='cap-left'/>

Julia Quinn - E Viveram Felizes Para Sempre

Sinopse: Alguns finais são apenas o começo...
Era uma vez uma família criada por uma autora de romances históricos... Mas não era uma família comum. Oito irmãos e irmãs, seus maridos e esposas, filhos e filhas, sobrinhas e sobrinhos, além de uma irresistível matriarca. Esses são os Bridgertons: mais que uma família, uma força da natureza.
Ao longo de oito romances que foram sucesso de vendas, os leitores riram, choraram e se apaixonaram. Só que eles queriam mais. Então começaram a questionar a autora: O que aconteceu depois? Simon leu as cartas deixadas pelo pai? Francesca e Michael tiveram filhos? O que foi feito dos terríveis enteados de Eloise? Hyacinth finalmente encontrou os diamantes?
A última página de um livro realmente tem que ser o fim da história? Julia Quinn acha que não e, em “E viveram felizes para sempre”, oferece oito epílogos extras, todos sensuais, engraçados e reconfortantes, e responde aos anseios dos leitores trazendo, ainda, um drama inesperado, um final feliz para um personagem muito merecedor e um delicioso conto no qual ficamos conhecendo melhor ninguém menos que a sábia e espirituosa matriarca Violet Bridgerton. Veja como tudo começou e descubra o que veio depois do fim desta série que encantou leitores no mundo inteiro.

Nome original: The Bridgertons: Happily Ever After
Ano de publicação: 2016
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 256
Nota: 5/5

“E Viveram Felizes Para Sempre” da autora Julia Quinn é o último livro da Série Os Bridgertons, lançado no Brasil pela Editora Arqueiro. Confesso que já estou morrendo de saudades dessa família maravilhosa que me conquistou antes mesmo de chegar ao Brasil, por isso torci muito pelo lançamento aqui e sinto-me feliz em saber que a série recebeu o devido valor que merece pela Editora Arqueiro.

Esse livro foi um presente da Julia, pois permitiu a nós, fãs, a matar a saudade dessa família linda e, principalmente, conhecer o grande amor que Violet – a matriarca – viveu com seu amado Edmund. Confesso que essa parte me emocionou bastante, pois sabemos qual é o final desse grande amor, um que, infelizmente, não é feliz.

Cada irmão Bridgerton recebeu um conto, geralmente sobre o que ocorreu em sua vida após o seu “felizes para sempre”. Algumas histórias se passam pouco anos depois, enquanto outras, num futuro longo. Ficamos sabendo se Francesca (O Conde Enfeitiçado) realizou o grande sonho de ser mãe e como Michael sofreu vendo a tristeza da amada. Lemos se Hyacinth (Um Beijo Inesquecível) e sua filha encontram os diamantes que Hyacinth procurou durante anos.

Já na história de Simon ficamos sabendo se ele leu as cartas do seu pai e também sobre uma grande surpresa que ele e Daphne (O Duque e Eu) recebem depois de vinte anos de casados. Enquanto que na de Anthony e Kate (O Visconde que me Amava) lidamo-nos com a competitividade ainda presente na vida do lindo casal.

Admito que a história que mais aguardava – até porque é o meu livro favorito da série – é a de Benedict e Sophie (Um Perfeito Cavalheiro), por isso fiquei um pouco decepcionada com seu conto, pois eles foram deixados de lado para que Posy (irmã adotiva de Sophie) conseguisse finalmente encontrar seu príncipe encantado. Gostei muito da história de Posy, o problema é que queria mais de Benedict e Sophie.

No conto de Eloise (Para Sir Phillip, Com Amor) quem ganha destaque é sua enteada, Amanda, que nos mostra como que foi a relação da madrasta com os enteados e como ela, Amanda, também conseguiu seu final feliz com um jovem que achava que seria improvável, mas que se revelou o seu príncipe.

No conto de Colin e Penélope (Os Segredos de Colin Bridgerton), a história não se passa no futuro, mas sim sobre o momento em que Eloise descobriu o segredo da melhor amiga sobre Penélope ser Lady Whistledown. Foi o conto mais divertido, principalmente porque Colin é um comilão e Hyacinth era uma pequena bem endiabrada.

Então, “E viveram felizes para sempre” é um grande presente que me permitiu matar um pouco da saudade dessa linda família. A série Os Bridgertons é uma das minhas favoritas, principalmente porque cada história é única. Não temos na série livros que parece só mudar o nome dos personagens porque as histórias são as mesmas.

Super recomendo o livro para quem já acompanha a série. E para quem não acompanha digo: LEIA LOGO!

Série Os Bridgerton’s
9) E Viveram Felizes para Sempre

Mais informações em:

click to zoom     
Site Julia Quinn   
Leia Mais

Lisa Kleypas - Escândalos na Primavera

Escândalos na primavera
Sinopse: Daisy Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa. Bowman sempre preferiu um bom livro a qualquer baile. Talvez por isso já esteja na terceira temporada de eventos sociais em Londres sem encontrar um marido. Cansado da solteirice da filha, Thomas Bowman lhe dá um ultimato: se não conseguir arranjar logo um pretendente adequado, ela será forçada a se casar com Matthew Swift, seu braço direito na empresa.

Daisy está horrorizada com a possibilidade de viver para sempre com alguém tão sério e controlador, tão parecido com seu pai. Mas não admitirá a derrota. Com a ajuda de suas amigas, está decidida a se casar com qualquer um, menos o Sr. Swift. Ela só não contava com o charme inesperado de Matthew nem com a ardente atração que nasce entre os dois. Será que o homem ganancioso de quem se lembrava era apenas fachada e ele na verdade é tão romântico quanto os heróis dos livros que ela lê? Ou, como sua irmã Lillian suspeita, o Sr. Swift é apenas um interesseiro com algum segredo escandaloso muito bem guardado?

Nome original: Scandal in Spring
Ano de publicação: 2017
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 224
Nota: 5/5

“Escândalos na Primavera” é o quarto e último livro da série As Quatro Estações do Amor da autora Lisa Kleypas, lançado no Brasil pela Editora Arqueiro. Daisy, a protagonista da vez, é a última solteira das amigas e também a mais sonhadora. Diferente da sua irmã, Lili que é bastante prática, Daisy adora sonhar acordada com um romance cheio de aventura e emoção, porém isso está distante de acontecer.

Apesar de bonita e com dinheiro, Daisy é vista pelos homens nobres de Londres como uma cabeça de vento. Além disso, ser americana e ter futuro proveniente de comércio não ajuda na sua busca por marido. Então, cansado da Inglaterra e de esperar que a filha caçula arrume um marido, Thomas Bowman exige que Daisy case-se com seu homem de confiança e braço direito nos negócios: Matthew Swift. Contudo, ela ainda ganha a chance de encontrar outro pretendente nobre em dois meses.

Mathew é um homem bonito e misterioso. Sempre foi apaixonado por Daisy, mas nunca demonstrou, pois, seus segredos impedem que ele a corteja. Porém, o seu chefe tem planos diferentes para ele: quer que ele case com Daisy e seja o herdeiro da empresa. Para a sorte de Mathew, a sua amada não vai muito com a cara dele – pelo menos não ia – e não está muito contente com os planos do pai. Eles decidem então se ajudarem a afastar.

Claro que nem tudo sai como eles imaginavam, pois Daisy vai ficando cada vez mais encantada por Mathew, principalmente por perceber que ele não é um homem frio e sem coração como o pai dela. Já Mathew tem que lidar com a difícil tarefa de tentar resistir aos encantos de Daisy que é tudo que ele sempre sonhou, mas aquilo que não pode ter.
__
Neste romance histórico maravilhoso, cheio de aventuras, emoção, mistérios e muito amor, deparamo-nos com um casal lindo que merecia uma história perfeita. Então, realmente a série As Quatro Estações do Amor foi fechada com chave de ouro e, apesar de não ser o meu livro favorito da série (o terceiro é meu top), “Escândalos Na Primavera” é um romance muito fofo que nos faz sonhar com contos de fadas.

Temos aqui personagens maravilhosos que não são perfeitos, porém são suas imperfeições que os tornam únicos e apaixonantes. Daisy mesmo é uma heroína baixinha que faz comentários nada a ver durante determinadas conversas, adora ler e prefere a companhia de livros a de pessoas. Ela é o oposto de Lili, sua irmã, que é a personagem feminina mais chata da série (sorte dela é que Marcus, seu marido, é maravilhoso).

Mathew é maravilhoso e foi ótimo ver que ele se apaixonou primeiro. Ele também é bastante sério, mas adora Daisy exatamente do jeito que ela é. O passado sombrio dele traz um pouco de mistério para a história, mas nada que se destaque tanto. Ao meu ver, Lisa Kleypas explorou pouco o passado dele, deixando toda a resolução do mistério e consequências bem para o final, então foi tudo muito rápido.

