='cap-left'/>

Michael Grant - Medo

Medo

MEDO, do autor Michael Grant, é o quinto livro da Série Gone, lançado no Brasil pela Galera Record. O livro segue o mesmo estilo dos anteriores: muito bom, mas também bem assustador, pois imagine um bando de crianças vivendo sozinhas, tendo que se virar para sobreviver em um local onde o mal predomina.

A cada livro que leio dessa série mais angustiada fico. Tenho a sensação que no fim das contas nada vai dar certo para essas crianças. Você não sabe realmente quem vai sobreviver até o fim da história, porém, essa série é muito boa e prende a atenção até o fim, então vamos ver no que vai dar.

Nesse quinto livro as coisas parecem ter se acalmado em LGAR, porém isso é o pior, pois Sam sabe que quatro meses de calmaria não é algo bom na Ilha; é muito suspeito. Ele e algumas crianças ainda estão vivas em Praia Perdida, o que é um milagre, afinal já faz um ano que tudo começou. Sam não sabe onde está Astrid, ela simplesmente desapareceu depois de ter feito algo extremamente imoral. Meramente sumiu, e Sam não sabe se a (ex)namorada continua viva. Ele continua protegendo os inocentes, aliás, sua cota de protegidos aumentou, agora também é responsável pelo bem está de Diana e o bebê que ela carrega.

Caine está vivendo a vida que praticamente desejou (tirando as coisas ruins de LGAR, é claro). Agora ele é Rei em Praia Perdida, pelo menos nas aparências, pois Albert continua próximo e comanda tudo mesmo Caine carregando a “coroa”. A vantagem de Caine é seu poder e ter Penny, com seu medonho poder e mente, próximo, mantendo todos de Praia Perdida controlados. Apesar de ser Rei, Caine ainda sente falta de Diana, a única que ele aparentemente ama.

Diana não tem uma gravidez normal e tem muito medo do que possa estar carregando. Ela sabe que não é uma boa pessoa e o pai do bebê é pior ainda, então o que duas pessoas terríveis podem gerar? Ela tem medo da resposta. É hora de ter fé, a que ela nunca teve e esperar a ajuda divina para o que vem por aí.

Astrid mudou e não se sabe se foi para melhor ou pior. Ela deixou para trás aquela menina fraca e dependente; agora é alguém que sabe se virar e já enfrentou perigos em que não teve Sam por perto para protegê-la. A culpa pelo que fez a consome, e se manter afastada é seu castigo, porém algo mais terrível do que tudo que já enfrentou está vindo e ela terá que se juntar novamente a seus amigos para descobrir.

A barreira que cobre Praia Perdida está escurecendo e em breve às crianças não terão mais luz. O pânico está prestes a estourar e Sam e Caine terão mais essa preocupação para lidar. Porém não é a única. O Gaiáfago está enfraquecido, necessitando de algo para se manter vivo e não medirá esforços para conseguir sua presa. Ele tem Drake/ Brittney para ir atrás do que deseja e eles destruirão quem tentar impedi-los.

Enquanto isso no lado de fora de LGAR, pessoas tentam de tudo para encontrar uma maneira de salvar as crianças, porém outras estão mais preocupadas em não deixar o mal sair.

Lana sente que as coisas estão prestes a piorar. Ela sente o Gaiáfago e sabe que ele está aprontando algo que poderá ser o fim para todas as crianças da Ilha. Já Quinn tenta manter todos alimentados, mas reconhece que quando escurecer a sobrevivência será impossível, e não só para os sem poderes e sim para todos que habitam LGAR.

MEDO é de dar muito medo (risos), porém, como disse acima, amei o livro. Ao mesmo tempo em que causa angustia, ele nos deixa super curiosos para saber o que vai acontecer e, é claro, que é sempre algo pior. Nessa história ficamos também por dentro do que está acontecendo no lado de fora de Praia Perdida e, confesso, que não simpatizei com algumas pessoas.

Já em Praia Perdida as coisas só se complicam. Sinto realmente dó dessas crianças, pois mesmo se um dia eles conseguirem saírem dessa situação, duvido que tenham uma vida normal, não depois de tudo que presenciaram.

Sam continua maravilhoso; Astrid se tornou alguém muito mais interessante; Caine não deixou de ser meio psicopata, mas está se controlando; Lana é ainda a garota que todos necessitam e Quinn o cara que fornece a comida; Brisa continua sendo Brisa; Drake/ Brittney e Penny estão ainda piores.

Michael Grant escreveu uma série bem intensa e diferente do que estamos acostumados, pelo menos eu. Já li alguns livros em que crianças eram guerreiras, mas nada tão pesado quanto a Série Gone. Vou seguir a Série até o fim, mas vou passar longos anos sem ler algo do tipo (risos).
Super recomendo, vale a pena!

Série Gone de Michael Grant
1 - Gone
2 - Fome
3 - Mentiras
4 - Praga
5 - Medo
6 - Light*

*= ainda não foi lançado no Brasil

click to zoomMais informações:


Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário