='cap-left'/>

Jana Oliver - Ladrão de Almas

“Ladrão de Almas”, da autora Jana Oliver, é o segundo livro da Série The Demon Trappers, lançado no Brasil pela Editora Farol Literário. Para quem ainda não conferiu a resenha do primeiro livro basta clicar AQUI.

A história se passa logo após o triste evento que matou vários apanhadores de demônios em Tabernacle, no final do primeiro livro. Algo deu errado naquela noite, o círculo feito por Simon com a água benta deveria proteger o local onde os apanhadores estavam reunidos, porém isso não aconteceu e vários demônios invadiram o local. Nunca tantos demônios se reuniram juntos, mas eles tinham um motivo: Riley. O demônio de Nível Cinco (o mais poderoso) que matou seu pai a quer e não descansará até pegá-la.

Para sorte dela Orin, um caçador de demônio freelancer , sexy e perigoso, está sempre atrás dela para protegê-la. Ele tem um grande interesse no demônio de nível cinco. Há também Beck - um apanhador viajante que foi aprendiz de Paul - que tomou como incumbência proteger a jovem apanhadora. Ele, infelizmente, é muito protetor e a garota não acha isso bom e vive implicando com Beck que, aliás, não confia em Orin e vive alertando Riley sobre isso.

Contudo não é só com um demônio querendo mata-la que ela tem que se preocupar, Riley tem que lidar com o fato do corpo de seu pai ter sido roubado do túmulo por alguém que ninguém sabe dizer quem foi, mas que é extremamente poderoso. Riley não descansará até encontrar o corpo zumbi de seu pai e enterrá-lo novamente para ter o descanso eterno. Para sorte dela, Mort, um necromante “honesto” resolve ajuda-la nessa procura que se mostra bastante perigosa.

Como os problemas adoram essa garota, Riley também tem que suportar o fato de que fez um pacto com os anjos para salvar Simon, seu namorado, que foi mortalmente ferido na batalha em Tabernacle. Ela não se arrepende de ter o salvado, porém após de recuperar milagrosamente Simon começa a agir de modo estranho e acusar Riley, e o falecido Paul, de terem pactuado com os demônios e serem responsáveis pelo massacre em Tabernacle. Isso com certeza não é nada bom para o namoro.

A cidade depois da batalha entre apanhadores e demônios está um caos, e as pessoas estão morrendo de medo. Com esse momento terrível os caçadores do Vaticano são enviados a cidade para fazer uma limpa, o que pode acabar não só matando demônios como destruindo todo resto.

Os apanhadores odeiam essa invasão do Vaticano, principalmente Beck que sabe que os caçadores se acham superiores e não se importam em destruir a cidade para obter seus propósitos. Se não bastasse isso, ele também tem que lidar com Riley e sua ficção em se meter em problemas.

Nessa nova aventura, Riley e Beck terão que enfrentar muito mais do que o inferno para salvar aqueles que amam.

“Ladrão de Almas” tinha tudo para ser um livro nota 10, porém ele tem um sério problema: a protagonista. Riley mais uma vez consegue ser extremamente irritante, chata e infantil. Eu sinceramente pensei que ela estaria melhor, no entanto fiquei na ilusão.

A história é muito boa, contudo a primeira metade do livro foi um pouco cansativa porque estava muito parado. Na segunda metade a ação realmente começa e a história fica bem melhor, entretanto no final temos que lidar mais uma vez com as inconsequências da protagonista. Riley precisa ser salva, novamente, dos problemas nos quais ela se meteu porque quis e não porque não tinha como escapar.

Beck é novamente o meu queridinho no livro, pois ele é charmoso, protetor e não tem medo de se arriscar pelos que amam. Acho muito legal a preocupação que ele tem com Riley e não entendo como ele a suporta. Ela é extremamente infantil e se irrita do cara protege-la, porém sempre quem tem um problema acaba correndo para Beck pedindo ajuda.

Jana Oliver que me desculpe, mas não há história boa o bastante que suporte uma protagonista irritante feito a Riley. Acho-a tão chata que se morresse não faria diferença, creio até que as coisas se resolveriam melhor e Beck finalmente poderia viver feliz e tranquilo.

Gostaria muito de continuar a série, visto que há ainda muitos mistérios a serem revelados, mas se tiver que aguentar a infantilidade da protagonista em um terceiro livro, acho que não vou aguentar (risos).

Apesar da chata da Riley, recomendo o livro  pelo enredo que é interessante e com ação!

Série The Demon Trappers
2 - Ladrão de Almas
3 - Forgiven (não lançado no Brasil)
4 - Foretold  (não lançado no Brasil)

click to zoom
Mais informações em:
Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Quando essa série foi lançada eu fiquei bem interessada na historia (apesar de achar aquela capa bem horrorosinha) , depois veio tanta coisa que acabei esquecendo completamente dele.
    É triste quando a historia é boa mas a protagonista é uma mala sem alça, eu não sei se esse livro é em 3º ou 1º pessoa, mas se for em 1º é mais terrivel ainda de aturar né?
    Se algum dia encontrar esse livro em uma mega promo por ai, ou ele parar na minha mão eu leio, se não ele vai ficar nessa lista interminavel de "um dia....".....kkkkkkk
    Bju.
    =]

    ResponderExcluir
  2. Não curti não, pela sua resenha ele fica fora da minha lista...

    http://www.conversandocomdragoes.com/

    ResponderExcluir
  3. Ainda não li o primeiro volume da série, mas mesmo assim não gostei da história. Achei um tanto quanto sem pé nem cabela e não a leria.

    ResponderExcluir
  4. Que pena a protagonista ser irritante e não melhorar no segundo livro, a história parece ser boa.

    ResponderExcluir