='cap-left'/>

Sarah MacLean - Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar

Sinopse: A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres.
E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para
cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato.
Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres.
Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.

Nome original: Nine Rules to Break When Romancing a Rake.
Ano de publicação: 2016
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 384
Nota: 5/5

1. Beijar a alguém… apaixonadamente.
2. Fumar charutos e beber uísque.
3. Montar com as pernas abertas.
4. Esgrimar.
5. Assistir a um duelo.
6. Disparar uma pistola.
7. Jogar cartas (em um clube de cavalheiros).
8. Dançar todas as danças de um baile.
9. Ser considerada linda. Pelo menos uma vez. 

“Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar”, da autora Sarah MacLean, é mais um delicioso romance histórico lançado no Brasil pela Editora Arqueiro. Esse é o primeiro livro da Série Os Números do Amor que tem como foco central os irmãos St. John. Já conhecia a série e sempre torci para que uma editora lançasse no Brasil, pois ela é realmente muito boa.

Neste primeiro romance, temos como foco o casal Calpúrnia Hartwell e o Gabriel St. John, o marquês de Ralston. Ela é um poço de candura, de bom exemplo, ou seja, o que toda moça da sua época deveria ser. Já Gabriel é um patife, um destruidor de corações e amoral na sociedade; mas como é um homem, todos perdoam suas falhas. Essas duas pessoas tão diferentes conhecem-se há 10 anos e Callie nunca se esqueceu do lindo homem que a tratou com doçura. Claro que ela se apaixonou, mas sabe que nunca o teria (será?).

Dez anos depois, Callie, agora com 28 anos, já é considerada mais do que uma solteirona. Tudo piora quando sua doce irmã mais nova conquista em sua primeira temporada um duque. Callie não sente inveja da irmã, longe disso, principalmente porque Mariana e seu duque estão juntos por amor; o problema é que Callie percebe o quanto sua vida é chata e que não possui nada além da sua reputação. Depois de uma conversa bem profunda com seu amado irmão, Callie decide fazer uma lista de nove coisas que gostaria de fazer. A primeira delas é beijar apaixonadamente. Adivinha quem é o escolhido? O marquês de Ralston.

Gabriel não tem problema com a vida que leva e não tem planos de mudar. Porém seu mundo aparentemente satisfatório sofre uma grande turbulência quando ele recebe a visita de uma meia-irmã que nem imaginava existir. A mãe dele fugiu quando Gabriel e Nicholas, seu irmão gêmeo, tinham dez anos, e qual não é a surpresa dos irmãos quando descobrem que ela se casou de novo na Itália e, novamente, abandonou um filho?

Juliana está na idade casadoura e como Gabriel não abandona os seus, decide acolher a meia-irmã (sabendo que será um escândalo) e arrumar-lhe um bom casamento. Porém ele sabe que precisará de pessoas de reputações imaculadas ao seu lado para ajudá-lo. O destino resolve então da uma força quando Calpúrnia Hartwell aparece em sua casa em busca de um beijo apaixonado. Os dois então fazem um acordo em que ambos se ajudarão.

Com o passar dos dias, Gabriel vai descobrindo que ter um comportamento sério e desejar apenas uma mulher não é tão ruim assim. Já Callie vai descobrindo-se cada vez mais e que ser rebelde é muito mais divertido do que ela poderia imaginar, principalmente quando se tem o marquês de Ralston ao seu lado.

Eu sei que a resenha ficou enorme, mas sempre me empolgo quando amo o livro resenhado. “Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar” é um livro maravilhoso a qual já tinha lido, mas reli de tão perfeito que é. Não tem como não amar a história de um casal tão improvável para aquela época, mas que se completa e que só melhora o outro.  Callie é divertida, muito boa e uma pessoa que merece toda a felicidade do mundo. Sua família é maravilhosa, mas são todos bonitos que ela torna-se a patinho feio. Ela já estava conformada com a eterna solteirice, mas não com uma vida sem prazeres, nem que seja com coisas banais, como beber um copo de uísque (algo proibido para mulheres) a qual ela sempre quis experimentar. Já Gabriel por ser homem teve sempre uma vida cheia de excessos e agora tem que parar por causa da irmã. Ele fica muito surpreso com Callie, mas acredita que ela é um presente dos céus. Ela não é o tipo de mulher que ele se envolve (tanto em aparência como status), porém fica encantado e cada vez mais possessivo por ela.

O casal é simplesmente maravilhoso e torna a história ótima, porém não são os únicos que fazem de “Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar” um livro perfeito. Os personagens secundários muitas vezes roubam a cena, pois são muito bons, como: Juliana, a meia-irmã de Gabriel, que é italiana, não tem papas na língua e é muito divertida; Nicholas - o irmão gêmeo de Gabriel e também o mais tranquilo – que é tão perfeito quanto o irmão; Mariana, irmã de Callie, que é muito fofa e tem um noivo duque ótimo (realmente queria pelo menos um conto do casal); Benedick, Conde e irmão mais velho de Callie, aparece pouco, mas é brilhante quando dá as caras, por isso queria muito um livro dele.

