='cap-left'/>

Gabrielle Kimm - Sua Última Duquesa

Sinopse: Seduzida pelo sol ardente e pelas paixões ofuscantes da Itália Renascentista, a jovem Lucrécia de Medici, de 16 anos, vê uma vida dourada estendendo-se à sua frente. Seu marido muito rico escolheu-a como esposa, e o grande castelo dele em Ferrara vai ser o seu playground. Mas Alfonso d’Este, Duque de Ferrara, rapidamente se mostra tão perigoso e misterioso quanto é moreno e bonito, e as paredes de pedra do castelo parecem fechar-se em volta de Lucrécia como os muros de uma prisão. Apenas a amante do duque, Francesca, parece capaz de domar sua fúria crescente, enquanto sua necessidade desesperada de produzir um herdeiro o faz cair numa obsessão delirante. Com a cabeça cheia de sonhos desfeitos, Lucrécia foge dele por um caminho perigoso que pode lhe custar muito caro.


Título: Sua Última Duquesa
Editora: Record

Sua última Duquesa, de Gabrielle Kimm, é um romance histórico que se passa no século XVI, baseada no poema “Minha última duquesa”, de Robert Browning. Os personagens retratados no monólogo do autor de fato existiram, porém a autora ressalta que tomou certas liberdades quanto a posição geográfica e o destino de alguns personagens, visto que, na vida real, guiada por suas pesquisas minuciosas, não se sabe ao certo que fim essas figuras tiveram.

“Sua Última Duquesa” conta a história de Lucrécia de Medici, uma garota jovem e bonita, prestes a se casar com um homem bem mais velho. O Duque Alfonso Este é rico, belo e dono de uma das maiores fortunas do país. O pai de Lucrécia não poderia estar mais feliz pelo arranjo que uniria as duas famílias, mas tanto a mãe de Lucrécia, Eleanora, quanto o seu primo, Giovanni, não estão nada satisfeitos com o matrimônio. Embora Lucrécia esteja interessada no casamento, Giovanni e Eleanora não simpatizam com Alfonso num primeiro momento.

O Duque Este é um homem atormentado. Sua mente é um turbilhão de pensamentos perigosos – sua consciência luta para afastar o prazer na morte, na dor física e emocional que causa às pessoas. Entretanto, quando Este tenta se deitar com a esposa, descobre que é incapaz de fazê-lo do modo convencional. Palavras doces e olhares ternos não o excitam, tampouco o corpo de sua mulher: apesar de desejá-la em pensamento, Alfonso perde a ereção sempre que está na cama com Lucrécia.
O casamento passa a ser um martírio para ambos: Em dois anos de casados, Lucrécia permanece virgem, e se ressente pela falta de carinho do marido. Alfonso, por sua vez, submete a mulher as humilhações mais degradantes na cama, em uma tentativa desesperada de consumarem o matrimônio. A ameaça de perder o Ducado caso não produza um herdeiro consome a tranquilidade Afonso, levando-o para o canto mais obscuro de sua mente ao traçar planos cruéis para resolver este problema. Enquanto isto, sua esposa conhece Jacomo, um dos pintores contratados pelo marido, e se apaixonada por ele. Mas o relacionamento não será fácil: Os dois terão que enfrentar um homem tirano e frio se quiserem ficar juntos.

Gabrielle Kimm pode ser bastante descritiva em certos momentos, ao ponto de narrar a posição dos olhos de um personagem em relação ao seu nariz. Entretanto, engana-se quem cogita, por um segundo, que seus detalhes ínfimos sejam cansativos: sua escrita é boa, ritmada, o que torna a leitura agradável. Não é por menos que somos levados pela narrativa envolvente: Gabrielle Kimm é formada em literatura e em escrita criativa, mostrando, além disso, um talento natural para contar sua história.

Parte do atrativo do livro se deve, também, aos personagens. Quando entramos nos recônditos da mente de Afonso, somos levados a um relato delicado, simples e inquietante – perturbador até. Porém, ao nos depararmos com Lucrécia, encontramos uma jovem, que, apesar das provações diante do marido cruel, mantém o traço jovem, forte e sonhador. Outros personagens, como Giovanni, Catelina e Francesca, também se destacam na história, cada um com seu papel bem delineado na trama. Francesa, aliás, é tão importante que acabou ganhando seu próprio livro, “The Courtesan’s Lover”.

“Sua Última Duquesa” traz uma trama que nos prende até as últimas páginas, aguçados pela luta de Lucrécia em se livrar de um aristocrata perigoso. Apesar de retratar um lado mais sombrio, a leitura é um tanto leve, pois as passagens mais tensas são retratadas de modo superficial. Quando Alfonso submete a esposa a humilhações para excitá-lo, o leitor somente toma conhecimento disto pelo relato breve de Lucrécia, na manhã seguinte aos fatos. Nada que torne a leitura muito tenebrosa, mas que nos inquieta de todos os modos. Um livro que, com certeza, vale a pena a leitura.


Mais informações:
click to zoom
  
Site da autora = http://gabriellekimm.co.uk/

image
Comentários
0 Comentários

Nenhum comentário:

Postar um comentário