='cap-left'/>

Maria Semple - Cadê você Bernadette?


Cadê você Bernadette? Conta a história de uma família meio – hã – diferente. A personagem título do livro é muito interessante. Mãe zelosa, famosa arquiteta reclusa e introspectiva, vive do passado, com medo do futuro e sem amigos, na pacata e chuvosa Setlle. Bernadette, inclusive, tem uma prestadora de serviços, com quem somente se comunica por e-mail, que faz tudo que ela pede, como por exemplo: comprar passagens, roupas e marcar médico. Uma secretária online da Índia!

Seu marido Elgie é um marido meio ausente, também pudera, ele é um rock star da informática, famoso em na área em todo o país por ser gestor do projeto Samantha 2.
Bee é uma garota de 15 anos, a amada filha de Bernadette, uma garota muito inteligente que está louca para começar a estudar no internato e que, por ter ido muito bem à escola, escolheu como prêmio uma viagem para a Antártida...

Antártica! Lógico que os pais concordam com a viagem, não queriam decepcionar Bee. Mas, para Bernadette é um terror. Ela sofre de enjôos e teme ter que ficar dias trancada em um navio com um monte de gente estranha. Ela nem ao menos conseguia suportar a vizinha, Audrey Griffin, uma mulher que não consegue aceitar que o filho não é um anjo e que precisa cortar a sua trepadeira, cujo começo ocorre no terreno de Bernadette.

Audrey está enfezada com Bernadette, a anti-social mulher que não participa de nenhum grupo de mães na escola de seus filhos. Com raiva, mente para todos que Bernadette a atropelou. Ela PRECISA cortar a trepadeira no terreno de Bernadette para um encontro de pais para angariação de Pais Mercedes para a escola. Ela destila seu veneno contra Bernadette com uma grande amiga, quem irá trazer grandes problemas aos pais de Bee...

Um círculo de personagens, uma viagem ao fim do mundo e um golpe findam na hilária história contada por Bee... Uma história que nem tudo é o que parece! 

Deu de perceber que o enredo é um pouco sem pé nem cabeça, certo? A narração também é peculiar, ao ocorrer intercalando pensamento em primeira pessoa de Bee, cartas e e-mails dos demais personagens.

Não há como negar que a narrativa é o maior charme do livro. Mas, ao mesmo tempo, também é o ponto mais negativo do livro, aos que preferem uma narrativa mais ágil podem se sentir decepcionados e também quem prefere algo mais convencional, com um perfil psicológico do personagem mais esmiuçado, pode não gostar tanto da forma não habitual de narrativa.

Eu? Como disse, gostei muito do livro. Achei ele fofinho e li rapidamente, instigada a querer saber o que ocorreria no Alaska e  o mistério de Bernadette,  que fez com que Bee passasse a buscá-la.

Se você quer ler algo diferente, este livro é mais que recomendado!


Comentários
8 Comentários

8 comentários:

  1. Esse seria um dos livros que eu compraria só por causa da capa. Amei sua resenha! :)
    Bjss

    ResponderExcluir
  2. É um dos livros que está em minha lista de leitura, amei a capa desde que vi e a sinopse, ainda mais que há toda uma trama bem elaborada, vou amar lê-lo.

    ResponderExcluir
  3. Achei muito divertida, sem compromisso com outra coisa além da diversão! Achei a capa fofa. Seria um livro que eu encararia, sim, entre leituras densas que costumo escolher, pois adoro dramas. O título é sugestivo e a personagem principal bem peculiar com seus conflitos. Gostei!

    ResponderExcluir
  4. Achei muito divertida, sem compromisso com outra coisa além da diversão! Achei a capa fofa. Seria um livro que eu encararia, sim, entre leituras densas que costumo escolher, pois adoro dramas. O título é sugestivo e a personagem principal bem peculiar com seus conflitos. Gostei!

    ResponderExcluir
  5. Achei um livro diferente, incomum, e muito divertido. Não fiquei tãaao interessada, mas adoraria lê-lo para ver se mudo minha opinião!! A Capa foi o que mais me sugou para cá, ela é realmente linda *_*

    ResponderExcluir
  6. Capa linda demais! O legal da história é que pelo titulo você imagina que ela iria subir nos primeiros capítulos mas isso só acaba acontecendo lá no final.

    ResponderExcluir