Super recomendo esse livro. Vale muito a pena!


Série Os Números do Amor:
1) Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar
2) Ten Ways to be Adored When Landing a Lord


3) Eleven Scandals to Start to Win a Duke’s Heart


Mais informações em:

click to zoom     
Comentários
13 Comentários

13 comentários:

  1. Oi,
    Assim que li a sinopse desse livro me apaixonei por ele, e está na minha lista de desejados, fico imaginando as cenas descritas para a mocinha conseguir alcançar todos seus desejos malucos, deve ser muito divertido.
    Beijos
    Raquel Machado
    Leitura Kriativa

    ResponderExcluir
  2. E a segunda resenha que leio desse livro, e é a segunda que elogia tanto a leitura do livro, e por isso cada vez mais tenho vontade de lê-lo. Gosto do tipo de casal como desse livro,cativante, envolvente, e bem construído, o que acaba tornando o livro uma trama excelente, esse com certeza lerei.

    ResponderExcluir
  3. Eu sou apaixonada por romances de época, ainda não li nada da Sarah MacLean, mas pelo jeito a autora é ótima. Estou doida pra ler esse livro. Ele parece ser super fofo, e já gostei dos personagens. Espero ler ele logo :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu já estava louca para ler esse livro e depois de uma resenha tão empolgada, quero ele pra já em minha estante!
    Estou com um vício louco em romances históricos, acho que esse será mais um xodó em minha coleção.

    Beijos Lu!

    ResponderExcluir
  5. Já estava ansiosa para fazer a leitura desse livro e agora com a sua resenha mais que empolgante, estou a dar pulinhos de ansiedade kkkkk Amei a premissa da história, assim como o de todos os livros da Sara que já li resenhas e estou cada vez mais curiosa! Penso que é uma obra adorável, com personagens cativantes! Enfim, não vejo a hora de fazer a leitura! Bj !

    ResponderExcluir
  6. To de olho na Sarah desde O Clube dos Canalhas, lendo resenhas ótimas e ficando cada vez mais curiosa. Amo histórias assim, com rotina, envolvimento, nada daquelas paixões loucas à primeira vista, e tudo isso recheado com situações e diálogos engraçados e romance, claro.

    ResponderExcluir
  7. Amo romances de época. São tão charmosos e elegantes. As histórias são mais glamourosas. fiquei encantada com a trama desta série. espero ter a chance de ler também. Pois fiquei curiosa a respeito desses personagens.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Já tinha visto esse livro algumas vezes e gostando da historia mas ela ainda não tinha me conquistou e lendo sua resenha adorei, a historia e bem diferente o que imaginava e achei a trama bem interessante e diferente, também gostei muito de temos a Callie descobrindo essa liberdade e rebeldia e com certeza irei colocar na minha lista de desejados !

    ResponderExcluir
  9. A capa e sinopse desse livro é apaixonante, ai me deparo com sua resenha que está maravilhosa, a historia é excelente, também adoro quando tempos personagens secundários que rouba a cena e são tão bons e importantes quanto os personagens principais! Quero muito ler o livro, mas me pergunto, será que os outros da série vão demorar pra serem publicados, não suporto esperar,rsrs! Bjão!

    ResponderExcluir
  10. Oi! Fiquei doida com o lançamento desse livro, amo romances de época e mesmo apesar de todos os clichês eles não saem da minha estante. Esse parece ser bem clichê, a mocinha curiosa para descobrir coisas que para a sua cabeça são desafiadoras, mas na verdade não passa de coisas bobas e que só uma cabeça inocente poderia ter desejado. Já vi que ela é bem inocente e recatada, o exemplo perfeito do que aquela sociedade pedia das moças, mas ele é o contrário, um cafajeste de marca maior. Acho que os personagens secundários iram trazer uma leveza na história.
    Tenho certeza que é um bom livro e a capa é maravilhosa, já quero ler.

    ResponderExcluir
  11. Lu!
    Os romances históricos são meus favoritos e se é entre um casal improvável fica ainda melhor.
    Achei bem engraçado o nome da protagonista: Calpúrnia, melhor Callie...kkk
    “Preferi sempre a loucura das paixões à sabedoria da indiferença.” (Anatole France)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  12. O livro está bem comentado!! Gabriel e Calpúrnia vão se divertir bastante até se darem conta de que estão apaixonados, uma vez que ela apenas queria quebrar algumas regras!! Já quero ler!!

    ResponderExcluir
  13. Eu estou apaixonada por esse livro desde o primeiro dia que li a sinopse. Romances de época é o meu gênero preferido e esse me ganhou por tratar de uma mulher totalmente diferente daquilo que a sociedade da época impõe e ela sabe muito bem o que deseja. Não vejo a hora de começar a leitura.
    Bom dia !

    ResponderExcluir