='cap-left'/>

Ali Cronin - Três é demais


Três é demais, da inglesa Ali Cronin, continuação da série Garotas < 3 Garotos, conta a história de sete adolescentes ingleses, que intercalam a narração em primeira pessoa a cada novo volume, e foi lançado bem recentemente pela Editora Seguinte, selo da Cia das Letras.

No primeiro livro, tivemos a oportunidade de conhecer melhor Sarah, a santinha do grupo, que se apaixonou e perdeu a virgindade com um cara de Londres, sem notar que Ollie, outro amigo do grupo, gostava dela.  Já em Dizem por aí o foco foi a maluquete Ashley, a namoradeira do grupo, seus dramas familiares – para mim inexistentes –  e a descoberta de um grande amor...

Dessa vez, em Três é demais, o foco é a Cass, a inteligente dos amigos. Ela namora há anos Adam e não entende como seus amigos podem não gostar dele. Ela é tão sortuda, os dois formam um casal tão lindo, pena que seus amigos não concordam, achando que ele suga a vida dela.

Apesar disto, somente agora, depois de três anos de namorado, é que Cass começa a se questionar sobre seu romance... Ademais, para deixá-la ainda mais tensa, sua mãe não deixa de pressioná-la para que vá para Cambridge, ela tirou um C em um trabalho – inadmissível para ela – e seus amigos saem sem ela, por acharem que ela não iria por estar com Adam. Ou seja, está tudo ruindo ao seu redor.

Por outro lado, para também complicar sua vida, seu grande amigo Jack, o esportista virgem do grupo, resolve se declarar.  Ele a ama. Muito.  Pena que ela só pensa nele como um irmão. Será?

Além disso, em uma viagem, para realizar uma entrevista para ingressar em Cambridge, ela conheceu Tome e rolou até um clima, e Cass não pode deixar de pensar nele. Mas ela não poderia! Ela tinha namorado.

Três garotos confundindo seus sentimos?
Como lidar?! (E umas, como eu, sem nenhum. Oh, vida)

Eu gostei dos dois primeiros livros da série, mas não são excepcionais, mas não pude deixar de correr para ler a continuação e não decepcionou. Manteve o nível dos primeiros, sendo inclusive melhor.

Ao ler Três é demais uma sensação de familiaridade para com os personagens foi me tomando, fazendo com que o caminho para a excelência fosse mais curto. Já os conhecia, já sabia dos seus passados e os dramas que os envolviam. Foi muito bom ter contato com Ashley e saber que ela continua apaixonada... foi bom saber de Sarah e Ollie.

Todavia, em relação ao próximo da série, #quesabeseláquandoserápublicado, sinto uma enorme frustração. Isto por que, muito me recordou aquelas séries americanas, que com um novo capítulo uma nova história envolvendo os protagonistas, com um final razoável, mas que na bem na verdade não é um final, com muitas situações em aberto, a espera de mais.  Só que nas séries americanas a continuação é na semana seguinte, aqui só daqui uns meses...

Ou seja, se havia comentado que eles podem ser lidos de forma independente, continuo afirmando que sim, uma vez que cada livro é de um protagonista, mas não recomendo, pois as histórias se entrelaçam e as próximas deverão ser ainda mais.

Ponto positivo: a fluidez do texto e a forma natural com que a autora relata os dramas juvenis. Ali Cronin faz um relato verossímil da realidade, não deixando de envolver assuntos tabus como drogas, gravidez adolescente e dramas familiares.

Ponto negativo: além de estar eufórica pela continuação que só virá daqui uns meses, sinto que Ali poderia aprofundar mais. São tão poucas páginas para tanta coisa a ser tratada. Merecia mais!

Em suma, livro recomendado.

Série "Garota < 3 Garoto:
0,5 - Noite das Garotas - conto;
1,5 - Não me esqueça - conto, você pode ler AQUI;
3 - Três é demais;
4 - Lições de Amor - não publicado no Brasil, previsão out./2013;
5 - A Garota certa - não publicado no Brasil;
6 -  Eu e Você - não publicado no Brasil.
                                            

Mais Informações em:
Site Oficial da Ali Cronin  - Site Editora Seguinte




Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Eu tenho muito medo de ler esse tipo de livro e ficar entediada com um monte de menininhas frescas e cheias de mimimi, mas você recomendou então quem sabe eu dê uma chance né :D

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Eu não sabia que esse livro pertencia a uma série. Até fiquei desanimada em ler. Estou meia cansada de séries e que parece que só sai assim agora. Mas gostei da resenha e quem sabe, eu resolvo ler.

    ResponderExcluir
  3. Lariiiiii, saudades de vc! Quanto tempo não passo por aqui!

    Eu adoro essa série e sou fã estilo da Ally Cronin. Acho que ela mostra bem a realidade da juventude inglesa.
    Estou louca para ler este livro!

    Beijinhos,
    Carol Estrella
    Romances e leituras (www.romanceseleituras.com)

    ResponderExcluir