='cap-left'/>

Teresa Medeiros - Twittando o Amor

Twittando o Amor
“Twittando o Amor”, da autora Teresa Medeiros, foi lançado recentemente no Brasil pela Editora Novo Conceito. Conheço a autora têm alguns anos e já cheguei a ler outros livros dela, porém foram romances históricos e sobrenaturais. Confesso que os amei demais e li esse livro acreditando que ia amar. Pois bem, não amei, mas gostei.

Abigail Donovan é a mocinha desse romance. Ela é uma jovem escritora que teve a sorte de seu primeiro romance ser um Best-seller, quase ganhou o prêmio Pulitzer e até foi elogiada no programa da Oprah. Porém, as coisas ficaram por aí em seu primeiro livro.

Hoje ela é apenas Abigail, uma escritora de um sucesso só que está prestes a ser demitida pela sua Editora porque nunca entrega o novo livro que prometeu. O que muitos não sabem é que Abi tem medo, medo de ser um fracasso e de ter tido apenas “sorte” do primeiro livro ser um sucesso.

 Ela também não é muito adepta as redes sociais (e muito menos a se vestir bem) e todos sabem que é imprescindível para uma pessoa “famosa” estar próxima a seu público. Sua editora a obriga a embarcar no mundo do twitter para que ela mantenha contato com o mundo e se faça visível.

Relutantemente Abigail embarca no twitter que, sinceramente, ela acha meio bobo. Porém, para sua surpresa ela acaba curtindo bastante a rede social, principalmente porque é por lá que ela conhece Mark Baynard, um professor britânico que ela acredita ser bem sexy, além disso, é um cara super bem humorado e com quem Abi se dá muito bem.

Eles passam horas trocando mensagens de 140 caracteres, papo ótimo que há muito tempo Abi não tinha. Eles, aliás, marcam encontros imaginários por onde, aparentemente, Mark está viajando. Encontros esses que fazem até Abi se arrumar belamente. Eles decidem não trocarem fotos, mas à medida que o tempo passa ela deseja cada vez mais conhecer o cara por traz do computador.

Abi está se apaixonando e Mark também, porém eles se conhecem apenas através de mensagens (mesmo ambos acreditando que conhecem melhor o outro do que amigos que convivem há anos). Será que no “mundo real” esse romance daria certo? E será que se pode confiar realmente na vida que se “cria” no mundo online?

“Twittando o Amor” não foi um livro emocionante porque não curti muito os “encontros” do casal só através de mensagens no twitter. Mesmo sendo da “era” das Redes Sociais, prefiro um romance a moda antiga, conversas feitas pessoalmente, você olhar nos olhos dos outros e vê-lo como realmente é. Apesar de dizer que prefiro encontros reais, curti bastante as mensagens dos twitter, pois o papo dos dois era bastante divertido. O que me incomodou foi que o livro têm 202 páginas e os personagens só se conhecem pessoalmente bem pelo fim do livro. Porém isso tem um motivo.

Achei Abi uma personagem meio sem sal e fraca. Sim, ela tinha motivos para ter medos, afinal o mundo editorial não é fácil, porém ela não fazia nada para mudar sua situação. Já Mark é um fofo, gostei bastante do personagem, principalmente porque ele que apoiava Abigail a tomar uma atitude.


Teresa Medeiros escreve muito bem, no entanto, continuo preferindo seus romances históricos que, são, aliás, perfeitos. Espero mesmo que a Novo Conceito invista na autora e lance no Brasil seus outros romances.

MAIS INFORMAÇÕES EM:
   
Site da autora: www.teresamedeiros.com
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário