Programa Educação nas Ondas do Rádio de Goiás

A subsecretária de Educação de Jataí, município do estado de Goiás, utilizou o material distribuído nas Oficinas de Radiojornalismo e Educação do Fundescola, para criar o Programa “Educação nas Ondas do Rádio”. O Programa, com duração de 30 minutos, conta com a participação de professores, diretores, estudantes e está sendo transmitido aos sábados, das 13h30 às 14h. O repórter Fernando Lopes conversou com a subsecretária Soraia Rodrigues, que também é a produtora do Programa.

Os estudos e o conhecimento são fundamentais para que tenhamos melhores oportunidades na vida, principalmente quando se trata de carreira profissional. Mas, nem todas as pessoas possuem condições financeiras de arcar com o custo das mensalidades de cursos, por isso, existe o Educa Mais Brasil, um programa que oferece bolsas de estudo as pessoas com menos condições financeiras.

O programa oferece descontos de até 70% e para se inscrever basta acessar o site do Educa+, no site ainda terão mais informações sobre os cursos e requisitos de participação no programa.

Abertura – Informações sobre o Museu Emílio Goeldi.

Programa de Alfabetização para operários da construção civil, em Brasília – A Construtora Paulo Otávio, em Brasília, desenvolve, há dez anos, um Programa que combate o analfabetismo entre os seus funcionários. O repórter Fernando Lopes ouviu o Diretor de Coordenação Empresarial do Grupo Paulo Otávio, Marcelo Carvalho. Ele conta como foi desenvolvido o projeto e fala sobre os resultados obtidos. Participou também da entrevista o seu Genival de Almeida, carpinteiro que aprendeu a ler depois que participou do programa. Repórter: Fernando Lopes

Família na Escola – Escolas Públicas do Ensino Fundamental já estão se preparando para o Dia Nacional da Família na Escola, no dia 24 de abril.

Resposta de Carta – Professores que trabalham nas escolas do município de Porto Alegre do Norte, no Mato Grosso, ganham salários, mas não constam nos arquivos da secretaria de Educação. Segundo a denúncia, o salário desses professores é enviado para contas bancárias de professores concursados ou que trabalham por contrato temporário e esses têm de repassar o dinheiro. A secretária de Educação do município, Maria Zenaide, diz que a denúncia é infundada e que vai checar todos os documentos relacionados à verba do Fundef no município. Já a orientação do Fundef é para que os professores que têm que repassar parte do salário, encaminhem denúncia ao Ministério Público do Município e outra ao próprio Fundef. Repórter: Juliana Nunes.

Projeto de Registro Civil RS – O Comitê Criança Cidadã de Porto Alegre, RS, lança o kit maternidade em hospitais de todo o Estado. O kit tem um cartão e instruções de como fazer o registro de bebês. O objetivo é reduzir o número de 36 mil crianças sem registro civil, segundo dados de 2000. O programa Registre seu Filho tem o apoio do Ministério Público do Rio Grande do Sul e da Sociedade de Pediatria do Estado.

Luiz Alberto – “Rigidez com amor”, essa é a receita da professora Terezinha Madalena Ferreira, que dá aulas de 1ª a 4ª série na Escola Classe nº 6, da Ceilândia/DF. A escola ficou entre as melhores do país numa pesquisa feita pela Fundação Carlos Chagas onde 300 mil alunos foram avaliados. Luiz entrevista a professora Terezinha e a estudante Kellry Lima Pereira, de 12 anos. A menina explica o que as aulas da professora têm de bom.

You Might Also Like
Deixe uma resposta