficar igual aos outros. O Rambo disse que vai me dar um novo apelido quando meus bagos crescerem. Quando será que eu vou poder bater punheta também?” Pág. 57
Passeios à noite escondidos para nadar, trotes, aulas com professores normais/nem tão normais, jogos de críquete, rugby e a caça de um fantasma de mais de 50 anos de idade, são somente algumas dos fatos  presentes no diário hilário de Cotoco.

Além disso, nosso Cotoco também é um Dom Juan! Primeiramente se encanta pela Julia Roberts e resolve que quando ficar mais velho a terá, depois é a vez da filha da amiga de sua mãe, a Debbie – uma verdadeira Sereia:
“Operação primeiro encontro. Sapatos pretos, jeans, camiseta branca, cabelo espetado com gel. O filme: Ghost, com Patrick Swayze e Demi Moore. A missão: resolver esta parada de uma vez por todas e dar meu primeiro beijo de verdade (também conhecido como amassos) Pág. 158

“E é por meio das páginas de seu diários que acompanhamos o peculiar – e sobretudo engraçadíssimo – funcionamento da mente de um garoto de 13 nos ao descobrir a vida, a amizade e pluralidade da fauna humana” – Trecho da sinopse.

Sinceramente quando  lia sobre este livro,  sempre pensava  no fundinho “Ah, qual é? Qual será a graça deste livro? Um diário de  um pivete de 13 anos?”

Comprei e queimei a língua, pois COTOCO é o LIVRO.
Não imaginava que fosse me divertir tanto como divertir, não minto quando digo que as pessoas no ônibus, devido as sonoras risadas que eu soltava, me olhavam com cara de “fuja, louca!”.

Mas, não pensem que o livro só prima em fazer o leitor rir com as situações inusitadas do protagonista.

Não. O que mais me encantou com o livro, foi a capacidade de o autor fazer críticas sociais com hilaridade, de conseguir trazer tantos momentos históricos  e reflexões, sobretudo sobre o apartheid, em meio a relatos de  um diário de um garoto de 13 anos.

Adorei a forma com que ele trouxe dicas de livros, com o professor mais maluco do colégio (Será? São tantos doidos), indicando livros para que Cotoco lesse e com as subsequentes conversas sobre a obra. 

Ri muito. Sobretudo me encantei com a narrativa do autor.
Espero que a continuação saia logo, por que estou APAIXONADA pelo livro. Me sinto órfã, morrendo de curiosa para saber mais sobre o hilário dia a dia de Cotoco.


Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Ei Lari!

    Compartilho seus sentimentos.
    Também não esperava algo tãooo bom e me surpreendi. Também estou doida pela continuação.

    Bjins

    ResponderExcluir
  2. Oiie Lari,

    Adorei sua resenha, fiquei curiosa. Acho que estou precisando de um livro em que eu dê muitas risadas. Esse parece uma ótima pedida.

    Beijos

    Comentei na resenha do livro promocionado da postagem da promoção

    ResponderExcluir
  3. Oi Lari!!
    Esse livro já está na minha lista há um tempão!!
    Sempre leio resenhas super positvas e fico ainda mais curiosa. Quem sabe nas minhas próximas compras. bjs

    ResponderExcluir
  4. Oi Lari!

    Não conhecia nada do título kkkk

    Deve ser engraçado mesmo, sem contar que já percebi que não se pode ler em público kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Oi Lari!
    Adorei a sua resenha!
    Faz tempo que esse livro está na minha lista de desejados, mas como li algumas resenhas negativas dizendo que não é muito engraçado coisa e tal, acabei desistindo de lê-lo.
    Mas a sua resenha me empolgou novamente!! :D
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Onde eu já vi esse livro? nossa....eu vi ele em algum lugar, lembro de ter escutado a história dele...Acho que foi uma professora minha que disse ter lido e achado super interessante. Foi isso mesmo! Nossa, que coisa maluca eu ver esse livro agora... Fiquei curiosa.

