='cap-left'/>

Lucinda Hiley - A casa das Orquídeas



Presente: Júlia, uma pianista de muito sucesso que está tentando se levantar depois de uma perda terrível. Ela deixou sua casa na França que lhe trazia tantas lembranças do marido e do filho pequeno, e está vivendo num chalé próximo à Wharton Park, de propriedade dos Crawford, onde sua mãe nasceu e cresceu e onde Júlia passava muito tempo na estufa em companhia do avô, o jardineiro que cultivava lindas orquídeas. Júlia conta com a ajuda (às vezes indesejada) da irmã mais velha, que tenta fazê-la voltar à vida. Numa dessas tentativas, a irmã leva Julia até a Wharton Park, pois o novo lorde, Kit Crawford, estava leiloando pertences para pagar credores. Julia compra um livro infantil e também umas pinturas de orquídeas de presente para o pai. Coincidentemente, as pinturas são de autoria de sua finada mãe, e o livro, ela acaba “trocando” com o Kit por um antigo diário que ele encontra na antiga casa de sua família na propriedade.

Passado: Olívia e Harry Crawford, recém-casados antes da guerra e irremediavelmente separados depois dela. Há toda uma introdução de como eles se conhecerem, como acabaram se casando graças ao desespero pré-guerra e a interferência da mãe de Harry. Como lorde herdeiro, ele deveria fazer o que todos esperavam que fizesse. Depois da guerra e após anos preso num campo de concentração, Harry passa um tempo se curando na Tailândia, e só então volta para Wharton Park. Mas ele tem um segredo, que compartilha somente com seu jardineiro e ex-companheiro de confinamento, um segredo que precioso que fez com que ele nunca pudesse ser feliz junto à esposa...

O diário que Júlia recebeu de Kit Crawford pode conter segredos que afetaria a vida de muitas pessoas, direta ou indiretamente, incluindo a própria Júlia, que, sem saber, a era o cerne de uma história bem parecida com aquelas novelas surpreendentemente bem elaboradas.
A avó de Júlia, Elsie, trabalhou durante toda a vida como criada em Wharton Park e sobreviveu aos dois tempos. Enquanto contava sobre os mistérios do diário para Júlia, ela me recordou a Nelly de O morro dos ventos uivantes.

Quanto ao passado, nada poderia ser feito para mudar, mas será que ele serviria como guia, no presente, para Júlia? O recém descoberto amor por kit falaria mais alto, e, sabendo o quanto Olivia e Harry sofreram, ela escolheria o amor verdadeiro?


Este é o primeiro livro da autora Lucinda Hiley (que já publicou inúmeros romances sob o pseudônimo de Lucinda Edmonds) que tenho oportunidade de ler.
Pelo que tenho visto nas resenhas por aí, muitas pessoas amaram o livro de paixão, mas eu não consegui ter tanta empatia pela leitura. Não sei se foi o estilo de narrativa adotado pela autora – alternadamente presente e passado –, que me fez perder o foco e não me envolver totalmente em nenhuma das épocas vividas. Talvez o que me fez desgostar um pouco do livro foi que, o que prometia ser uma linda história de amor, tomou rumos bem depressivos, pois praticamente ‘todas’ as historias são tristes. Júlia perde tragicamente a mãe bem cedo, e na fase adulta perde a família também tragicamente. Ela se culpava por ter ousado continuar viva quando eles não estavam. Kit Crawford aparece em sua vida e a ajuda a sair da fossa. Com ele ela descobre novos sentimentos... Kit também tem um passado triste no amor e por isso ele a entende. Olívia era uma jovem resplandecente que sonhava com seu Sr Darcy. Ela apaixona-se por Harry e fica muito feliz quando ele a pede em casamento. Mas a tristeza logo se abate sobre o casal. Depois, quando ele volta, tristeza e mais tristeza...

