='cap-left'/>

Cristina Sánchez-Andrade - O livro de Julieta



O livro de Julieta é uma leitura fora de meu habitual, conta a história da pequena Julieta, uma menininha espanhola que nasceu com síndrome de Down; de uma família que tem que aprender a lidar com as diferenças que advém da síndrome; conta a história da mãe, Cristina, que a ama muito e que escreveu o livro na tentativa de "atravessar a distância que a separa de sua filha e adentrar no seu território, enxergando-a exatamente como é".

Cristina não é demagoga, ao contrário de muitos, afirma que Julieta não é um presente de Deus, ela não exitou em afirmar que por muito tempo e, talvez, sempre,  se indagou "porque isso havia acontecido com ela".

No entanto, suas palavras foram capazes de demonstrar todo amor que ela sente por sua pequena Julieta. Demonstrou que as pequenas conquistas que a menina vai tendo são grandes para ela, que ama Julieta... Sua Julieta que tem medo de guarda-chuva, que adora trocar de roupa seis vezes ao dia, que tem um grande poder de perdoar e é uma grande imitadora.

Não é um relato esclarecedor sobre a síndrome, ao contrário, por estar longe da minha realidade, terminei a história querendo saber mais sobre. É sim uma história realística...

Escrita sem padrões, capítulos curtos, indo e voltando no tempo, somos apresentados a incerteza de uma mãe, que ama, que tem raiva, que chora, que tem que lidar com as diferenças...


Livro recomendado. 





Comentários
18 Comentários

18 comentários:

  1. Confesso que quando estava gravida morri de medo do Gabriel ter alguma síndrome. Porque deve ser muito difícil, não conviver com a criança, já dei aula para uma e sei que são muito amorosas, mas pela incerteza do amanhã. Tipo se os pais morrem quem vai cuidar? Nem todo mundo tem paciência e daria o carinho e atenção necessários, deve ser muito difícil.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. Essa também não é uma leitura muito habitual para mim, não sou do tipo de ler histórias reais, sempre fico meio abalada por elas.
    Mas fiquei interessada por essa história. Deve ser muito difícil ter que aprender a ser mãe, imagine ser mãe de uma garotinha ou garotinha com Down. Cristina foi muito corajosa ao escrever esse livro sobre Julieta, principalmente se ela não faz uso de demagogias.

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei desse livro quando o vi, mas ler mesmo não consegui ler. Uma pena, porque o livro parece ser bom.

    ResponderExcluir
  4. Oi Lari!!! Acho que todos sonham em ter filhos 100% saudaveis e quem disser que não está mentindo.
    Acredito tb numa coisa que minha avó dizia: Deus nunca da uma cruz mais pesada do que possamos carregar.
    Hoje em dia a sindrome de Down já não é tão "mal-vista" como antigamente. Já foi provado que essas crianças conseguem sim se desenvoler muito bem. Porém ainda acho que deve ser um choque quando acontece com a gente.
    Esse é um livro no minimo corajoso.
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Lari!

    Gostei da história \o/

    Vou procurar aqui para comprar kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  6. Oi Lari,
    Nossa esse livro parece ser mais uma daquelas histórias que emoções fortes não faltam. Além é claro de ser um livro que esclarece a síndrome de Dawn, algo que muitas pessoas não compreendem muito, apenas sentem dó. Gostei muito, pena que agora estou sem dinheiro se não já iria comprar...Realmente um livro que muitos deveriam ler.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  7. Eu gostei do livro e mais pra frente pretendo ler!!

    ResponderExcluir
  8. É um assunto delicado, com certeza o livro é emocionante. Não deve ser fácil para ambas, mas o amor é sempre mais forte. Amei essa capa toda delicada, é uma leitura que eu quero fazer com certeza.

    ResponderExcluir
  9. Noossa!

    Super forte!

    Lindo em!

    Blanc,
    Modaeeu.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Nunca ouvi falar sobre esse livro, e também não li nenhum livro sobre esse tema. Adoraria ler, já que você disse que é bom. A capa é muito bonita :]

    ResponderExcluir
  11. Lari
    esse livro deve ser tocante,nunca tinha ouvido falar dele.
    Por isso fiquei feliz em ler a resenha.
    =´)

    bjs

    ResponderExcluir
  12. Lariiiiii
    Lembra de mim? Tua conterrânea.
    Cara, o blog de vcs tá lindo, super cresceu desde a última vez que eu vi.
    Parabéns pelo lindo trabalho!!!
    Vou acompanhar mais.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Lariiiii!
    Lembra de mim? Tua conterrânea.
    Cara, o blog de vcs tá lindo, super cresceu desde a última vez que eu vi.
    A vida tá corrida, mas vou acompanhar mais.
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  14. Sou bem realista mesmo! Já tinha me deparado com esse livro, mas não me atriu saber qual era o assunto abordado ali... Parece bem interessante!!!

    Bjus.

    ResponderExcluir
  15. Awwwwwwwwnnnnnnnn *-*
    Que linndinho
    Não faz muito meu estilo, mas deve ser bem emocionante!

    ResponderExcluir
  16. Logo quando eu vi esse livro me apaixonei pela capa e queria ler. Mas o tema não é algo que eu estou acostumada, mesmo assim ainda tenho vontade de ler. Deve ser uma linda história.

    Beijos,
    Mandi - Book and Cupcake.

    ResponderExcluir
  17. Oie Lari =)

    Normalmente eu fujo de leituras que corro o risco de ficar meio depre durante ou depois da leitura.

    O livro deve ser muito bonito, e daqueles que fazem com que a gente reflita muita coisa em nossa vida.

    Ótima dica!!!

    bjus;**

    anereis.
    mydearlibrary | bookreviews • music • culture
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  18. Oi lari...
    achei bem diferente a temática desse livro...
    realmenete deve ser uma história muito interessante, principalmente para quem convive de perto com essas mães e essas crianças...
    fiquei curiosa pra ler!

    ResponderExcluir