='cap-left'/>

Matthew Quick - O Lado Bom da Vida


“O Lado Bom da Vida”, do autor Mathew Quick, é um dos lançamentos da editora Intrínseca. O livro vem sendo bastante comentado nas mídias, principalmente por ter inspirado o filme – de mesmo nome – que está concorrendo a oito categorias do Oscar.

A história é centrada no personagem Pat Peoples, um cara de 30 e poucos anos que passou quatro anos numa instituição psiquiátrica. Antes disso ele era um professor de história, treinador dos times de esportes da escola e um marido não tão dedicado. Pat não se lembra do motivo que o levou a ser internato e muito menos de quanto tempo passou lá; ele acredita que seja apenas alguns meses.

Sua querida mãe consegue finalmente tirá-lo do hospício, mesmo muita gente não a apoiando. Agora livre tudo que Pat quer é se tornar o cara perfeito, o homem que Nikki, sua esposa, sempre desejou. Ele então começa uma série de exercícios físicos para ficar em forma, ler todos os livros que Nikki sempre amou e tentar ser alguém com uma vida ‘normal’ de novo.

Pat tenta lidar todos os dias da vida com um pensamento positivo, sempre vendo o lado bom das coisas, porém retornar a sociedade não é fácil. Seu pai não conversa com ele e apenas se importa com o seu amado time de futebol americano, os Eagles. Pelo menos seu irmão mais novo, Jake, age normalmente com Pat, sempre procurando introduzi-lo nos círculos de amizade.

Em meio essa nova vida, ele acaba reencontrado Tiffany, jovem viúva e irmã da esposa de seu melhor amigo. Ela é tão ‘confusa’ quanto Pat, uma mulher cheia de problemas emocionais que é vista por muitos como doida. Tiffany começa a seguir Pat em suas corridas matinais e o convívio - baseado em muito quase nenhuma conversa - faz com que surja uma amizade, meio estranha, entre duas pessoas com problemas psicológicos.

“O Lado Bom da Vida” nos apresenta a um personagem desequilibrado que apesar dos pesares tem uma visão positiva da vida e que acredita em finais felizes.

Pat é cheio de problemas emocionais, porém é alguém que busca sempre fazer o melhor, é uma pessoa sincera e amável. Ele faz amizades com pessoas improváveis, como é o caso de Danny, que conheceu na instituição psiquiátrica; também Cliff seu novo psiquiatra indiano, um cara totalmente fanático pelos Eagles e com quem Pat tem grandes afinidades; e por último Tifanny, a mulher meio doidinha que não tem “papas na língua”.

Temos na história um personagem que não é um mocinho e nem vilão, só alguém com distúrbios que está disposto a recuperar sua antiga vida. Senti muita dó de Pat porque ele passou a história toda com uma fé inabalável de que teria seu final feliz com Nikki, mesmo depois de lembrar o motivo que o levou a ser internado.

Gostei muito da amizade entre Pat e seu irmão Jake. Os dois se dão super bem e Jake faz de tudo para introduzir o irmão na sociedade, sempre o levando para ver os jogos, etc...
Já o relacionamento dele com o pai é tenso, Patrick não demostra a mínima vontade em se reaproximar do filho, só conversa com Pat a respeito de futebol e quanto está de bom humor. Na verdade Patrick não trata bem a ninguém, muito menos a esposa.

Pat e Tiffany criam uma amizade improvável, mas é algo muito bonito. Confesso que torci para que surgisse sentimentos românticos entre eles.

Para quem ainda não leu o livro não recomendo assistir o filme primeiro.
Assisti o filme e posso dizer que o longa-metragem é bem diferente do livro, muitos dos segredos que só ficamos sabendo no final do livro são revelados já no começo do filme. Outra coisa bem diferente é na questão do relacionamento de Pat e Tiffany. A produção hollywoodiana fez um filme com uma visão bem mais romântica do relacionamento desses personagens. No livro não temos aquele relacionamento próximo com olhares interessados e sentimentos prontos para entrar em ebulição (senti isso no filme). No livro Pat só tem um objetivo: ser o cara certo para Nikki; ele deixa isso bem claro em suas atitudes e pensamentos.

O Pat também não tem aquele relacionamento legal com o pai, como o filme tentou passar. Já o relacionamento de Pat com Griff é bem mais próximo do livro, sendo uma das partes interessantes da história. Os dois são viciados em futebol e proporciona cenas bem divertidas.

Não leia o livro achando que é voltado totalmente para o romance entre duas pessoas com problemas emocionais. O livro se trata de um cara que quer ser feliz, que quer reconstruir a vida e voltar a ter o que tinha antes. Pat é um cara que crê em finais felizes e acredita que sua vida é como um filme em que no fim tudo dará certo.