A Casa das Orquídeas (Editora Novo Conceito/2012 – 560 páginas) traz uma trama com desfechos surpreendentes e nada clichês. Os personagens principais e secundários são bem trabalhados e o cenário é perfeito: Warthon Park – a própria casa das orquídeas – e a Tailândia, descrições tão perfeitas que, através da imaginação, enchem os olhos de qualquer leitor.
Eu gostei medianamente do livro A Casa das Orquídeas. Não deveria existir ‘um porque’ de eu não ter gostado tanto, quando sou a primeira a reconhecer que se trata de um livro especial, com personagens bons, trama original e ótima narrativa. É uma daquela situação de gosto pessoal, pelo que descrevi acima, entendem? Por este fato, eu recomendo que leiam e tirem suas próprias conclusões.


Comentários
48 Comentários

48 comentários:

  1. Oiie,

    Tenho realmente visto muitos comentários falando somente coisas boas sobre este livro. Agora não sei exatamente o que pensar. Vou ler e ver o que acho.

    Beijos

    Amigas entre Livros

    ResponderExcluir
  2. Parece ser uma água com açúcar beeem doce mesmo, hein? rsrs Mas acho que gostei da história ainda assim, acho que rende umas boas horas de leitura e serve pra gente desencanar de certos livros muito complexos que não saem de nossa cabeça, hehehe.

    Bjok!

    ResponderExcluir
  3. Livros assim são complicados. Cada um tem u8ma opinião sobre o assunto, mas no final parece que todos chegam a mesma ideia. Adorei a resenha e me interessei pela leitura, já que eu não conheço a autora. Como você já disse, ler para ter suas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
  4. Oi Sá!

    Aiaiaia

    Estou bem curiosa com a história, e você não é a primeira pessoa a me indicar o livro.

    Quero ler!

    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. Eu só conheço o livro por sinopse e resenhas e como vc mesma disse todos amam esse livro, e eu fiquei hiper curiosa pra saber o segredo, pra saber se a mocinha se recupera do trauma, pra saber a historia do passado e do presente, enfim quero esse livro kkkk. amei sua resenha

    ResponderExcluir
  6. Oi Sabrina!
    Estou com esse livro aqui e ler sua resenha deu uma esfriada nos meus ânimos. Não gosto muito de romances onde reinam as tristezas!

    B-jussss! ♥

    ResponderExcluir
  7. Ai que lindo! Que lindo!!!! Gente do céu, morrendo com as resenhas que vejo desse livro que eu quero tanto tanto tanto tanto tanto (já disse tanto?) tanto ler! Nossa, esse é um livro que me encantou de cara. Amei a sinopse dele, amando as resenha dele, amo a capa dele. Perfeito! Bem, acho né, porque ainda não li =/

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela resenha Sabrina! Estou ansiosa para ler A Casa das Orquídeas e espero não me decepcionar! Beijos!

    http://www.newsnessa.com/

    ResponderExcluir
  9. uau, que enredo complexo. me lembrou um pouco o filme "As Horas", mas não tenho certeza se é sequer remotamente parecido :P é meio complicado lidar com alternâncias tão grandes de foco numa mesma narrativa, e realmente corre-se o risco de ficar bastante confuso. Mas pela quantidade louca de páginas deve ter sido bem desenvolvido - né? bom, está na minha lista há tempos e uma hora vou ler :)

    ResponderExcluir
  10. Oi Sabrina!
    Pelo resumo, presumi que iria gostar do livro, mas quando você cita "tristeza e mais tristeza" fico com o pé muito atrás, porque eu gosto de livros com finais felizes, se não perfeitos mas pelo menos com um determinado nível de esperança, senão fico muito triste ao término da leitura :(
    Beijos... Elis Culceag.
    www.arquivopassional.com

