='cap-left'/>

Donna Kauffman - Delícia, Delícia

Sinopse: Quando a extraordinária confeiteira Leilani Trusdale trocou a agitação de Nova York pela pacata e doce Ilha de Sugarberry, não esperava que seu passado a seguisse. Seu antigo chefe, Baxter Dunne, também conhecido como Chef Hot Cakes, o homem que ensinou a ela que o creme compensa, reaparece desejando filmar seu famoso programa de culinária. O problema é que ele escolheu filmar na Cakes by The Cup, a minúscula e aconchegante confeitaria de Leilani. Com seu olhar de brigadeiro de colher e aquele irresistível sotaque britânico -- que faz a moça babar e seu rosto corar como calda de cereja --, ele fez as fofocas de cozinha rolarem soltas. 
Lani, lá no fundo, só deseja que algumas sejam deliciosamente verdadeiras... Os amigos estão convencidos de que o ex-chefe é o ingrediente que falta para a definitiva receita de felicidade dela. Porém, Baxter terá que botar a mão na massa se quiser tirar do forno um grande, verdadeiro, quentinho e saboroso amor. No Clube do Cupcake, cozinhar é apenas um detalhe. Entre altos papos e doces lambidas, amizades crescem como pão quentinho e a vida vai ficando, hummmm, mais saborosa. Mas quando é preciso decidir entre a vida que você sempre sonhou e o amor da sua vida, só as melhores amigas, as melhores receitas e uma caixa cheia de Red Velvets podem ajudar. É hora de praticar boloterapia!!!

Nome original: Sugar Rush
Ano de publicação: 2016
Editora: Valentina
Número de Páginas: 296
Nota: 4/5

Delícia, Delícia”, da autora Donna Kauffman, é o primeiro livro da Série CupCake Club, lançado no Brasil pela Editora Valentina. Não conhecia a autora, mas resolvi ler esse livro por dois motivos: I - Amo livros romances que tem como cenário o mundo da culinária (amo programas também); II - Gostei muito de “Malícias & Delícias” – também publicado pela editora – e pensei que este livro poderia ter um ritmo gostoso da mesma forma que o outro lançado pela Valentina.

O livro acabou sendo uma leitura bem agradável, mas o antecessor (que não tem nada a ver com este além do nome) foi-me muito mais interessante por possuir bastante humor. Confesso que achava que “Delícia, Delícia” seria um livro mais divertido, mas não é. A história é fofa e com personagens legais, porém puxava mais para o drama.

Leilani Trusdale é uma grande confeiteira que teve a sorte de aprender com um dos melhores: Baxter Dunne, um homem sexy, lindo e extremamente talentoso na cozinha. Ela é apaixonada por ele há anos, mas nunca confessou e nem recebeu um sinal que ele sentia, pelo menos, um ligeiro interesse por ela. A sinopse já deixa claro que ela saiu de Nova York para a pequena Ilha de Sugarberry, local onde Lani cresceu, porém ela não se mudou por causa de sua paixão-não-correspondida e sim porque foi algo, infelizmente de situações horrorosas que a desgastou demais. Esse fato, aliás, foi algo que achei bem interessante, pois a autora não fez Lani sair de perto de Baxter por, necessariamente, dor de cotovelo. A mudança dela foi, principalmente, devido a fofocas no seu ambiente de trabalho, local extremamente concorrido e cheio de intrigas. 

Lani é extremamente talentosa e cresceu rápido na carreira, chegando a assumir o cargo de chef executiva do Gateau, o badalado restaurante de Baxter – enquanto ele gravava seu famoso programa Cakes by The Cup. Devido a seu elevado cargo, as pessoas começaram a fofocar sobre ela ter conseguido o cargo por dormir com chefe e não por causa do talento. Cansada do estresse e por Baxter nunca a defender, ela largou tudo e voltou para seu lar.

Agora em Sugarberry, Lani está super empolgada com sua linda confeitaria, seu próprio negócio especial. Porém, como nada na vida é perfeito, ela tem que lidar com uma visitinha não desejada (será?): Baxter Dunne. Ele está na área para gravar a temporada nova do seu programa. Lani tenta não relacionar a presença dele a ela, mas fica difícil, afinal o que ele faria em uma remota ilha?

Baxter Dunne é apaixonado, muito apaixonado por Lani e deseja conquista-la, por isso não é coincidência o local escolhido para gravar seu programa. Ele faz ideia do porquê ela foi embora de sua vida e confeitaria, mas fará tudo para leva-la de novo aos dois.

Delícia, Delícia” tem um enredo legal e cheio de coisas gostosas. Confesso que fui obrigada a fazer cupcakes por causa do livro. Mas o mais legal do livro é o clube do Cupcake que Lani cria na sua Ilha e que reúne amigas e vizinhas. É uma coisa que gostaria muito de realizar aqui, pois é um momento de cozinhar e conversar com as amigas, desabafando, ouvindo e, simplesmente, tendo alguém do lado para apoiar. É muito interessante.

O romance é muito fofo também. Gostei do Baxter que, apesar de ser um cara lindo, sexy e famoso, é um cara meio desligado de algumas coisas e também bem apaixonado. Ele deixa claro no reencontro com Lani que a quer de novo em sua vida e não só em seu restaurante.

Lani também é uma personagem forte, decidida e bastante talentosa. Gostei da sua personalidade e, principalmente, por ser uma alguém rodeada de pessoas especiais, como sua família e amigos.

Acima fiz uma comparação com “Malícia & Delícia” que tem muito pouco a ver com “Delícia, Delícia”. Os dois são bem legais, mas como amo história bem humoradas, “Malícia & Delícia” chamou-me mais atenção. Recomendo os dois, pois valem a pena serem lidos!

p.s: descobri depois que li esse livro que a autora tem vários outros lançado aqui no Brasil, mas foi em formato de livro de banca. Vou correr para ler.

Série CupCake Club
01 – Delícia, Delícia
02 – Sweet Stuff
03 – Babycakes
04 – Honey Pie

click to zoomMais informações em:
    
Comentários
1 Comentários

Um comentário:

  1. Que sinopse incrível foi essa? Choquei quando você contou que é um livro menos divertido do que parece, mas confesso que nunca tinha visto um romance nesse cenário da culinária (me julga). Fiquei tentada a experimentar, mas acho que vou começar com o antecessor que tem mais humor, segundo você. Obrigaaada pela dica! ;P

    http://olheinorodape.blogspot.com/

    ResponderExcluir