='cap-left'/>

Vanessa Bosso - A aposta


"Façam então as suas apostas, porque o jogo de 
sedução está prestes a começar"

Nina Albulquerque era uma garota muito avessa aos relacionamentos, depois de uma triste experiência não queria se ter nada com nenhum garoto. Além disso, ela tinha um gênio fortíssimo, chegando, inclusive, a ser expulsa de seu antigo colégio por atacar o carro de um professor.

“E respondendo a pergunta de Nina "Quem esse
Lex Heinrich pensa que é", deixarei que o próprio responda.
- Eu sou o cara e  não há como negar."

Alexandre Heinrich era o galinha do novo colégio de Nina. Ele era muito, mas muito bonito, e agora precisava de grana para arrumar sua moto, para não ter que ir para o colégio de bicicleta. Seu amigo Gancho pensou na solução: uma aposta envolvendo muito dinheiro!

"A Grande Aposta será lançada.
Amanhã, no pátio do colégio.
Venham com a carteira recheada de notas altas.
Gancho."

O objeto da aposta: Nina! A maioria do pessoal pensava que ele não conseguiria. Bom para ele que ficaria com todo o dinheiro das apostas. Mas Lex também não havia aceitado, não queria participar disso. Todavia, ameaçado por Barbara, a grande vilã da história, quem tinha um vídeo comprometedor, ele teve que continuar...

Sabendo que Nina descobriu sobre a aposta, inclusive tendo no rosto a marca de um tapa dado ante a indignação dela, ele resolveu fingir que havia desistido. Só que as coisas não ocorreram como gostaria, e foi a vez de Nina apresentar a sua Aposta:

"- Me conquiste, faça eu me apaixonar por você, Lex.
Se conseguir essa proeza, terá o dinheiro que precisa."

O campo de guerra? Paradisíaca Ilha de Inamorata, local da viagem de formatura do casal.
Os oponentes? Lex e Nina.
A disputa? Recheada de beijos apaixonantes, amigos queridos e uma maléfica vilã.
O que estava em jogo? O dinheiro.
O que estava realmente em jogo? Sentimentos e a chance de encontrarem um lindo amor.

Eu gostei muito do livro. Muito mesmo.

Além do enredo interessante, em que pese um pouco  clichê, para corroborar com a excelência do livro Vanessa Bosso deu grande destaque as histórias secundárias dos amigos do casal, sobretudo de Gancho e Nat, grande amiga de Nina. Ainda, há de se destacar o bom humor do livro, que não desmerece nenhuma grande comédia.

Ou seja, livro mais que recomendado.

Só me resta uma grande ressalva: a narração. Não que seja ruim, mas a autora optou em narrar de uma forma não tão convencional, o que a princípio fez com que eu perdesse o ritmo de leitura e não conseguisse me conectar ao livro. Perpassada os primeiros momentos, passei a me acostumar e não desgostar.

Vanessa escolher narrar de uma forma mais interativa, como se  uma terceira pessoa estivesse comentando a história e tecendo comentários, tecnicamente conhecido narrador- onisciente. Expressões como “nunca saberemos”, “tal assunto fica para depois”, “vamos tentar entender”, “vocês querem maiores detalhes” são bem comuns no texto. Tal característica pode ser muito bem notada neste trecho da narradora:

"What? Vocês estão gritando aí? Porque eu estou surtando por aqui.
 Essa sim é a Grande Aposta no ano, folks."

Outra grande - coff cofff - ressalva é sobre este trecho que narra o físico de Lex – que diga-se de passagem é maravilhoso, sortuda da Nina.

“... peitoral desenvolvido e depilado do rapaz. Acho estranho
homens depilados, mas enfim, Lex faz o tipo metrossexual"

Confesso que eu também não gosto de homens depilados!
Eu o imaginei cabeludo, ok? Nada como Tony Ramos, claro. (risos)

Eu comprei o livro, na verdade ebook, pela Amazon. 
Apesar de não estar gostando dos valores dos ebooks propostos pelas Editoras, que via de regra são quase iguais dos livros físicos, os de autores nacionais estão sendo vendidos por preços realmente interessantes. Nisto, a rede americana, nos fez um grande favor. Há muito tempo queria ler os livros da Vanessa e só agora tive condições de comprá-lo por estar mais em conta.

Então, indico que CORRAM, façam o cadastro lá e comprem A aposta.
Livro mais que recomendado.


Comentários
7 Comentários

7 comentários:

  1. Oi, Lari! Poxa, é o primeiro livro que lê da minha autoria? Ah, acho que começou bem, logo pelo galinha mais cobiçado do pedaço!!! Ahahahahahahaha. Gostei muito da resenha! Bjo grande.

    ResponderExcluir
  2. Esse livro já tinha me chamado a atenção há um tempo, mas ainda não o li. Adorei a resenha e fiquei com bastante vontade de conhecê-lo, mesmo que o modo como foi feita a narrativa me desanimou um pouco. É realmente um livro clichê, mas que parece ser uma leitura agradável da mesma forma.
    Adorei a resenha ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu gostei muito do livro, mas achei ele bastante clichê, a história da Nina e do Lex não me convenceu muito!
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Nunca li nada da Vanessa (vergonha), nem sei por qual livro dela começar... alguma dica?
    Adorei o post

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Ainda não tive a chance de ler esse livro da Vanessa, mas achei a história um pouco clichê, mas adoro uns livrinhos clichê as vezes. Já li Possuida da Van e adorei a história e a forma que ela conduziu a narrativa, mas assim como vc, tbm fiquei meio perdida com a forma que ela escreveu algumas partes, mas nada que apague o brilho do livro.
    Adorei a resenha!
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Só tive o prazer de ler apenas um livro da autora e adorei. Em breve pretendo ler outros trabalhos dela.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Só li um livro da autora mas me lembro de ter gostado. Adorei a sua resenha e acho que irei gostar do livro pois em terceira pessoa normalmente eu gosto bastante. Adorei a sua resenha, e leia mais livros da autora!

    Beijos
    http://www.partesdeumdiario.com/

    ResponderExcluir