='cap-left'/>

Tatiana Amaral - O Professor

O Professor
Sinopse: CHARLOTTE MIDDLETON é mimada e infantil. Uma garota rica, cheia de vontades e com um único objetivo na vida: ser uma grande escritora.
Prestes a se formar com honras em Letras e Literatura, ela se depara com um grande problema: O professor. Seus sonhos são despedaçados quando Alex Frankli resolve reprová-la em seu último semestre. 
O motivo? Ela não sabe descrever os sentimentos corretos para seus personagens.
Em um jogo eletrizante, Alex guiará sua pupila por uma jornada de prazer e intensas emoções, onde aprenderá a fórmula certa para cada sensação.




Título original: O Professor
Ano de publicação: 2015
Editora: Pandorga
Número de Páginas: 420
Nota: 4/5

Ele vai ensinar. Ela vai aprender.
"O Professor", da autora Tatiana Amaral, foi publicado recentemente pela Editora Pandorga. A Tatiana é brasileira e têm outros livros publicados, alguns deles - Trilogia CEO - também pela Pandorga. Já conhecia esse livro e tinha bastante curiosidade para ler, pois amos romances com tema professor e aluna que se apaixonam. Neste livro temos o romance entre Charlotte e Alex. Ela é uma garota de 21 anos prestes a se formar na UERJ em Letras e Literatura, porém para pegar seu sonhado diploma depende de que seu professor/orientador aprove seu projeto, que é, aliás, um romance. Alex é seu orientador e também dono de uma das maiores editoras do Brasil. Claro que ele é lindo, charmoso, sexy, etc., daqueles caras que fazem a mais santa ter pensamentos pecaminosos.

Alex não aprova o projeto de Charlotte e ela fica com muita raiva, afinal vem se dedicando ao seu livro com grande afinco. O professor diz a ela que sua escrita é muito boa, mas no seu livro falta sentimentos, pois tudo parece bem mecânico, como se Charlotte nunca tivesse se apaixonado ou tido uma relação sexual satisfatória. O problema é que ela realmente não sabe pessoalmente sobre o que tem escrito. Charlotte é virgem e nunca experimentou nada do que escreveu. Para resolver seu problema e também por está puta com Alex, ela diz que se livrará do "problema" logo, ou seja, terá relações com o primeiro homem que aparecer só para ganhar experiência, finalizar seu livro e, finalmente, se formar.

Alex fica assustado e vai atrás da garota. Claro que toda a tensão leva a um apaixonante beijo. Daí para frente os dois se veem envolvidos em um relacionamento de aprendizados, em que Alex ensina o que há de melhor para ela escrever seu livro. Vamos fingir que tudo é apenas para ajudá-la a se formar. Eles também fingem acreditar nisso. Com o passar do tempo eles se veem cada vez mais envolvidos e apaixonados. Contudo, algumas situações, segredos e a questão da diferença de idade e amadurecimento (Charlotte é bem mimada e com atitudes por vezes infantil) serão empecilhos para o romance.

A primeira coisa que vocês tem que saber sobre o livro é que ele não é único. Termina na melhor parte e o segundo promete fortes emoções. A segunda coisa é que a história é bem boa. Não tem como não se apaixonar por Alex, afinal ele é maravilhoso. A capa também contribui demais, principalmente por ter este homem lindo (babando).

Tatiana Amaral escreveu um romance que é fofo, hot e apaixonante. Gostei bastante do envolvimento entre Alex e Charlotte e também do desenvolvimento dos sentimentos. Eles não se apaixonam de cara, apesar de já existir sentimentos ali. Charlotte se sente atraída por Alex, mas também pudera, quem não se sentiria tendo uma delícia dessas como professor? Alex acha a aluna interessante, porém só se envolve mesmo quando percebe que seus comentários poderiam levar Charlotte a fazer loucuras, então é melhor fazer com ele porque será mais seguro (será?).

No livro temos a participação de personagens secundários legais que tornam a história mais interessante, como a irmã, irmão e o cunhado de Alex; os melhores amigos da Charlotte (apesar de que achei a Miranda  porre). Aparecem também as ex do professor para botar fogo e tensão no relacionamento.

A única coisa que achei negativa no livro é que os nomes dos personagens são muito internacionalizados e a história se passa no Brasil. Para o nome Charlotte há a desculpa dela ser filha de ingleses - e também inglesa - que vieram morar no país quando ela era pequena. Contudo, para os outros achei que não havia desculpa. É uma história que poderia passar tanto no Brasil, na Europa ou Estados Unidos, então seria melhor adaptar os nomes ao cenário nacional ou o país aos nomes. Tirando esse fato, a história foi bem agradável e aguardo ansiosamente a continuação. Recomendo!

Mais informações:
click to zoom   



Comentários
3 Comentários

3 comentários:

  1. Oi, Lu!
    Eu só conhecia Trilogia CEO da Tatiana, mas fiquei super interessada nessa história também. Adoro um romance proibido de aluna e professor.
    Eu fico super incomodada quando a história se passa no Brasil, mas os nomes não condizem com as nacionalidades. Pra mim, faz perder um pouco do interesse.
    Beijos
    Balaio de Babados || Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
  2. Oi, Lu!
    Eu só conhecia Trilogia CEO da Tatiana, mas fiquei super interessada nessa história também. Adoro um romance proibido de aluna e professor.
    Eu fico super incomodada quando a história se passa no Brasil, mas os nomes não condizem com as nacionalidades. Pra mim, faz perder um pouco do interesse.
    Beijos
    Balaio de Babados || Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
  3. Oi Lu, a parte de que é melhor fazer as loucuras com ele porque será mais seguro foi boa. Isso deve ser a desculpa que ele deu para si mesmo, né? rsrs
    Tem muitos livros nacionais bons por aí, mas acredita que nunca tinha ouvido falar da autora? Gostei do enredo e fiquei muito curiosa para conhecer.

    Beijos

    ResponderExcluir