='cap-left'/>

Audrey Niffenegger - Uma Estranha Simetria



Audrey Niffenegger... não consegui encontrar semelhança entre o estilo que ela empregou em seu livro de estréia “A mulher do viajante do tempo” – resenha AQUI, e seu segundo livro, publicado. Confesso, tinha grandes expectativas para ler “Um estranha Simetria”, pois “A mulher do viajante do tempo” (Editora Objetiva - Suma de Letras/ 2009- 453 páginas) foi um livro que eu amei de paixão – e que, inclusive, entrou para minha lista dos melhores livros lidos no ano de 2010, como podem conferir AQUI. Tanta ansiedade foi satisfeita, mas de uma forma bem peculiar...



Uma Estranha Simetria
Audrey Niffenegger

“Elspeth morreu enquanto Robert estava diante de uma máquina de chá.” É nesse clima de final fúnebre que iniciamos a leitura da complexa obra Uma Estranha Simetria (Editora Objetiva- Suma de Letras, 2011 – 359 páginas).

A londrina Elspeth Noblin era gêmea de Eddie, que nas últimas duas décadas viveu nos Estados Unidos depois de se casar com o ex-noivo da irmã. Fica claro, desde o início, que há algum mistério nessa separação das irmãs, ainda mais quando Elspeth deixa toda sua herança para as sobrinhas Valentina e Julia - segunda geração de gêmeas da família - sob a condição de que as irmãs vivessem sozinhas no apartamento da tia durante um ano, após completarem 21 anos. Detalhe: seus pais não poderiam entrar no apartamento durante esse período, e claro que tal exigência deixou-os reticentes...
Para contar que seus desejos seriam seguidos à risca, Elspeth conta com a ajuda de Robert, seu companheiro em vida, que mora no apartamento abaixo do que as gêmeas deveriam viver, e que fica de frente para o cemitério Highgate, onde está o mausoléu da família Noblin, e onde Robert faz pesquisas para uma tese, além trabalha nas visitas guiadas de turistas. Mesmo sofrendo muito com a morte de Elspeth, Robert deve ajudar as gêmeas no que for necessário, além de evitar que elas tivessem contato com seus diários e correspondências pessoais. Robert fica impressionado com a grande semelhança das gêmeas com a tia, e também sente algo a mais por Valentina, que é cheia de toda uma doçura que ele nunca encontrou em Elspeth.

Além de tratar da relação singular entre gêmeas, Uma Estranha Simetria também recebe inesperados “tons” sobrenaturais, que se intensificam mais ao longo da trama: Elspeth torna-se um fantasma, presa dentro do apartamento durante mais de um ano, até que as gêmeas atingem a maioridade e se mudam para lá. Nesse tempo, o fantasma procura se fortalecer, até que consiga entrar em contato direto com os vivos.
Paralelamente, ainda há adaptação das jovens irmãs em Londres, e também o interessante personagem Martin, que sofre da doença depressiva de TOC e foi recentemente abandonado pela esposa. Martin tem umas compulsões muito estranhas e NUNCA sai do apartamento, mas encontra em Julia uma amiga que procura ajudá-lo.


É nítido o amadurecimento da autora, tanto na engenhosidade da trama, cujo fim é inesperado, quanto na escrita em si. Nada do romantismo que encontramos em seu primeiro livro, aqui as emoções são mais cruas e os personagens são bem verossímeis. A relação das gêmeas é um show de descrição: amor versus ódio, necessidade de estarem juntas versus vontade de se libertarem.

O foco afetivo entre Robert e Valentina não me convenceu, foi algo sugerido, mas que ficou um tanto sem sentido. Mas, em compensação, as passagens sobrenaturais combinam perfeitamente com o plano de fundo que é a sombria Londres (e o cemitério Highgate).O fantasma de Elspeth é, sem dúvidas, a principal personagem da trama, e suas intenções se revelam, de fato, escusas. O final é surpreendente, assim como os segredos da primeira geração das gêmeas.

Não gostei de duas coisas: 1° O “segredo” e as intenções de Elspeth foram revelados de forma simples, sem grandes desfechos. 2° A linguagem empregada na tradução: foi um tal de “a gente” isso, “a gente” aquilo, e também sem muita utilização de pronomes oblíquos. Com relação ao “ a gente”, é comum que gêmeos se refiram a si mesmos em plural, mas achei bem forçado. (Ex: “A gente queria saber – disse Julia. – porque a tia Elspeth deixou tudo para a gente? Quer dizer, estamos muito gratas e tal, mas não entendemos por que ela nunca veios nos ver, mas ainda sim deixou suas coisas para a gente.” Página 91)

Num geral, eu gostei muito de “Uma estranha Simetria”. Achei maduro, é uma boa história para ser saboreada pausadamente, de acordo o ritmo moroso que encontrei na leitura. A capa é muito bonita, e remete diretamente um em trecho específico do livro... eu não percebi, antes de ler o livro, que o fundo dessa escadaria é o cemitério, e agora acho a capa ainda mais linda e condizente com a trama.

Recomendo muito, não só para quem gosta de livros sobrenaturais, mas também para quem gosta de ler sobre as nuances das relações familiares, aqui muito mais realçada por DUAS gerações de gêmeas.
http://1.bp.blogspot.com/_6Sua73Nf8Cw/TGqKiU9LEpI/AAAAAAAAAJ4/JuYUjdazC1s/s1600/assinatura1.png


Comentários
36 Comentários

36 comentários:

  1. Oi sabrina, alguns pequenos detalhes nas resenhas que li por ai despertaram um sentimento negativo com relaçao a esse livro de uma forma que não tenho vontade de lê-lo.
    A sua resenha apesar de demonstrar pontos positivos, não pareceu muito empolgada também.
    Xero.

    ResponderExcluir
  2. Ganhei esse livro numa promo da UpBrasil e estou doida pra ler.
    Ainda mais agora depois da sua resenha.

    Parece ser um livro meio sombrio, mas ainda sim muito bom.

    To doida pra ler!! Hahah

    Ótima resenha ;)

    Beijos :*

    @_mrsilva

    ResponderExcluir
  3. Louca para ler esse livro, mas ainda não o tenho!
    Que pena, porque a maioria disse que adorou!
    Bjus,
    Náh

    ResponderExcluir
  4. Sa, eu gostei bastante do livro. Achei demais as descrições do cemitério. Até eu que tenho pavor de cemitérios fiquei com vontade de dar uma andadinha por lá rsrsrs

    Bjsss

    ResponderExcluir
  5. Gostei bastante de "A Mulher do Viajante no Tempo"...e acho que também esperava encontrar um pouco da mesma fórmula nesse novo livro. =P
    Adorei a resenha e acho que vou gostar bastante do livro, ainda assim. =)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Tenho que admitir que historias com fantasmas me deixam um pouco com o pé atras, de qualquer forma esse livro esta na minha lista faz algum tempo já, vou achar um tempinho para lê-lo!
    bjs

    ResponderExcluir
  7. Eu ainda não li esse livro, mas acho que vou gostar bastante pela sua resenha. Eu adorei a "A mulher do viajante no tempo" e estou muito curiosa para ler outro livro dessa autora.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de estórias que deixam algo estranho no ar...e esse livro me parece perfeito.A sua resenha ficou muito boa.

    ResponderExcluir
  9. Ainda não li a mulher do viajante do tempo mas tenho muita vontade de ler.

    Estou lendo esse livro mas ainda estou muito no ínicio para ter uma opinião concreta sobre o que achei dele porém todas as resenhas que eu li foram bem positivas o que me faz ter boas expectativas sobre ele.

    ResponderExcluir
  10. não li o outro livro da autora, mas tenho vontade de ler os dois. apesar de terem um quê de sobrenatural, a grande pegada deles está nas relações entre os personagens, né? :D e me encanta a relação entre gêmeos!! uma coisa única, sem dúvida :)

    ResponderExcluir
  11. Achei a trama interessante e com a resenha realmente a capa faz sentido!Parabéns Sabrina!

    ResponderExcluir
  12. Eu estou morrendo de vontade de ler esse livro! *-* Muita muita muita!
    Esse negócio dos gêmeos se referirem sempre a si mesmos é muito normal, pra mim, porque sou muito ligada à minha irmã e, como fazemos basicamente tudo juntas, é inevitável que nossos desejos sejam mais ou menos os mesmos. Então não tem nem como pensar em si sem pensar no outro, porque de uma forma ou de outra, você esquece a sua individualidade de tanto que a presença da outra é indispensável na sua vida.

    Adorei a sua resenha!
    Beeijo! ;3

    ResponderExcluir
  13. Eu achei a história bem bacana e tudo mais, mas eu realmente não gostei desse livro UAHSUAHSU Eu estava com tantas esperanças pra ele e simplesmente... não deu. Enfim, gostei muito da sua resenha (:

    Beijos, Vanessa.
    This Adorable Thing.

    ResponderExcluir
  14. Adorei a sua resenha, muito boas suas críticas! Tinha receios com esse livro. Na verdade, comecei a querer ele recentemente, e é claro que os seus comentários reforçaram a minha curiosidade. :D

    Beijos, Ju

    ResponderExcluir
  15. Não tinha reparado também que o fundo da capa é de um cemitério. Confesso que não tinha me interessado pelo livro quando não li a sinopse, mas com sua resenha até que fiquei um pouco interessada.

    www.frozenlivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Eu ganhei os dois livros da autora em uma promoção. Desde que vi o lançamento de Uma Estranha Simetria fiquei muito curiosa para ler, não sei pq me lembra filme de terror, rs. Espero não me decepcionar com o livro.

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha, mesmo você expondo alguns pontos negativos =D Eu tenho o livro aqui na minha estante e mal posso esperar para poder começar a lê-lo logo =D

    ResponderExcluir
  18. Não vou negar que esse livro me chamou a atenção pela capa.
    Geralmente é assim, rs
    E não gostei de saber que empregaram o "a gente" ....

    ResponderExcluir
  19. Alem de linda a capa gostei muito da historia, estou tentando conseguir um mas...De qualquer forma essas traduções querem ou pretendem chegar mais perto da linguagem popular. Porém acho isso meio sem nexo, já que a função do livro, além de diverção, deveria ser de agregar cultura. Parece que aquela frase: "Quem lê muito,fala e escreve bem", anda sendo esquecida pelos tradutores. Bjksss

    ResponderExcluir
  20. Parece um livro intrigante isso sim, sinceramente eu queria ter uma gemea.

    Bjs

    ResponderExcluir
  21. Eu sempre tive muita vontade de ler esse livro, mas tenho lido tanta gente falando que não gostou muito, que esperava bem mais que desanimei um pouco.

    Bjs
    Amanda
    Vício em livros

    ResponderExcluir
  22. Esse livro quando vi pela primeira vez não me despertou muito interesse. Mas adoro sobrenatural e o tema do livro parece ser interessante. Acho que vale a pena dar uma conferida! =)

    Adorei a resenha!

    bjuss

    ResponderExcluir
  23. Eu ainda não sei se quero ler esse livro, apesar da capa ser linda.

    Bjos

    ResponderExcluir
  24. Tenho quase certeza que já comentei aqui, ou algum blog tem uma resenha identic...masde qualquer maneira esse livro parece bem interessante, uma historia diferente, agora que troquei outro por ele, vou poder conferir. Bjkss

    ResponderExcluir
  25. Gostei muito de resenha,é uma estória com mistérios e suspense.Tô louca pra ler.

    ResponderExcluir
  26. Bem que ouvi falar mesmo, Sabrina, que esse livro tinha um estilo BEM diferente da mulher do viajante :O na verdade quero ler o do viajante primeiro, porque estou querendo muito :3
    lembro logo quando lançou esse livro o burburinho que foi kkkk
    confesso que não gostei muito da capa..as gemêas toda de branco..sei lá. mas como você disse remete a um momento do livro, apesar de o motivode eu não ter gostado foi elas toda de branco e não sei se o que você está falando é do cimitério atrás.
    enfim enfim@.@

    beijos :D

    ResponderExcluir
  27. Gosto de história de gemeos. Eu por exemplo quero ter filhos gemeos! haha

    Mas deve ser uma dor imensa ter que perder uma pessoa extremamente igual a você, que compartilhou a vida desde os primeiros dias, dentro da barriga da mãe.

    ResponderExcluir
  28. Tem um tempão que estou afim de ler esse livro! Resenha perfeita! Parabéns!

    ResponderExcluir
  29. Esse livro muito me interessa porque tenho gêmeas, e elas estão ainda mais interessadas que eu para ler esse livro.
    Esse mistério todo... bem instigante.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  30. Adorei a resenha, mostrando os pontos positivos e negativos, pelo menos ao seu ver.
    Esse uso mais ou menos da gramática me incomoda um pouco nos livros mas ainda sinto vontade de ler Uma Estranha Simetria.

    Beijo!
    It Cultura
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir
  31. Estou louquinha para ler esse livro, parece ser tão incrivel :D

    ResponderExcluir
  32. Estou louca pra ler esse livro. Me interessei muito por essa história

    ResponderExcluir
  33. Adorei a resenha, to doida pra ler esse livro =)

    ResponderExcluir
  34. A capa realmente é muito bonita!!!!Gostei da sua resenha!!! Vou lê-lo assim que puder!!!!

    ResponderExcluir
  35. Pela resenha parece ser um belo livro. Vou torcer para ganhar o sorteio.

    ResponderExcluir
  36. Nossa que capa linda... só pela capa eu compraria mas nao iria me arrepender a historia eh realmente magnifica quero ja

    rafa
    rafersom.blogspot.com

    ResponderExcluir