='cap-left'/>

Cassandra Clare - Cidade das Almas Perdidas


A resenha de hoje é do quinto livro da Série Os Instrumentos Mortais: “Cidade das Almas Perdidas”, da autora Cassandra Clare. Essa é com certeza uma das minhas séries favoritas e também uma das que mais me angustia. Em todos os livros Cassandra faz algo para quase matar os fãs do coração, como aconteceu no final do quarto livro, “Cidade dos Anjos Caídos”.

A resenha abaixo pode conter spoiler para quem não leu o quarto livro.

O livro anterior terminou de forma alarmante; mais uma vez Clary e Jace foram impedidos de ficarem juntos.
Todo mundo achou que Sebastian, o filho de Valentim, que alcançou o status de ser pior e mais diabólico que o pai, finalmente tinha sido derrotado. Porém o vilão conseguiu mais uma vez escapar das garras da morte – com uma ajudinha de Lilith, a Rainha do Inferno –, fugir da Clave e acabou levando Jace consigo.

Clary está inconsolável e se culpando, pois se tivesse ficado ao lado do namorado talvez ele ainda estivesse com ela. Clary, assim como todos os outros, não sabe o que aconteceu com Jace, mas tem certeza de que Sebastian tem algo haver com o sumiço do Herói.

Simon também tem passado por situações ruins; sua mãe acha que ele é um ser do mal e o impede de voltar para casa. Ele continua vivendo com Jordan, seu Guardião, que é ex-namorado de Maia, mas passa a maior parte do tempo na casa de Luke e Jocelyn, mãe de Clary.

Já Isabelle continua sofrendo com a morte do irmãozinho e com o desaparecimento de Jace, que considera como irmão. Ela também precisa suportar a separação dos pais e enfrentar os sentimentos que Simon despertou nela. Isabelle nunca se apaixonou e pela primeira vez tem que lidar com o medo de não ser correspondida.

Alec e Magnus estão bem juntos, porém Alec continua com receio do passado do namorado. Magnus não é de falar de sua vida, o que gera medo em Alec, que sabe que não ficará eternamente ao lado do seu par. Querendo respostas sobre o passado de Magnus, Alec acaba buscando informações em Camille, alguém que faz parte da história do Feiticeiro e  nenhum pouco confiável, que exige em troca de informações algo que se Alec lhe der poderá torná-lo alguém do mal.

Clary fará de tudo para encontrar Jace, até mesmo pedir ajuda a Seelie, Rainha das Fadas, alguém que não se deve confiar, mas que pode levá-la até Jace. Claro que a Rainha não faz nada de graça e pede em troca de ajuda algo que, aparentemente, é de grande valor, afinal está guardado no Instituto a chaves. Clary resolve roubar o que Seelie quer, mas quando chega ao Instituto encontra algo que não esperava: Jace!? Mas não aquele cara por quem ela é apaixonada, mas sim alguém parecido com quem Clary mais abomina, Sebastian.

A magia criada por Lilith, no livro anterior, ligou Jace a Sebastian. Agora nosso herói se tornou uma cópia do inimigo, o tendo como se fosse irmão e fazendo tudo que Sebastian quer. A única coisa que Jace continua querendo de sua antiga vida é Clary e fará de tudo para tê-la ao seu lado.

Nossa heroína fará tudo para ter o namorado de volta, nem que para isso tenha que ficar ao lado do seu maior inimigo: o próprio irmão. 

“Cidade das Almas Perdidas” conseguiu ser mais angustiante que os livros anteriores, principalmente por Jace ser como um fantoche nas mãos de Sebastian. Ele sempre foi o cara de atitude que não media esforços para ajudar os amigos e honrar a Clave, mas dessa vez era alguém de se abominar.

Clary, coitadinha, sofre com tudo que está acontecendo, mas foi a personagem que mais amadureceu na série e vemos nesse livro que ela faz qualquer coisa pelo Jace.

Sebastian rouba a cena, pois é, em muitos momentos, um personagem complexo, que consegue fazer a gente sentir ódio e também, algumas vezes, pena. Ele não teve uma vida boa e é claro que nada justifica ser um vilão da pior espécie, mas não tem como não ficar pensado que se ele tivesse tido uma infância feliz, poderia ter se tornando alguém melhor.

Clary e Jace são o casal top da série, mas Magnus – meu personagem preferido - e Alec também são de arrasar. Porém quem roubou a cena nesse livro foi Simon e Isabelle. O casalzinho, que ainda não é casal, é muito fofo e com certeza recebeu o grande destaque - em minha opinião - na história.

Cassandra Clare mais uma vez criou um enredo bastante sombrio, com uma história de deixar qualquer fã com o coração na mão. Tive medo, raiva, ódio, tristeza, alegria, etc... vários sentimentos no decorrer da história.

Torço para que a série tenha um final feliz. “Cidade das Almas Perdidas” terminou de forma não tão angustiante como o anterior, mas deixando a sensação de que muita coisa – a maioria, pelo jeito, ruim – vem pela frente.
Recomendo, pois vale muita a pena.

Série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare
1 - Cidade dos Ossos
2 - Cidade das Cinzas
3 - Cidade de Vidro
4 - Cidade dos Anjos Caídos
6 - Cidade do Fogo Celestial


Mais informações:






Comentários
13 Comentários

13 comentários:

  1. Terminei o primeiro livro hoje e mal posso esperar para ler o resto!! Estou completamente apaixonada por essa serie! Ótima resenha parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro essa série! Li todos e estou super ansiosa pelo próximo. É incrivel como a Cssandra faz a gente entrar na história e não conseguir largar. Nesse livro eu adorei a Clary finalmente ter amadurecido mais e fazer de tudo para trazer o Jace de volta, o que fez com que ela provasse o quanto ama e se importa com ele.
    Amei a resenha:)

    ResponderExcluir
  3. Eu li até Cidade de Vidro em ebook, antes até de serem lançados no Brasil (resumindo: não lembro nada). Comprei até Cidade dos Anjos Caídos e estou com eles aqui, aguardando a leitura. Quero comprar Cidade das Almas Perdidas e ler todos "numa pancada só". Acho a história divertida e interessante, embora em alguns momentos tenha se tornado um pouquinho maçante. Agora quero relembrar e ver tudo novamente.

    ResponderExcluir
  4. eu tenho os três primeiros livros da série. Preciso adquirir o quarto e agora esse, para ler e aguardar o último volume ser lançado para adquiri-lo também. ainda não li nenhum, quero ler todos de uma vez só para não perder nada da história.

    ResponderExcluir
  5. Sebastian roubou a cena nesse livro.

    Teve partes que achei muito angustiante, sei lá,ahh. A Clary fazendo tudo pra trazer o Jace de volta mostrando o tanto de amor que ela sente por ele. Mas como não amar o Jace?!
    Quero o próximo já. haha


    Adorei a resenha.


    Aphrica's Dreams

    ResponderExcluir
  6. não li nenhum dos livros, mas gosto desse estilo sombrio. Tenho curiosidade de ler pois ja vi muitas resenhas positivas sobre essa sequencia. Achei um pouco depre, mas fiquei curiosa, entao leria sem problema algum :DDD

    ResponderExcluir
  7. Preciso ler a série Os Instrumentos Mortais logo, a história parece ser muito boa.

    ResponderExcluir
  8. Novamente não li a resenha inteira porque não gosto de spoilers e ainda estou no 1º livro. Todo mundo diz horrores (bons) dessa série e estou me sentindo um peixe fora d'água ainda não tendo lido todos os livros anteriores. Mas bora..um dia eu chego lá! :)

    ResponderExcluir
  9. Continua emoção pura esta série. Ainda não cheguei nesse livro. Mais não vejo a hora de poder ler e conferir cada detalhe que você menciona. Beijos.

    ResponderExcluir
  10. OMG OMG OMG!!! Eu nao consigo me sentir culpada por gostar do Sebastian/JC... Ele é lindo e tdo misterioso.. assim como o Jace.. mas ao mesmo tempo nada a ver com o Jace.. mas eh claro q o Jace é q está no meu coração.. kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. As barreiras para o romance acontecer me deixaram irritada, hehe.
    Bem, eu fiquei muito satisfeita com este livro. Voltei a ficar empolgada com o romance e torcendo para que acontecesse algo mais.
    Sebastian é um demônio mesmo, mas eu adorei sua participação na estória.
    Fiquei com gostinho de quero mais. Louca para ler o último livro da série e saber como acaba a estória de Clary e Jace <3

    ResponderExcluir
  12. Eu li esse livro em ebook (preciso tê-lo em papel) e te digo que me irritei muito com o Jace, juro que teve horas que sentir vontade de parar de ler...mas, as cenas de Sebastian me fizeram delirar de tão boas... além disso,meu amado Simon estava fabuloso (cada vez mais apaixonada por ele)....Agora estou louca, e ao mesmo tempo triste demais, pra ler o último livro da série....decidi que só o lerei em formato físico pra ter mais emoção..então, até lá etou louca pra saber o finaleeee...bjs

    ResponderExcluir
  13. Estou louca pra ler esse livro e pra saber o que vai acontecer, adoro o Sebastian, e por mais que saiba de um monte spoiler estou super curiosa!

    ResponderExcluir