    ResponderExcluir
  11. Eu vou começar a ler este livro, estou bem curioso pra ser sincero me minhas expectativas estõa lá em cima, mas sua resenha me alertou pr pior, não que eu esteja dizendo que sua resenha está ruim, mas toda vez que ponho exoectativa grandes sobre um livro acabo me decpecionando, não vou ler este livro com tantas assim agora.
    Adorei a resenha, muito boa.
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  12. Oi Sabrina!
    Eu só estava vendo resenhas positivas sobre esse livro, confesso que já nem estava acreditando mais nelas hahaha. Acho muito difícil que um mesmo livro agrade a todos.
    Bom saber sua opinião, agora vou lê-lo sem grandes expectativas, quem sabe eu curta mais ;)

    Beijos
    Livro e blablablá

    ResponderExcluir
  13. A historia parece ser bonita, mas eu não leria ! :/

    ResponderExcluir
  14. A estoria é linda... eu quero muitoo!

    ResponderExcluir
  15. Eu estou louca por esse livro, mas não faço ideia de como vou fazer para não demorar muito em um livro tão enorme! haha mas vale a pena. A resenha está ótima.

    ResponderExcluir
  16. Estou muito interessada neste livro!

    ResponderExcluir
  17. Oi, Sabrina!
    Apesar de vc não ter gostado mtoo do livro, eu fiquei interessada. Parece bonito, apesar de triste... Se eu tiver a oportunidade, vou lê-lo.

    Bjo.
    Daniela.

    ResponderExcluir
  18. Hum... muito bom o post, fiquei com vontade de lê, pois gosto muito desse lance de ir e voltar no tempo...

    Já vou colocar na minha estante do skoob, uahuahua

    Bjs

    ResponderExcluir
  19. Muito boa a sua resenha,tenho muita curiosidade em ler esse livro, parece ser uma linda história!
    Estou esperando o meu chegar, quando eu ler, venho falar o que achei dele!
    Beijoos ;**

    ResponderExcluir
  20. Depois de ler taaantas resenhas maravilhosas sobre esse livro, até é bom ver que alguem nao gostou muito, pois assim nao crio tantas expectativas pro livro hehehe Mas acho que vale a pena ler, para tirar minha propria conclusão! Mt boa a resenha, como sempre!
    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Amei a resenha, quero muito ler este livro

    ResponderExcluir
  22. Gostei muito das suas definições sobre o livro. Eu continuo com vontade de ler o livro, que parece emocionar o leitor com as histórias intercaladas entre presente e passado.
    Como o livro é grande, hein, 560 páginas, mas espero que eu goste!
    Bjks

    ResponderExcluir
  23. Esse é com certeza um livro que eu desejo. Tenho lido muitas resenhas sobre esse livro e a sua só vem a reforçar a minha vontade.
    Como vc diz vou esperar para tirar as minhas próprias conclusões.

    ResponderExcluir
  24. Muito bem desenvolvida a sua resesnha.
    Estou querendo muito ler esse livro, já li várias resenhas e comentários positivos. Ele já está na minha lista de livros desejados *-*
    Renata
    http://escutaessa.blogspot.com.br
    http://www.facebook.com/BlogEscutaEssa
    @blogescutaessa

    ResponderExcluir
  25. adorei a resenha. ela despertou minha curiosidade de ler ! parabéns!

    ResponderExcluir
  26. Desde que o vi em várias caixas de correios, e toquei pessoalmente o livro, a capa e contracapa muito lindas, com a imagem do passado e presente, sinopse... fiquei encantada! Até porque eu tô começando a reconhecer meus gostos de livros, mas eu espero não ficar confusa com as passagens de tempo e personagens rsrs

    Even Hurts

    ResponderExcluir
  27. Adoro livros que requerem o dobro de atenção na leitura e pelo o que ando ouvindo, é o caso desse. Tô ainda mais interessada em lê-lo.

    ResponderExcluir
  28. Oi Sabrina,

    Eu to meio receosa em iniciar esta leitura, por ser um livro mais denso e meio dramático, acho que não estou na época em lê-lo.

