='cap-left'/>

Melissa de La Cruz - As Feiticeiras de East End


“As Feiticeiras de East End”, da autora Melissa de La Cruz, é o primeiro livro da Série Família Beauchamp, lançado no Brasil pela Editora iD. Já havia lido um livro da autora, o “Blue Blood”, e curti a forma com que ela conduziu a história, então resolvi iniciar a nova série.

A história é centrada nas mulheres da família Beauchamp: Joanna, a mãe, e suas duas filhas, Freya (a caçula) e Ingrid (mais velha), que vivem em North Hampton - Nova Iorque. Essas três mulheres são bruxas e possuem dons incríveis, mas que foram proibidas de usar quando foram condenadas há séculos na Corte de Salem. São imortais, sendo que Freya e Ingrid passam por um ciclo de renascimento sempre que morrem por algum motivo.

Cada uma das mulheres Beauchamp possui um dom que a torna especial.
Freya é a que recebe um maior destaque no livro e confesso que não gostei, pois é a personagem com que não fui com a cara em nenhum momento na história. Ela tem dezenove anos na vida atual, trabalha num bar e está noiva de Bran Gardiner -considerado o melhor partido da região – que é um cara aparentemente doce e bom. O casamento está bem próximo e os dois se amam, porém as coisas começam a mudar com a chegada de Killian, o irmão mais novo de Bran, que se interessa por Freya e por quem é correspondido. Os dois se envolvem sexualmente, mesmo Freya dizendo que ama o noivo e que não irá desistir dele, pois acredita que ele seja seu amor verdadeiro.

Ingrid é totalmente diferente da irmã; ela nunca se envolveu romanticamente com ninguém. É bibliotecária e adora a profissão que escolheu, é muito inteligente, se veste de modo bem ponderado (ao contrário de Freya) e tenta viver de acordo com as regras de não usar os poderes, mesmo sendo a coisa mais difícil de fazer. Ela parece ser o interesse amoroso do Detetive Matt Noble que vive indo à biblioteca, porém Ingrid não lhe dá bola mesmo aparentando também gostar do cara.

Joanna tenta viver sem seus poderes, mas aparenta ser a que mais sofre sem eles. Ela com a proibição de usar os dons se afastou do marido - a quem ainda ama - e que não o ver há séculos; também perdeu alguém muito precioso que não voltará mais a vida.

Um dia elas decidem que não querem mais viver sem seus dons e começam a usar novamente a magia para ajudar as pessoas da cidade, porém coisas estranhas e ruins começam a acontecer. Uma magia poderosa e má começa a tomar conta da cidade e as três mulheres começam a serem vista com olhos ruins, correndo o risco de mais uma vez serem julgadas por coisas que não fizeram.

Claro que elas não ficam paradas esperando o pior acontecer, decidem investigar por si mesmas e proteger suas cidade de quem quer que seja.


“As Feiticeiras de East End” possui algo que gosto muito: magia. Adoro histórias de bruxas brancas e sempre que lança algo no Brasil eu fico doida para ler. Infelizmente o livro não me agradou muito, pois achei a história muito chata em muitas partes, principalmente quando Freya aparecia. Definitivamente não gostei da personagem, não é do tipo que ganha minha simpatia nas histórias.

Gostei da Ingrid, no entanto ela fica em segundo plano na história, o que é ruim, pois considerei a mais interessante e inteligente da família. O romance que aparentemente surge entre ela e o Detive poderia ser melhor explorada, mas pelo menos acho que teremos mais do casal no próximo livro.
Já Joanna também aparenta ser uma personagem interessante, mas preciso conhecer mais sobre ela para ter uma opinião formada.

A mitologia criada por Melissa de La Cruz é interessante, mas me senti um pouco confusa e perdida, pois é muita informação para poucas páginas. Espero que a autora explique mais sobre determinadas coisas nos próximos livros para clarear minha mente.

As últimas partes foram bem surpreendentes, não fazia idéia do que ia acontecer e fiquei de queixo caído quando algumas coisas são reveladas.
Não achei o livro um dos melhores, mas pretendo continuar acompanhar a série. Creio que posso vim a curtir a história.

Não assisti ainda o seriado e nem procurei informações sobre o mesmo, então não sei se estão seguindo muito bem o enredo do livro. A única coisa que sei sobre o seriado é que nele Ingrid e Freya não sabem que são bruxas, ao contrário do livro. Caso já tenha visto e quiser comentar, fique a vontade.

Série “As Feiticeiras de East End”
1- As Feiticeiras de East End
2 - O Beijo da Serpente (lançamento em breve)
3 - Winds of Salem (ainda não lançado no Brasil) 

click to zoomMais informações em: 
Site Editora iD
Site Melissa de La Cruz

Comentários
5 Comentários

5 comentários:

  1. Também gosto muito de livros de magia, e procuro ler. Apesar de ser série, e estar correndo, fugindo de séries (já vi que não consigo) vou ler essa. Acredito que todo livro da Melissa é assim, meio confuso no inicio, mas depois ela vai mostrando o que é cada coisa. Foi assim na série anterior e gostei muito dela.

    ResponderExcluir
  2. Estou com esse livro aqui para ler, a capa dele é muito linda. O último livro de bruxos que li foi Uma Vez Feiticeira (Once a Witch), que ainda não foi lançado no Brasil, mas é bem legal tb, tenho resenha dele no blog, caso queira saber um pouco mais dele. ;) Bjuu
    http://coisasdebelaa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Tenho muita vontade de retornar a leitura dos livros da Melissa, tem algo na escrita dela e na forma das mitologias que ela cria que torna tudo interessante e aparentemente novo. Apenas li Blue Bloods e mesmo assim não toda a série, agora fiquei curiosa com As Feiticeiras de East End. Espero poder conseguir ler esse livro logo!

    http://umreinomuitodistante.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Essa capa é linda, e a história parece ser muito boa, somando os dois pontos = eu quero ler haha
    Beijos!
    http://www.garotadolivro.com/

    ResponderExcluir
  5. Acho que nunca li livros centrados em bruxas... não sei, são temas que não me chamam a atenção. A capa é linda!

    ResponderExcluir