='cap-left'/>

Tammara Webber - Entrelinhas

Sinopse: Reid Alexander, um dos jovens atores mais bem pagos da atualidade, está acostumado a conseguir o que quer - e o que ele quer agora é Emma Pierce, a atriz novata que vai fazer par romântico com ele no próximo filme. Os astros parecem estar se alinhando para realizar o seu desejo, até que ele se vê diante de dois obstáculos inesperados: uma ex-namorada ressentida e um rival que vai disputar o coração de Emma. Emma Pierce acaba de receber uma oportunidade de ouro após anos atuando em comerciais e filmes para TV. Fazer o papel principal em um filme de grande orçamento, contracenando com o lindo Reid Alexander, deveria ser a realização de um sonho. Mas o coração de Emma esconde uma fantasia secreta: ela quer ser uma garota normal.

Nome original: Between the Lines
Ano de publicação: 2015
Editora: Verus
Número de Páginas: 347
Nota: 3/5

“Entrelinhas”, da Tammara Webber, é o primeiro livro da Série de mesmo nome. A autora já é conhecida no Brasil pelos livros Easy e Breakable, que assim como Entrelinhas, foram lançados pela Editora Verus. Li Breakable (resenha AQUI) e gostei, porém, confesso que Webber não se tornou uma das minhas autoras favoritas. Mas ela consegue surpreender com suas histórias, pois, pelo menos nesse livro, não seguiu o molde padrão: menina se apaixona por astro de cinema safado que muda de comportamento por se apaixonar.

Reid Alexander pode ser lindo, maravilhoso e talentoso, porém ao conhecê-lo intimamente - já que o livro mostra seu ponto de vista - acabamos odiando sua personalidade. Ele sabe que é adorado por milhares de pessoas, principalmente as garotas, então utiliza de seu charme e seu posto de celebridade para fazer o que quiser. Confesso (estou fazendo muito disso hoje) que acreditava que ele se redimiria ao conhecer seu par romântico do filme e se tornaria uma pessoa melhor, mas não é bem assim.

Emma Pierce é uma garota de dezessete anos que passou grande parte de sua vida fazendo pequenos e inúteis papeis na TV, porém isso muda quando ela consegue o papel de sua vida: ser a Lizbeth Bennet dos tempos modernos; sim a personagem tão famosa da escritora Jane Austen. Emma agora será uma atriz famosa já que estrelará o filme “Orgulho Estudantil” ao lado do bad boy Reid Alexander que interpretará seu par romântico, Will Darcy.

Uma versão de cinema no ensino médio de uma das melhores histórias de todos os tempos? Sério? A menos que Jane Austen seja fã de Reid Alexander, ela provavelmente está se revirando no túmulo.

Essa é a oportunidade da vida de Emma, no entanto esse não é o sonho da garota. Ela sempre amou atuar, mas não quer fama, pois no fundo só quer ser uma jovem normal que vai a escola e conversa sobre garotos com sua melhor amiga, Emily. Mas seus sonhos ficam ofuscados pela necessidade de seu pai e madrasta de fazerem a garota ser famosa. Gostei disso da Emma, dessa necessidade de ter uma vida comum apesar de querer ser atriz, porque sempre fico imaginando que a fama não é tão boa assim; claro que ter dinheiro e poder atuar deve ser ótimo, contudo não ter privacidade e várias pessoas esperando você fazer algo de “errado” para te por para baixo é péssimo.

Eu devia ser grata, devia me sentir sortuda – e sou grata, me sinto sortuda. Mas, mesmo que você tenha tudo que todos desejam, se não for o que você deseja, não é o ponto-final.

A primeira vez que encontra Emma Reid sente uma atração imensa pela garota e bota na cabeça que ela será sua. Claro que ele não planeja uma relação séria com ela e sim fazer de Emma sua ficante enquanto o filme durar. No entanto os planos dele não acontecem como ele deseja, pois Emma não é como a maioria das garotas que caem aos seus pés e conquista-la será um grande desafio, principalmente pelo fato de que Graham - outro ator lindo e maravilhoso - vem roubando a atenção da jovem atriz. Além da concorrência, Reid também tem que lidar com questões do passado já que Brooke, uma linda atriz com quem ele tem uma história, se encontra no filme.

Reid e Emma tem um talento em comum, mas vidas e sonhos totalmente opostos, então essas diferenças serão capazes de serem colocadas em segundo plano para que eles possam ter uma oportunidade? Leia e descubra.

“Entrelinhas” foi daqueles livros que me surpreendeu porque não sabia realmente o que iria acontecer: Emma deixaria seu sonho de lado de ter uma vida normal e embarcaria de braços abertos para a fama? Reid se tornaria um cara de uma garota só por causa de Emma? Ele voltaria com Brooke? Emma e Graham ficariam juntos? Foram várias questões que me deixaram curiosa em relação ao livro e me levaram lê-lo até o fim.

Emma é uma personagem interessante porque não é perfeita e nem deseja passar essa imagem. Ela é uma jovem de dezessete anos com sonhos, desejos e medos, principalmente o último, pois tem medo de fazer o que realmente deseja, então sempre deixa seu pai e madrasta tomarem as decisões sem a consultar. Então esse receio dela em fazer o quer foi uma das coisas que me fizeram ficar com raiva da garota. Sei que os medos dela não são infundados, mas queria que ela tivesse mais atitude e postura para tomar controle da sua vida, afinal é sua felicidade que se encontra em jogo. Outra coisa que me irritou um pouco foi o relacionamento entre ela, Reid e Graham que ficou em um chove nem molha. Não curto triângulo amoro, então sempre acho chato quanto tem.

Reid no primeiro momento me conquistou, pois realmente achei que seria daqueles bad boys que se redimem quando se apaixona. No entanto, no decorrer da história, vamos percebendo que não é bem assim e que ele é um cretino mesmo que acha que as pessoas tem que se adequarem as suas necessidades. Gostei da Webber ter feito o personagem assim, porque ele realmente gosta da vida que leva e, por mais que sua família não seja das melhores e talvez isso tem influenciado no seu “eu” de hoje, Reid é o típico cara que ver a fama como uma coisa maravilhosa e positiva. Ele não fica com dúvidas sobre a vida ou sobre a fama ser algo ruim, muito pelo contrário, ele realmente ama a sua vida de ator famoso.

Quem a meu ver rouba realmente a cena é Graham. Amei o personagem e sua maturidade, apesar de ter por volta de vinte a vinte e um anos. Ele é um ótimo amigo e conselheiro, o típico príncipe encantado que toda garota quer, por isso realmente torci por ele e Emma apesar de que, por ela e Reid terem os seus pontos de vistas narrados, acreditava que a atriz ficaria com o astro bad boy.

O livro me surpreendeu, mas não foi um dos melhores que li. Achei muito parado, além disso, têm muitas páginas para um drama tão bobo. Recomendo ler, pois muitos podem gostar, mas para mim foi um drama mediano com personagens medianos apesar de uns serem interessantes.

Série Entrelinhas
01 - Entrelinhas
02 - Where You Are (não lançado no Brasil)
03 - Good For You (não lançado no Brasil)
04 - Here Without You (não lançado no Brasil)

Mais informações:
  
Site da autora: tammarawebber.blogspot.com.br
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Gostei muito dos livros Easy e Breakable da Tammara Webber, acho a escrita dela ótima, essa resenha, apesar da nota 3, me deixou bastante interessada em conferi essa história.

    ResponderExcluir