    ResponderExcluir
  7. Ei Lari,

    Ah é o livro mesmo! Eu amei e queria muito que a Intrínseca lançasse a continuação logo por aqui. Fiquei até com vontade de reler agora. ^^

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Lari, Cotoco é um dos meus livros favoritos!!!
    Amo demais. Já emprestei o meu exemplar para "n" pessoas, porque vivo elogiando. O livro é mesmo incrível.
    =D
    PS: Também ria em público lendo ele. hehehe
    Beijo

    ResponderExcluir
  9. Olá, Lari!!
    Adorei a sua resenha!!
    Estou bem curiosa para ler esse livro e tem um tempão que estou querendo adquiri-lo. Estou mesmo precisando pegar um livro divertido para ler e dar um tempinho nos distópicos e romances. hehehe
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  10. Oi Lari!
    Escolhi esse livro meio "por acaso" para ser a minha leitura do Desafio Literário de novembro, e fico feliz que o livro seja assim tão bom, sinal de que não vou me arrepender da escolha!
    Adorei sua resenha, sua "louca do ônibus"!
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  11. Oi Lari
    Não tinha interesse em ler o livro...até ler a sua resenha hsuahshahusha
    eu falava a mesma coisa: o que tem de divertido em um diário de um menino de 13 anos? mas esse quote aí já me fez pagar a língua rs
    Quero muito ler, e nem sabia que tinha continuação!!
    Bjos

    ResponderExcluir
  12. Eu nunca li este livro e confesso que logo que ele foi lançado eu não tinha muita vontade não, mas conforme fui lendo resenhas muito favoráveis a ele, a minha vontade de ler foi nascendo e hoje posso dizer que é um livro que leria sem pensar duas vezes.

    Vanessa Meiser

    ResponderExcluir
  13. Sério que esse livro é bom? Fiquei com preconceito com o título e a capa =/

    Beijocas

    ResponderExcluir
  14. Já ouvi ótimos comentários sobre esse livro, mas até hoje não li. Cometi o erro de julgá-lo pela capa. :/
    Gostei muito daqui, estou seguindo, viu? Sucesso.
    Beijos.

    http://vitaminadepimenta.blogspot.com.br/
    (dá uma passadinha lá)

    ResponderExcluir
  15. Oi Lari,
    Sempre vejo muitos elogios a esse livro e morro de vontade de ler! Livros que nos fazem passar vergonha em público são os melhores! hehehe
    Beijos

    Cacá
    *Meus Discos e Livros e Tudo o Mais*

    ResponderExcluir
  16. Oi Lari,
    Sempre vejo muitos elogios a esse livro e morro de vontade de ler! Livros que nos fazem passar vergonha em público são os melhores! hehehe
    Beijos

    Cacá
    *Meus Discos e Livros e Tudo o Mais*

    ResponderExcluir
  17. "Comprei e queimei a língua, pois COTOCO é o LIVRO."

    Depois dessa, acho que tb vou queimar a língua. Sempre pensei a mesma coisa q vc, mas agora fiquei intrigada.

    BjoO
    Pri
    Entre Fatos e Livros

    ResponderExcluir
  18. OLá
    o livro me parece um livro infanto-juvenil, muito divertido e engraçado.

    ResponderExcluir
  19. Se eu fosse julgar este livro pela capa, não seria de forma negativa,rs. Só pela capa já dá vontade de rir!
    gostei muito da resenha, vou querer ler! adoro livros divertidos! bjussss

    ResponderExcluir
  20. Lari, estou com este livro na pilha de leitura. Adorei sua resenha e confesso que só comprei o livro por causa do preço...será que eu vou queima a lingua como vc? rs

    Acho que vou ler ele logo, preciso de uma leitura divertida.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  21. Eu ouvi ótimas criticas sobre esse livro, pena que nunca achei em nenhuma livraria pra comprar. Mas com certeza quando eu achar vou comprar!

    ResponderExcluir