='cap-left'/>

Jennifer E. Smith - A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista



“A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista”, da autora Jennifer E. Smith, foi lançado recentemente no Brasil pela Galera Record. O livro chama a atenção mesmo antes de lermos a sinopse, pois possui uma capa maravilhosa e um título que, com toda sinceridade, nos faz querer ler imediatamente.

Já digo que não espere uma história mirabolante com aquele romance impossível, pessoas tentando separar o casal principal, etc... Porém, aguarde um enredo fofo que te faz sonhar com a probabilidade de que realmente exista amor à primeira vista e que, com muita sorte, você o encontrará no aeroporto (risos).

Hadley Sullivan, 17 anos, teve o dia mais corrido de sua vida e tudo que conseguiu, ao fim das contas, foi perder o seu voo para Londres e ser obrigada a esperar o próximo. Não que ela estivesse animada com a viagem, pois estava indo assistir ao casamento de seu pai com Charlotte, uma mulher que ela nunca viu na vida. Hadley é revoltada com esse casamento, pois foi praticamente ontem que ela viveu em uma família feliz, com seus pais super apaixonados um pelo outro; porém, sem mais nem menos, a família perfeita se desfez e seu pai estava prestes a formar uma nova.

Por vezes o destino muito sacana, porém também pode reservar surpresas imperdíveis na vida de uma pessoa, e Hadley foi a premiada da vez.

Ela odeia lugares fechados e cheios, mas em meio àquela bagunça do aeroporto Hadley se esbarra com um garoto lindo que pretende tornar a viagem um momento inesquecível: seu nome é Oliver.

Oliver, com seu sotaque sexy e seu jeito divertido, proporcionará a Hadley uma viagem memorável. Ele é um cara seguro que também tem problemas familiares, porém não deixa transparecer seus sentimentos. Oliver passa a viagem toda tentando distrair Hadley de sua fobia e demonstrando querer ajudá-la a lidar também com os problemas familiares.
Com essa curta convivência Hadley e Oliver vão criando sentimentos e uma vontade de louca de que a viagem não acabe nunca, porém o tempo de se separarem e enfrentar a vida real está chegando.
O que acontecerá quando o avião pousar?

“A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista” é daqueles livros que a gente já começa a leitura achando que vai ser bom ou no mínimo apenas uma leitura de passa tempo. Porém, mais uma vez estava engana: Jennifer E. Smith não criou somente uma história clichê sobre amor à primeira vista, então espere muito mais desse livro! Essa é uma história não só de amor, mas também sobre família e seus problemas.

Paguei-me muitas vezes sofrendo com Hadley pelo casamento do pai, pois pelas lembranças da personagem a sua família era perfeita e seus pais se amavam bastante; então por que o casamento acabou? O que aconteceu de errado? Meus pais não são separados, contudo se acontecesse isso algum dia acredito que eu não aceitaria facilmente, assim como Hadley, o casamento do meu pai com outra mulher.

A separação dos pais deixam Hadley receosa sobre relacionamentos, mas não tem como burlar o destino e logo ela se vê totalmente próxima de Oliver, querendo ele para além daquela viagem, e fazendo ocm que o leitor também embarque neste sonho... claro que me vi querendo os dois juntos também!

“A Probabilidade Estatística do Amor À Primeira Vista” é uma história fofa que vale a pena ser lida. Recomendo para quem curte um bom romance.

Mais informações:



Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Ai ai ai papai do céu literário eu morro! Adorei esse livro *0*
    Muito fofo, muito bom, muito eu quero! E quanto spoiler peguei agora, quero ler caramba! Tenho de parar de ver resenha dele, estou atolando de spoiler aqui e parece que já li foi o livro....Mas tanto faz, é bom demais!

    ResponderExcluir
  2. Amei o livro, e mto mais o Oliver uh lala

    ResponderExcluir
  3. OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOH! Eu quero muito esse livro, desde que eu vi a Giu falando sobre ele, entrou em minha lista! E essa capa é a coisa mais fofa que eu já vi!
    Um beijo.
    http://livrodagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu já li uma ou duas resenhas sobre esse livro e amei, tanto quanto a sua que leio agora. Desejo muito ler esse livro, mesmo porque eu, pessoalmente, não acredito em amor à primeira vista.

    ResponderExcluir
  5. Certamente a capa e o título já chamam a atenção por si só, A ''Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista'' afinal quem não acha fofo e QUASE ( digo quase por que como o mundo está né...) se apaixonar a primeira vista...
    Foi a primeira vez que li a resenha do livro mas já ouvi falar muito bem do mesmo.
    Bom, é isso agora só cruzar os dedos.

    ResponderExcluir
  6. Assim que vi o título desse livro pensei que daria uma ótima comédia romântica no cinema. Parece ser uma história tão fofa e só o título já te mantém cativa e a capa é muito bonita.
    A Hadley parece o tipo de personagem pelo qual você cria um carinho bem rápido e a história em si parece ter o mesmo efeito.
    Quero muito ler.

    ResponderExcluir
  7. Poxa me empolguei, mas eu gosto mais da capa original , tem uma pegada mais rockstar , coisa de roqueira , me deixou babando nele , já estou de olho nele a muito tempo e tenho visto muita gente falando bem dele !

    ResponderExcluir
  8. Esse livro parece ser tão fofo
    esta na minha meta de leitura
    e acho que 4 minutos mudariam minha vida

    ResponderExcluir
  9. Viviane dos Anjos17 de abril de 2013 19:35

    Esse livro deve ser super fofo, a história parece filme do tipo comédia romântica totalmente água com açúcar,adorei a capa, e me apaixonei pela premissa descrita na resenha e espero que "A Probabilidade Estatística do Amor à Primeira Vista” logo logo vire uma promo aqui no blog pra que eu possa tentar levá-lo pra casa!:)

    ResponderExcluir
  10. Nunca li um livro dessa autora,mais achei interessante

    ResponderExcluir
  11. Adorei a sinopse do livro, achei a capa fofa e atraente. E depois de uma resenha assim, completa, sinto mais vontade ainda de ler. Porque nossa vida é assim mesmo, pode mudar a aqualquer momento e precisamos estar atentos aos sinais que a vida aponta, muitas vezes nem percebemos... não podemos deixar passar as oportunidades de virar o jogo, de apostar na felicidade.

    ResponderExcluir