Gostei muito da história e super recomendo. Lisa Kleypas conquistou-me bastante com seus romances históricos, então é uma autora que sempre que tiver livros lançados no Brasil (pelo menos os históricos) terá uma fã – eu – para comprar seus livros.

Série As Quatro Estações do Amor:
04 - Escândalos na Primavera

Achei esta imagem na internet. Lembra realmente as mocinhas.

click to zoom
Mais informações em:
   


Leia Mais

Sarah MacLean - Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter

Dez Formas De Fazer Um Coração Se Derreter
Sinopse: Isabel Townsend não é exatamente o que se espera da filha de um conde. Apesar de ter a pele delicada e de saber se portar como uma dama quando necessário, a jovem também monta a cavalo, conserta telhados, administra a propriedade e cria o irmão caçula desde que a mãe faleceu – tudo isso sem despertar a menor suspeita de que não há um homem sequer para cuidar de sua família. Para o pai dela, que só queria se divertir e gastar dinheiro em jogatinas, pouco importava o que ela fizesse. Porém, quando ele morre, Isabel se vê sem recursos e precisa defender os direitos do irmão, ameaçados pela chegada iminente de um tutor. Assim, não lhe resta saída senão vender sua coleção de estátuas de mármore, o único bem que herdou.

Para sorte sua, um especialista em antiguidades acaba de chegar ao condado. Inteligente e sensual, lorde Nicholas St. John é um solteiro convicto que deixou Londres para se livrar das jovens que passaram a persegui-lo desde que foi eleito um dos melhores partidos da cidade.

Em poucos dias, fica claro para Nick que Isabel é a mulher mais obstinada e misteriosa – além da mais interessante – que já cruzou seu caminho. Ao mesmo tempo, ao conhecê-lo melhor, a independente Isabel percebe que há homens em que vale a pena confiar. Enquanto eles põem de lado suas antigas convicções, seus corações se abrem para dar uma chance ao amor.

Nome original: Ten Ways to Be Adored When Landing a Lord
Ano de publicação: 2016
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 352
Nota: 5/5 

“Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter” é o segundo livro da Série “Os Números do Amor”, lançado no Brasil pela Editora Arqueiro. Gostei bastante do primeiro livro e este conseguiu superar o seu antecessor, pois acredito que os mistérios envolvendo a mocinha trouxe mais emoção à história.

“Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter” é um romance ótimo com aventura, paixão, segredos e personagens maravilhosos. A personagem principal, Isabel Townsend, é uma jovem nobre, mas que não teve a oportunidade de viver a glória e encanto do seu título, pois seu país gastou a fortuna toda da família em jogos, chegando até a apostar a própria filha. Com o passar dos anos, e com a morte do pai, Isabel transformou a acabada propriedade da família em um local para ajudar mulheres desamparadas, mas que está fadado ao fim por causa de que elas não têm como se sustentar, por isso ela resolve vender algumas esculturas deixadas pela sua mãe.

Lorde Nicholas St. John é o irmão gêmeo de Gabriel (principal do livro anterior) é um conhecedor de arte, mas que guarda segredos sobre uma outra profissão, como o fato de ser o melhor rastreador. Ele é contratado pelo Duque de Leighton para encontrar sua jovem irmã que desapareceu há alguns meses. Tudo leva a crer que a jovem está na propriedade de Lady Isabel.

Quando conhece ela, Nick fica encantado, mas sabe que Lady Isabel esconde grandes segredos e não descansará até desvendá-los e ter a moça para ele. Enquanto isso, ela fará de tudo para afastá-lo e manter sua vida simples e seus planos resguardados.

O livro é maravilhoso, não tem como não se apaixonar por Nick, um homem charmoso, sexy e extremamente preocupado com a mulher que ama. Gostei bastante do personagem, ainda mais que do seu irmão Gabriel. Ele é bastante misterioso também e demonstra ser parecido com seu irmão no aspecto de querer negar seus sentimentos.

Já Isabel é uma mulher sofrida e bastante corajosa que não deixou seu passado desanimá-la. Gostei muito da sua personalidade, sobretudo porque não se deixar dominar por homem nenhum. Ela luta em igualdade com Nick, principalmente para proteger seus segredos e aqueles que amam.