    Mas adorei ler sua opinião.

    Beijos

    ResponderExcluir
  29. Oi flor,
    Estou ansiosa para ler esse livro acho que vou curtir so espero que não tenha tanta depressão assim que nem falaste porque senão qualquer um desanima ne?
    Bjks
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa
    http://leiturakriativa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  30. Essa estória me faz lembrar sagas assim como Casa dos Espiritos de Isabel Alllende...longa e cheia de altos e baixos..mas me interessei ...gostaria de le-la.....bjs

    ResponderExcluir
  31. Desculpe,não consegui ler a resenha toda porque tava parecendo com spoiler. Maass,eu achei bem legal a parte que lí. O livro parece ser bom,apesar de eu ter me assustado (muito) com o tamanho dele :P
    Ainda assim,vamos ver,eu espero ler e gostar dele,apesar de eu ser lerda e provavelmente vou ficar mais sem foco que você na mudança passado/presente.

    Bjooss :*

    ResponderExcluir
  32. Todas as resenhas que já li, todas foram positivas. preciso falar que o livro deve ser perfeito demais ? Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  33. Muitas vezes isso acontece comigo, eu reconheço as qualidades 'técnicas' do livro mas não consigo gostar de verdade; é aquela história, às vezes pode ser o momento inadequado para ler aquele determinado livro ou então uma questão de empatia mesmo, você acha legal mas o livro não chega a te tocar de verdade.

    ResponderExcluir
  34. Adorei sua resenha!fiquei ainda mais curiosa para lê-lo.Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  35. adoro romances e esse livro todos falam bem, gostei da sua resenha e fico feliz que não seja cliche, quero lê-lo
    bjs

    ResponderExcluir
  36. Adorei ,quero muito esse livro , preciso de um drama pra dar um up nas minhas leituras .

    ResponderExcluir
  37. mesmo com a resenha, ainda sinto vontade de ler esse livro.

    ResponderExcluir
  38. Ah, eu quero ler! *-*
    Fiquei encantada ao saber que se trata de mais ou menos de um romance histórico, só não sabia que era um livro triste assim, com tantas tragédias e perdas. Fiquei sabendo agora ao ler a sua resenha. Mas olha, ainda quero ler esse livro. Ah, quero sim! É como você disse, é um livro especial, só não foi um livro singular pra você e, já que você nos indica para que possamos tirar as nossas próprias conclusões, eu gostaria de ganhá-lo na sua promoção e ter a chance de ter uma opinião sobre esse livro de capa linda.

    Beijo!

    Sacudindo Palavras

    ResponderExcluir
  39. Estou querendo esse livro desde q saiu. Gosto muito de romances britânicos.

    ResponderExcluir
  40. Achei interessante! A história é linda, apesar dos apesares. Quero ter a oportunidade de ler! (:

    ResponderExcluir
  41. Um livro cheio de romances e histórias nada clichê... Logo irei lê-lo, só lendo para tirar as conclusões (:

    ResponderExcluir
  42. Confesso que sou meio dramática, adoro ver filmes e livros que me façam chorar rsrs Então, como vc disse que as histórias de amor são triste capaz de eu amar o livro ^^

    Adorei a resenha!

    bjs

    ResponderExcluir
  43. Desde que a Novo Conceito anunciou o lançamento desse livro eu fiquei curiosa para lê-lo. Apesar de ser um livro bem grande, acho que traz uma estória bem surpreendente. Vi muita gente que amou de paixão o livro, e outras nem tanto. Acho que é como você "disse", isso é uma questão de gosto pessoal. Espero poder lê-lo em breve e assim, poderei tirar minhas próprias conclusões. Gostei bastante da sua resenha :D

    Abraços.

    ResponderExcluir
  44. Livros que falam de diários e segredos são meus preferidos. Quero ler este livro.

    ResponderExcluir