='cap-left'/>

Nicole Jordan - Paixão


“Paixão”, da autora Nicole Jordan, foi publicado esse ano no Brasil pela Editora Planeta. Ele é segundo livro da Série Notorious, sendo o primeiro o “Sedução”. Não li o primeiro e nem por isso fiquei perdida na história, pois apesar de ser o segundo de uma série, os personagens são diferentes. O que liga os livros é o fato dos personagens masculinos principais serem amigos e fazerem parte da Liga Fogo do Inferno, que é tipo um clube formado por alguns do maiores libertinos ricos da sociedade. 

A história é centrada em Lady Aurora Demming e Nicholas Sabine. Os dois se conhecem nas Ilhas Britânicas Ocidentais de uma forma bem incomum. 

Aurora viajara para passar umas férias antes de ter que se casar - obrigada - com um duque bem mais velho que ela, um pretendente obviamente escolhido pelo pai. Aurora foi prometida desde pequena para Geoffrey, porém o jovem foi dado como morto após o barco onde viajava naufragar no mar. 

Preste a voltar para Londres, Aurora conhece Nicholas, um belo homem que está prestes a ser enforcado por pirataria e assassinato. 

Nicholas Sabine é um americano lindo mesmo estando todo machucado de tanto apanhar pelos seus carrascos; também é um homem muito rico, dono de um império de navios. Foi as Ilhas Britânicas Ocidentais para cumprir uma promessa feita ao pai, porém é capturado. O fato de ser parente de um Duque - e renomado homem em Londres - não o salva de ser condenado a forca. 

Ele e Aurora se encontram pela primeira vez quando ele está sendo espancado em plena rua por marinheiros. De forma corajosa e justiceira, Aurora impede que Nicholas seja ainda mais espancado e exige que eles o tratem melhor. Usando do fato de ser filha de um Duque e de está acompanhada do primo, que tem uma posição hierárquica bem importante na ilha, Aurora consegue ajudar um pouco a ao americano. 

Nicholas encontra em Aurora um anjo e também a pessoa que pode ajudá-lo a cumprir a promessa que fez ao pai: de proteger a irmã bastarda e levá-la a Londres para obter um casamento vantajoso. 
E como ela poderá ajudá-lo? De uma forma, digamos, bem vantajosa para qualquer mulher: casando-se com Nicholas. 

Ele propõe que se casam, sendo que o trato será bom para os dois, pois Aurora é uma mulher respeitada na sociedade e poderá fazer Raven (irmã de Nicholas) brilhar em Londres; já ela terá como recompensa uma grande fortuna que será deixada para a viúva de Nicholas, o que lhe proporcionará independência. 

Depois de relutar bastante Aurora acaba aceitando, até porque ela quer viver livre da autoridade do pai, um homem violento e ameaçador, e também de um casamento indesejado. 

Os dois se casam um dia antes do enforcamento de Nicholas e passam uma bela e inesquecível noite de núpcias. Claro que uma noite muda tudo na vida dos dois. Nicholas fica nas Ilhas a espera da morte, com a tristeza de nunca mais ver a mulher que entrou como um furacão em sua vida. Aurora parte para Londres com o coração partido pela morte de um homem tão belo e jovem que também entrou no seu coração, mesmo ela não querendo admitir. 

Meses depois, Aurora ainda lamenta pelo triste fim do marido, contudo também lida com a nova vida tranquila e com a liberdade que adquiriu como viúva, sem homem tentando controlá-la. 

Logo, porém, ela tem uma grande surpresa: Nicholas não morreu e está em Londres disposto a tê-la como esposa. Mas as coisas não serão fáceis para ele, pois sua relutante esposa não está disposta a facilitar as coisas e quer que ele parta para fugir da prisão e da forca. 

“Paixão” é um romance histórico que contém ingredientes que curto: libertino, cenário londrino, personagens secundários apaixonantes (como o Duque Lucian Tremayne, primo de Nicholas, e o amigo Lorde Clune). 

O que não gostei muito foi da Aurora. No começo ela aparentava ser uma mulher de personalidade forte e valente, que não tinha medo de enfrentar as autoridades para ajudar um completo desconhecido. Quando volta a Londres e reencontra depois de meses o marido, se torna uma mulher que tem medo do sente por ele (obviamente amor), que tem medo do que a sociedade pode achar dela, etc... Achei muito chato e cansativo a relutância dela em assumir o que sentia por Nicholas. A desculpa para não ficar com ele era muito esfarrapada para meu gosto. 

Já Nicholas é uma delícia de personagem. Um ex aventureiro e libertino que se apaixona e admite primeiro que a mocinha, e que não tem medo de demonstrar seus sentimentos. Eu cheguei a ficar cansada por ele de tanto que tentou fazer Aurora acordar para vida (risos). 

Os personagens secundários roubam a cena quando aparecem; uma pena que Lucian Tremayne e Lorde Clune aparecem bem pouco. Estou doida para ler os livros desses homens que são bem sedutores. 

O livro no geral é bom, porém chega a ser cansativo por delongar bastante na relutância (que eu achei muito exagerada) de Aurora em aceitar os sentimentos que tem por Nicholas. Tirando isso, a história consegue ser interessante como vários outros livros que se passam no mesmo período histórico que, aliás, eu adorooo. 

Série Notorious 
1. Sedução 
2. Paixão 
3. Desire* 
4. Ecstasy* 
5. The Prince of Pleasure* 

click to zoomMais Informações em:
Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Esse livro dessa série parece muito bom. Obrigada pela resenha.

    ResponderExcluir
  2. Gostei da resenha, e não conhecia essa série mas sendo da autora Nicole Jordan sei que é muito boa e adoro romances históricos.

    ResponderExcluir
  3. Amei o primeiro livro e esse parece ser muito bom,louca pra ler.

    ResponderExcluir
  4. Li Sedução e confesso que não me agradou - achei a leitura arrastada -, mas a sinopse de Paixão me agradou, apedar de ter lido coisas na resenha que consideraria spoiler.

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Adoro os livros da Nicole Jordan e quero muito ler "Paixão".
    Eu adorei o primeiro livro dessa série, então estou com muita vontade de ler a continuação!

    Beijos!

    ResponderExcluir