Foi bom conhecer mais sobre o Duque de Leighton já que dará muito as caras no próximo livro. Enfim, foi uma ótima leitura e vale muito a pena. É a primeira série que leio da Sarah MacLean e posso dizer que ela escreve muito bem.
Recomendo!


Série Os Números do Amor:
1) Nove Regras a Ignorar Antes de Se Apaixonar
2) Dez Formas de Fazer um Coração se Derreter


3) Eleven Scandals to Start to Win a Duke’s Heart

Mais informações em:
click to zoom     
Leia Mais

Lançamentos de Dezembro: Harlequin Books

Neste mês de dezembro, a Harlequin está com várias novidades, confira:

APRISIONADA PELO VIKING - Harper St. George
Desde o momento em que colocou os olhos naquele poderoso viking, algo se transformou dentro de Merewyn. Ela sabe que devia temê-lo, que seria melhor fugir. Ainda assim, não consegue evitar se sentir atraída pelo implacável guerreiro. Eirik nunca havia capturado uma mulher antes, mas a beleza estonteante de Merewyn acaba despertando nele um desejo sombrio. Então, Eirik a leva para sua terra natal, onde finalmente sucumbem à paixão. Porém, entregar-se a esse amor pode ser mais perigoso do que imaginavam…


PROTETOR - Diana Palmer
O sombrio texano Hayes Carson sempre suspeitou que Minette Raynor fora responsável pela morte de seu irmão. E nem mesmo a beleza hipnotizante dela o fará desistir de ir atrás da verdade! Minette não consegue tirá-lo do seu caminho…ou da cabeça. Porém, quando descobre que está correndo perigo, ela sabe que Hayes é a única pessoa que pode ajudá-la. Mas, para protegê-la, ele precisa acreditar em sua inocência! Será que Minette conseguirá convencê-lo antes que seja tarde demais?


NOIVA INADEQUADA - Lynne Graham
O magnata Gaetano Leonetti está sob forte pressão. Até que se case, seu avô não permitirá que ele se torne CEO do império da família. Convencido de que o patriarca enlouquecera, Gaetano está determinado a fazê-lo mudar de ideia, e convence a governanta Poppy Arnold a ser sua noiva de conveniência.Com sua natureza enérgica e estilo incomum, Gaetano sabe que ela não é o tipo de esposa que seu avô tinha em mente. Porém, a dedicada e generosa Poppy acaba conquistando a todos… inclusive a Gaetano. Agora, tudo o que ele consegue pensar é em possuí-la por completo!


LEGADO DE AMOR - ARCO DO DESTINO - Sharon Kendrick

Dante Di Sione estava disposto a perdoar a estonteante loura que conheceu no aeroporto por ter levado a mala com a preciosa tiara de seu avô. Afinal, tudo não passou de um mal entendido. Mas ela teve a coragem de chantageá-lo! Willow só devolveria a joia se ele a acompanhasse no casamento de sua irmã. Porém, quando a mídia divulga a notícia de um suposto noivado, Dante aproveita a oportunidade para se vingar… Agora, ela terá de fingir ser a namorada perfeita! Contudo, Dante ficará surpreso ao descobrir que Willow não é tão audaciosa quanto ele pensava…

MAIS INFORMAÇÕES:
  
Leia Mais

Colleen Houck - O Coração da Esfinge

O Coração da Esfinge
Sinopse: Lily Young achou que viajar pelo mundo com um príncipe egípcio tinha sido sua maior aventura. Mas a grande jornada de sua vida ainda está para começar. Depois que Amon e Lily se separaram de maneira trágica, ele se transportou para o mundo dos mortos – aquilo que os mortais chamam de inferno. Atormentado pela perda de seu grande e único amor, ele prefere viver em agonia a recorrer à energia vital dela mais uma vez.
Arrasada, Lily vai se refugiar na fazenda da avó. Mesmo em outra dimensão, ela ainda consegue sentir a dor de Amon, e nunca deixa de sonhar com o sofrimento infinito de seu amado. Isso porque, antes de partir, Amon deu uma coisa muito especial a ela: um amuleto que os conecta, mesmo em mundos opostos.
Com a ajuda do deus da mumificação, Lily vai descobrir que deve usar esse objeto para libertar o príncipe egípcio e salvar seus reinos da escuridão e do caos. Resta saber se ela estará pronta para fazer o que for preciso. Nesta sequência de O Despertar do Príncipe, o lado mais sombrio e secreto da mitologia egípcia é explorado com um romance apaixonante, cenas de tirar o fôlego e reviravoltas assombrosas.