A atuação de Bradley Cooper e Jennifer Lawrence está excelente! Eles conseguirem encarnar bem os papéis.

Recomendo o livro e o filme. Os dois são muito legais e vale a pena conferir.

Mais informações em:

click to zoom
Site Oficial da Editora Intríseca.
Site Matthew Quick




Comentários
28 Comentários

28 comentários:

  1. Assisti primeiro o filme por conta das ótimas críticas e fiquei bem entusiasmada de ler o livro também. Confesso que simplesmente me apaixonei pelos dois. O Bradley Cooper e a Jen Lawrence dão um banho de interpretação e eu ri litros com o texto delícia do Matthew. Além do mais, é uma leitura rápida e fácil, tanto que li em duas tardes. Recomendadíssimo =)

    ResponderExcluir
  2. Adorei a resenha Lu. Acho que a sinopse engana um pouco, pois realmente pensava que se tratava de uma linda história de romance entre duas pessoas (e olha que nem cheguei a ver o trailer do filme).

    Mas lendo sua resenha, fui percebendo que ainda assim parece ser uma graça a história. Não sei qual é esse segredo, mas a história do rapaz com problemas deve ser no mínimo bonita em certos instantes, não? Sei lá, alguém que tenta sempre ver o lado positivo das coisas... Nem sempre é fácil.

    Está na minha lista de leituras esse. Vou ler o livro primeiro e depois ver o filme *do contra* hehehehe. Mas adoro a Jennifer Lawrance e acho que ela atua muito bem, deve estar ótima no papel.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu,
    Estou louca para ler esse livro e correr logo em seguida para o cinema e assistir ao filme. Tô louca de curiosidade para saber o que aconteceu com o Pat para que ele fosse internado e não se lembre de nada do que aconteceu antes.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Oi Lu, estou louca pra ler este livro. Esta é a primeira resenha dele que eu eleio, e adorei. você caprichou e deixou ainda mais desejosa. Com certeza não assistirei ao filme ante de ler o livro, nunca faço isso. Obrigada pelas dicas. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Quero muito conhecer está história, mas quero ler o livro primeiro para só depois assistir o filme.
    Não sabia que o filme diferenciava desta forma do livro, então fiquei mais curiosa ainda.
    Acho muito interessante como o Pat leva a sua vida após sair do hospício; não é todas as pessoas que conseguiriam encarar a vida de forma positiva após uma experiência dessas.
    Fiquei apenas com uma dúvida: no livro chega a especificar quanto tempo o Pat ficou no hospício? Porque todos as resenhas que li deste livro todos mencionam a mesma coisa, que ele pensava ter sido apenas alguns meses.
    Quero muito conhecer esta história e adorei a sua resenha, Lu. Só me deu mais vontade ainda de ler este livro, que, a propósito, tem uma capa linda.

    ResponderExcluir
  6. Oi Lu!

    Eu ainda não li o livro nem assisti o filme kkkk

    Bjs!

    ResponderExcluir
  7. Lu, eu cometei hoje cede aqui e não apareceu, minha sorte foi que eu não fechei sua página. Bem, então vou repetir.
    Eu estou louca pra ler este livro, e esta foi a primeira resenha dele que eu li. Agora eu fiquei ainda mais animada e curiosa. Você caprichou, adorei.
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Lu, eu li o livro e amei! Achei o máximo mesmo \o/
    Ainda não vi o filme, mas espero ver em breve. Já sei que muita coisa vai ser diferente, então vou tentar encarar com a mente bem aberta (mas nem por isso deixarei de criticar tudo o que a meu ver ficar ruim >< hahahaha).

    Beijos,
    Nanie

    ResponderExcluir
  9. Acho a ideia do livro super bacana e a capa é linda. Falar de otimismo e de reconstrução pode ser difícil mas se o livro virou filme então é porque Matthew fez tudo com maestria.
    Parabéns pela resenha, conheci o blog através do Skoob e já estou seguindo.
    http://desconstruindoaspalavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Nossa agora q voc falou acho q vou assistir o filme primeiro ! Estou louca pelo livro, mas pensava q ele era mais um romance ! :D
    Acho q fiquei um pouquinho decepcionada, pq pensei q Pat e Tiffany (no livro) formavam um casal romântico !


    Ótima resenha !

    ResponderExcluir
  11. Eu amei sua resenha , mas como sempre procuro fazer , vou ler o livro primeiro , pois sempre eles estragam o livro =)

    ResponderExcluir
  12. Oi Lu.
    Parabéns pela resenha!
    Assisti o filme e me surpreendi,porque o Pat é um personagem "normal" e o melhor que acredita no " lado bom da vida" mesmo depois de passar por uma situação difícil,e sua vida sofre uma reviravolta quando conhece Tiffany.
    O livro ficou criativo com a capa do poster do livro

    ResponderExcluir
  13. Oi, amei a resenha, tenho que confessar que só quero ler o livro mesmo, por conta do filme, mas acho que não vou me decepcionar com nenhum dos dois. Já li outras ótimas resenhas desse livro e sempre recomendam ele.
    Quero muito assistir o filme, mas vou me segurar até conseguir ler o livro primeiro.

