='cap-left'/>

Kelly Creagh - Nevermore


“Nevermore”, da autora Kelly Creagh, foi publicado – para a felicidade, acredito eu, de muita gente – no Brasil pela Editora Pandorga. O livro é um dos que mais ansiava pela publicação e posso dizer que a leitura não me decepcionou nenhum pouquinho. O livro tem um ar meio sombrio - o que torna a estória mais emocionante - e personagens interessantes, que apresento abaixo para você.

Isobel Lanley é uma garota popular, superficial, líder de torcida e linda que namora o jogador de futebol e estrela do time da escola. A vida dela gira em torno dos treinamentos das líderes de torcida e de seu namorado possessivo, arrogante e ciumento. Sua família - mãe, pai e irmão - é a típica perfeita onde todos se amam e se protege.

No começo da história ela chega a ser uma personagem bem chatinha que não atraiu minha simpatia, principalmente por ser alguém fútil que se importa apenas com a opinião dos amigos populares.

Varen Nethers é um garoto gótico, introspectivo e visto como o esquisito da escola, cujo os populares simplesmente nem ligam para a existência. Não ligavam, na verdade, até que o mundinho de Isobel e Varen se cruza.

A última coisa que os dois queriam era fazer um trabalho juntos, mas seu professor os selecionam como dupla para um projeto de inglês em que cada par terá que escrever sobre um escritor americano famoso que já morreu. Aliás, para piorar o projeto será entregue e apresentado no Dia das Bruxas e na data mais esperada pelo pessoal do colégio: o jogo mais importante do time de futebol da escola. Isobel não pode se dar ao luxo de negar a fazer o trabalho com Varen, pois sem a nota ela não conseguirá passar na matéria.

As coisas não são boas no começo para os dois, mas na medida em que Isobel vai conhecendo Varen, descobre um lado melancólico e também um maravilhoso do garoto incompreendido. Quem não gosta dessa aproximação é Brad, o namorado dela, que começa a atormentar o gótico em toda oportunidade, chegando a ser bem agressivo.

Varen também no começo sente que a escolha de parceira é péssima, no entanto vai descobrindo que Isobel é mais do que um rostinho bonito e que esconde uma personalidade bem interessante. Lidar com o namorado e amigos dela não é fácil, principalmente porque a vida do garoto já têm problemas o suficiente.

Porém por mais que ele tente não consegue se manter afastado da líder de torcida e vice versa, contudo o mundo de Varen é dominado por uma grande escuridão que o torna bem distante da realidade.

Logo Isobel descobrirá que será preciso ser bem forte se quiser ficar com o gótico, pois terá que enfrentar algo bem perigoso e sombrio que fará de tudo para os impedirem de ficar juntos.

Apesar do começo de “Nevermore” parecer clichê e bem parecido com outros romances juvenis, ele consegue ser totalmente diferente no decorrer do livro. A história tem sim, no começo, seu enredo típico de casal de distintas escalas sociais na escola que se apaixonam e bláblá... porém nesse livro a história vai para um lado bem sombrio e além do mundo do ensino médio.

Kelly Creagh escreve um enredo fazendo um paralelo com a história do sinistro autor Edgar Allan Poe que viveu e também morreu rodeado de mistérios. Aqui, os pesadelos criam vida para atormentar quem os escreve e para suga-los para seu mundo assombrado.

Isobel apesar de ser chata no começo acaba se tornando uma heroína das boas, daquelas que encontram força no amor para lutar contra o mal e salvar os que amam. Varen é um fofo, uma alma atormentada que encontrou na escrita uma forma de se afastar da triste realidade em que vive, mas sua angústia é tanta que acaba trazendo a vida suas sombrias palavras. Os dois são apaixonantes e não tem como torcer por eles.

O final desse livro é angustiante e sombrio; é daqueles que você fica pensando por dias. Mas calma se você acha que a história termina ruim e que por isso não vai ler. Na verdade esse é o primeiro livro de uma trilogia, então provavelmente ainda passaremos por muitas angústias antes que Isobel e Varen tenha seu final feliz.
Super recomendo, pois curtir demais esse livro!

Trilogia Nevermore

1 - Nevermore
2 - Enshadowed*
2 - Oblivion*

* = Não publicado no Brasil

click to zoomMais Informações:


Comentários
11 Comentários

11 comentários:

  1. Vi a capa e o título e fiquei esperando o momento da resenha em que Edgar Allan Poe seria citado AHHAHA. Acho que eu ficaria meio brava se isso não acontecesse, porque é meio óbvio demais =P
    Curti a história, parece ser bem o meu estilo - meio dark, mas sem ser completamente dramático. Procurarei!

    Beijinhos
    www.nossosromancesadolescentes.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ei Lu,
    Não conhecia essa série, mas é a minha cara!
    Achei bem interessante, vou pesquisar um pouco mais sobre ela.
    Valeu pela dica!
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Nossa que show, adoro livros que envolve adolescentes, escolas, e misturar uma líder de torcido com um gótico, tipo uau. Estou mooorta de curiosidade para ler!!
    Um beijo
    http://abcddolivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. amei a capa ! Achei que era sobrenatural. meio que me decepcionei kkk

    não gostei da garota ser meio metida e estrela escolar, lider de torcida. Muito clichê, mas se vc disse que tem um toque sombrio e personagens bem construídos , eu vou confiar em vc rsrs .

    bjus

    http://kathlleenkristine.blogspot.co

    ResponderExcluir
  5. Acredito que toda história sofre um pouco de clichê, não é? Seja no começo, no meio ou no final. O que importa, de fato, é como tudo acontece. Pelo menos eu acho isso.
    Confesso que no início da resenha, não gostei muito, mas depois que li o resto, achei a história interessante e me encontrei curiosa.
    Nunca imaginei o amor entre duas pessoas completamente distintas como essas, uma patricinha e um gótico. Gostaria de saber como isso irá terminar. O mais surpreendente é que a história não se limita a apenas um livro, mas sim uma trilogia.
    Procurarei mais sobre esse livro.

    http://umadosemaisforte.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Quando vi o titulo Nevermore e a capa com um pássaro preto parecendo um corvo me lembrei automaticamente do Allan Poe, mas pela resenha só tem em comum o clima sombrio.

    ResponderExcluir
  7. Não conhecia ainda, mas pela resenha achei a história interessante e diferente Vou adorar ler e descobrir mais sobre esses personagens tão diferentes e atraentes.. beijos.

    ResponderExcluir
  8. Não conhecia esse livro, mas fiquei bem curiosa para ler, e temorosa por ser uma trilogia, eita povo que ama fazer trilogias hehe.
    Achei bem legal a resenha, me fez ficar mais curiosa a respeito do livro ;)

    ResponderExcluir
  9. Achei interessante! Gosto quando dois personagens totalmente diferentes um do outro tem que andar juntos, se misturar, e isso me deixa numa curiosidade do caramba hahahahaha , achei muito legal, mas não achei a capa tãaaao a ver com a história do livro. Pela capa parecia um livro de terror e pans, e pela resenha não é bem assim...

    ResponderExcluir
  10. Resenha muito boa, abordando o conteúdo de forma simples e inteligente, facilitando a compreensão e despertando o interesse dos leitores.

    ResponderExcluir