Nome Original: Recreated
Ano de publicação: 2016
Editora: Arqueiro
Número de Páginas: 368
Nota: 3,5/5

“O Coração da Esfinge” é o segundo livro da série Deuses do Egito da autora Colleen Houck, publicado no Brasil pela Editora Arqueiro. Acompanhamos mais uma vez o amor transcendental de Lily e Amon, este que foi bastante esperando por mim. Terminei a leitura do primeiro livro toda afobada querendo saber o que aconteceria com o amor desses personagens maravilhosos.

A sinopse do livro já revela muito dos fatos. Lily achou que nunca mais veria o amado Amon, afinal “viu” ele morrer, por isso achava que os sonhos e pesadelos com ele era apenas uma forma de seu subconsciente lidar com a perda. Porém, quando partiu desse mundo, Amon não voltou para o lugar onde aguardaria até que tivesse que ressuscitar para salvar novamente o mundo.

Agora, Amon está no mundo dos mortos onde enfrenta vários monstros terríveis que o odeiam bastante e tudo que ele representa. Mas ele prefere está ali e, quem sabe, um dia ter a chance de rever seu verdadeiro amor, do que ficar aguardando, novamente, o tempo em que salvará o mundo para deuses que não lhe o devido valor.

Enquanto Amon sofre por amor e tentativas de assassinatos, Lily sofre por amor, mas pensa que o amado está bem. Contudo, logo ela recebe a presença de um grande deus que lhe informa que Amon não está nada bem, e que os sonhos de Lily são na verdade visões do que realmente está acontecendo com o príncipe.

Lily é intimada (e vai de boa vontade) a salvar Amon do mundo dos mortos e convencê-lo a voltar para o seu devido lugar, pois o mundo não está completamente a salvo. Porém, humanos não podem ir para o mundo dos mortos, então ela terá que se tornar algo diferente para poder chegar ao amado. Eis que Lily deverá se tornar uma esfinge, mas essa tarefa não será fácil e poderá leva-la a morte.

Os desafios e riscos são muitos, porém Lily aceita tudo em prol do amor. E ela contará com ajudas poderosas e amigáveis nesta jornada para salvar Amon e o mundo do caos. Claro que nada será fácil e a jornada será extremamente perigosa.

“O Coração da Esfinge” foi um livro muito esperado por mim e por vários motivos. Sou apaixonada por mitologia egípcia, além disso, Amon e Lily são personagens muito interessantes que atraíram minha atenção. O enredo do primeiro também garantiu que eu continuasse a trilogia.

O problema da minha vida com os livros é ir com muita sede ao pote. Como amei o primeiro, esperava o segundo livro espetacular, porém isso não aconteceu. A história é muito interessante, afinal Colleen Houck é uma grande escritora. Contudo, ela deixou Lily muito irritante e também uma pessoa que não agia conforme a situação. Lily estava completamente calma com tudo que acontecia e isso é muito nada a ver, afinal a vida dela estava em risco.

Outra coisa que odeio é triângulo amoroso. Odeio mesmo e isso é uma coisa sem necessidade em histórias. Quando o enredo é bom e não fica só em cenas de romance, não há necessidade de colocar fatos inúteis na história. Triângulo amoroso tira meu amor pelas histórias. Então, a autora deu-me a sensação de um possível quadruplo amoroso (sim, pior ainda) e isso não gostei. Espero realmente está enganada e ela não me venha com essa chatice no último livro da trilogia.

Foi muito bom ter uma participação maior de Asten e Ashmose, irmãos de Amon. Eles são personagens incríveis que gostaria que tivesse seus próprios livros. Também temos a presença de Doutor Oscar, Anúbis, Ísis, Maat e Amon-Rá. Eles trouxeram mais vida ao livro.

Então, no geral o livro é muito bom, o problema mesmo é a chatice de um possível quadruplo amoroso e o fato de eu ter esperado mais da história. Como é uma trilogia, quero ver como Colleen irá resolver todas as questões em apenas um livro, mas creio que ela sairá bem.

Quanto à capa, a Arqueiro arrasou. É baseada na original e agradeço a Editora por manter as capas bonitas aqui no Brasil. É um livro que compraria só pela capa. Recomendo a leitura, vale a pena.

Série Deuses do Egito:
02 - O Coração da Esfinge
03 - ??

click to zoom
Mais informações em:
   
Leia Mais