    ResponderExcluir
  14. Eu me interessei por esse livro através do trailer, gostei muito e estou muito ansiosa para conhecer essa história. Tenho certeza que a vida complicada dos personagens só vai servir para atraí-los, quero muito saber no que vai dar.

    ResponderExcluir
  15. Adorei a resenha =)
    Agora só falta ler o livro ....
    Mas só vou ler o livro , pq quero ver se foi muito mudado =/
    Sempre estragam os livros ... hehehehe

    ResponderExcluir
  16. A sua resenha está ótima.
    Quando eu vi esse livro na livraria eu me interessei logo de cara.Amei a história e estou maluquinha para assistir o filme.

    ResponderExcluir
  17. Oi Lu os filmes sempre romanceia mais as histórias. Por isso prefiro ler antes e assistir depois, porque como acontece na maioria das vezes eles sempre mudam alguma coisa. As vezes muito outras nem tanto, mas é bom não arriscar.
    Admito que não estou muito interessada no livro, talvez essa capa do filme tenha diminuido meu intreresse (estranho, né?).
    Vou decidir o que fazer.

    Beijos
    Caline - Mundo de Papel

    ResponderExcluir
  18. Amei a resenha, li as primeiras páginas que a Intrinseca disponibilizou, Pat é muito encantador, sempre procurando ver o melhor nas pessoas, vi o trailer do filme e amei, mas queria ler o livro antes, quem sabe isso não acontece?
    Um abraço.
    Amanda.

    ResponderExcluir
  19. Amei a resenha, li as primeiras páginas que a Intrinseca disponibilizou, Pat é muito encantador, sempre procurando ver o melhor nas pessoas, vi o trailer do filme e amei, mas queria ler o livro antes, quem sabe isso não acontece?
    Um abraço.
    Amanda.

    ResponderExcluir
  20. Estou super ansiosa para ler este livro e ver o filme também - exatamente nessa ordem!
    As atuações da Jennifer e do Bradley estão sendo muito bem elogiadas e devo dizer que a do Robert de Niro também deve fazer toda a diferença!
    Quero muito assistir e ler logo! *--*

    ResponderExcluir
  21. Eu vi o filme antes de ler o livro, que não tinha recebido ainda, e gostei do filme..mas agora que li que não tem tanto romance quanto no filme, não sei se vou ler agora rs, ando numa onda mais romantica..vou deixa-lo na minha estante, pra esquecer um pouquinho do filme,
    beijos.

    ResponderExcluir
  22. Quero tanto ler esse livro, com tanta gentte falando tao bem dele so me da mais curiosidade ainda. Alias, nem o filme vou assistir para nao perder a graca do livro.
    Acho que eh um romance bem agradavel, neh?

    bjs.

    http://booksandmuchmore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  23. O filme e o livro são ambos que eu quero ler/assistir muito! Não sei se espero sair no cinema aqui em Olímpia ou vejo online mesmo pra acabar com a minha curiosidade. Com tanta gente falando bem do livro só me aumenta a vontade e desejo. Adorei sua resenha!

    ResponderExcluir
  24. Parabéns pela resenha, ela está muito boa. Ainda não li o livro e nem assisti ao filme mas já li muitas resenhas sobre ele e todos falam muito bem Vou querer ler o livro.
    Maristela G Rezende

    ResponderExcluir
  25. So esperando um espaçoziinho pra começar a leitura desse livro *--*

    ResponderExcluir
  26. Eu gostei da amizade dos irmãos no livro, no filme achei o irmão do Pat um idiota, mas gostei bem mais do pai dele no filme do que no livro. Acho que é um bom filme, gostei bastante, mas separei um pouco o livro na minha cabeça, pra não criar expectativas.

    ResponderExcluir
  27. Eu comecei a ver mas parei na metade, não me lembro se foi porque não gostei ou não tive tempo... Não tenho vontade de ler o livro.

    ResponderExcluir
  28. Excelente post, muito bem sucedida. Eu realmente gosto do filme. A história eu achei muito bom, bem executar um script, engraçado e inteligente. Abotoaduras entre Jennifer Lawrence e Bradley Cooper me espanta, posso dizer que é um dos melhores filmes drama Cooper. Atuações ótimas até mesmo dos coadjuvantes Robert De Niro e Jacki Weaver estão ótimos. Uma ótima historia, madura, diferente de todas essas comedias dramáticas/românticas. Vale muito apena acompanhar.

    ResponderExcluir